Ainda não podemos comemorar o Dia Nacional da Habitação 2300

Rossana Costa é diretora da GEO / Divulgação

Confira artigo de Rossana Costa, Diretora da GEO

No momento inicial da Urbanização no Brasil não havia iniciativas no sentido de criar políticas públicas para a Habitação, tampouco existiam mecanismos de crédito habitacional estruturado. Essa lacuna, aliada ao rápido crescimento das cidades no início do século XX, originou um problema que ainda não fomos capazes de resolver: o déficit habitacional.

Somente no ano de 1964, por meio da Lei 4.380, foi criado o Sistema de Financiamento Habitacional (SFH). Esse foi e permanece sendo o principal instrumento de captação de recursos para a habitação, as duas fontes de recursos são as cadernetas de poupança e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). No ano de 1997, por meio da Lei nº 9.514, avançou-se novamente, com a criação do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). Neste, a fonte de recursos é o mercado de capitais, podendo ser considerada inesgotável.

Apesar dos avanços, há um longo caminho a ser percorrido para que todos os brasileiros possam acessar com segurança o direito à moradia de qualidade. Na história recente, tivemos alguns casos dramáticos, como a falência de uma das maiores construtoras do século passado, a Encol. Na década de 1990, a construtora decretou falência, deixando no prejuízo milhares de pessoas que já haviam pagado por seus imóveis. Recentemente, no Rio Grande do Sul, essa história se repetiu em menor escala, quando a construtora Báril faliu e deixou de entregar mais de 500 imóveis no litoral gaúcho. Nesse contexto específico, o mercado segurador tem muito a contribuir, com o seguro Garantia de Execução ou Entrega de Obra. 

Outro caso, ainda em trâmite na Justiça Federal,  trata das indenizações do Seguro Habitacional do SFH (SH/SFH), o qual pode impactar os cofres da Caixa Econômica Federal (responsável pelas apólices) em mais de R$ 300 bilhões. Nessa situação, milhares de segurados lesados pleiteiam indenização. Este é um caso em que a apólice de seguro não entregou a proteção devida, e infelizmente não é um acontecimento isolado no contexto da habitação. Muitos dos seguros existentes têm pouca utilidade prática, apenas agregando custo sem trazer proteção de fato ao beneficiário. 

A GEO atua no mercado imobiliário há mais de 15 anos, e acompanha de perto a evolução das apólices de seguros para a habitação. Por isso, no Dia Nacional da Habitação, apesar de não podermos comemorar, temos a obrigação de dar mais um passo em direção à segurança das pessoas que estão alcançando o sonho da casa própria. Para isso, estamos lançando em nossos canais digitais a campanha “Descubra o Seguro Habitacional”, a qual contempla uma série de vídeos e materiais explicativos sobre como se pode ter uma contratação consciente dessa proteção. Entendemos que, dessa maneira, cumprimos a nossa missão de informar a sociedade sobre o papel do seguro no crescente mercado imobiliário.

*Rossana Costa é Diretora da GEO desde o ano de fundação da empresa, em 2001. A executiva tem mais de 40 anos de experiência nos segmentos de seguros orientados para Construção Civil e mercados Imobiliário e de Crédito. Atuou por 15 anos como consultora para entidades e importantes empresas nestas áreas.

Confira 5 benefícios do home office para o trabalhador 671

Confira 5 benefícios do home office para o trabalhador

Prática está em ascensão em todos os mercados

O home office é uma prática que vem conquistando cada vez mais espaço no mundo dos negócios.

Com a pandemia gerada pelo coronavírus (Covid-19), essa modalidade se tornou essencial para combater o vírus e manter o funcionamento de marcas e negócios, até mesmo de empresas que trabalham com nichos, como no caso de indústrias de serviço de solda.

Embora seja uma crescente no Brasil por conta da crise sanitária, o home office é uma realidade muito presente em países que buscam melhorar a qualidade de vida dos profissionais, uma vez que o trabalho remoto reúne uma série de benefícios e vantagens.

Em resumo, trata-se de um modelo de trabalho no qual o funcionário realiza suas atividades em sua própria casa, eliminando a necessidade de se deslocar até a empresa. Mas, afinal, quais são os reais benefícios do home office para o trabalhador?

Pensando em responder a essas e outras perguntas, preparamos este post para te mostrar as maiores vantagens e benefícios do home office para os trabalhadores!

1. Flexibilidade de horário

A flexibilidade de horário é uma característica chave do home office. Afinal, com ele, é possível organizar seu tempo de acordo com suas necessidades e realizar as atividades corporativas em momentos de maior concentração.

Além disso, você pode conciliar o seu período de trabalho com tarefas pessoais, bem como ir ao banco, ao supermercado, entre outros casos.

Com isso, você pode tornar a sua rotina mais produtiva, visto que tem a liberdade de realizar suas atividades quando quiser.

2. Comodidade

Uma das características mais atrativas do home office é a comodidade que ele é capaz de oferecer.

Isso porque, ao trabalhar de forma remota, é possível eliminar a necessidade de enfrentar horas de trânsito ou ter que adaptar a sua rotina ao transporte público.

Dessa forma, o tempo que você gastaria no caminho até o trabalho poderá ser revertido em momentos de lazer, como brincar com o pet, almoçar com a família, estudar um novo idioma, instalar um sistema de alarme de incêndio para a residência, ler, entre outras atividades.

3. Qualidade de vida

Não é novidade para ninguém que o home office oferece uma melhor qualidade de vida, não é mesmo?

Afinal, com o tempo economizado com o transporte e com o horário de almoço, é possível melhorar a produtividade e, por consequência, a rotina.

Sendo assim, o colaborador tem mais liberdade para praticar esportes, se alongar durante o dia, fazer pausas, entre outros pontos. Tudo isso é essencial para tornar a rotina mais agradável e aumentar a qualidade de vida.

4. Economia

A economia também é um fator determinante do home office, tanto para o trabalhador, quanto para o empregado. Inúmeros gastos podem ser reduzidos, como locação, água, internet, alimentação, transporte, etc.

5. Conforto

Por fim, você também terá o conforto que sempre sonhou em seu escritório. Imagine só poder organizar o ambiente da forma que quiser e gerar assim muito conforto, funcionalidade e criatividade?

Portanto, é possível transformar a organização do ambiente em motivação para executar suas atividades da melhor maneira possível.

Vale lembrar que o home office pode ser aplicado até mesmo em empresas com processos operacionais.

Uma indústria de filtro de ar pode atender seus clientes, elaborar estratégias, cuidar do pessoal e até mesmo realizar o monitoramento das atividades de forma remota.

Sendo assim, o home office se tornou uma forma de satisfazer as necessidades dos trabalhadores e proporcionar mais qualidade de vida!  E aí, gostou do nosso post?

*Este artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Hora de potencializar negócios: especialistas em seguros participam do talk show “Virando o Jogo” 750

Programa Profissional de Seguros terá edição especial com participação de repórter do JRS

O repórter do JRS em São Paulo, William Anthony, será o mediador do talk show “Virando o Jogo”. Tudo acontece durante a transmissão do programa Profissional de Seguro, através do FM 97,9 nas regiões da Zona Norte da capital paulista e Guarulhos, nesta quarta (14), a partir das 17h30min. O momento ainda conta com transmissão ao vivo através das redes sociais.

Bruna Garcia, Fundadora da Megaluzz; Daniel Bortoletto, CEO da Regula Sinistros; Everton Rocha, Diretor da Uphold Contabilidade; e Emir Zanatto, COO da TEX; participam da transmissão – que também conta com a participação do público, que poderá fazer suas perguntas ao vivo.

Divulgação/Profissional de Seguros
Divulgação/Profissional de Seguros

O intuito de reunir estes renomados especialistas, enfatiza o criador da atração, Fábio Sorolla, é “potencializar negócios”. Aproveite e saiba mais na página do programa Profissional de Seguros no Facebook e no YouTube.

Sete entidades participam de debate sobre seguro de pessoas 369

Sete entidades participam de debate sobre seguro de pessoas

Encontro inédito contará com a participação de entidades que atuam no segmento

O webinar “Entidades debatem Tendências dos Seguros de Pessoas” reunirá sete entidades da área de seguro de pessoas: CSP-BA, CSP-MG, CVG-ES, CVG-RJ, CVG-RS, CVG-SP e ISB (PR), no dia 15 de outubro, das 18h às 19h, com transmissão ao vivo pela internet.

O presidente do CVG-SP, Silas Kasahaya, explica que outubro foi o mês escolhido para o encontro para marcar as comemorações de duas importantes datas: o Dia do Corretor de Seguros (12 de outubro) e o Dia do Securitário (neste ano celebrado no dia 19 de outubro). Segundo ele, a expectativa para o evento é grande. “Além das respectivas realizações, devemos abordar as principais tendências, analisar a evolução dos seguros de pessoas e como o ramo deverá caminhar em um futuro próximo”, diz.

Programe-se

Webinar “Entidades Debatem Tendências dos Seguros de Pessoas”
Data: 15 de outubro de 2020 (quinta-feira)
Horário: 18h às 19h
Transmissão ao vivo pelo canal do CVG-SP: neste endereço.

Participações:

  • Patrícia Jacobucci, presidente do Clube de Seguros de Pessoas e Benefícios do Estado da Bahia (CSP-BA)
  • João Paulo Moreira de Mello, presidente do Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG)
  • Antonio Santa Catarina, presidente do Clube Vida em Grupo Espirito Santo (CVG-ES)
  • Octávio Perissé, presidente do Clube Vida em Grupo Rio de Janeiro (CVG-RJ)
  • Andréia Araújo, presidente do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG-RS)
  • Silas Kasahaya, presidente do Clube Vida em Grupo São Paulo (CVG-SP)
  • Joceli Pereira, presidente do Instituto Superior de Seguros e Benefícios Brasil (ISB Brasil)

Icatu Seguros celebra o Dia do Corretor com novidades 1073

Alexandre Vilardi é vice-presidente corporativo da Icatu Seguros / Divulgação

Companhia atua para colaborar com o trabalho destes profissionais

Figura essencial para o progresso do mercado segurador, o corretor tem uma responsabilidade social enorme quando se fala no estímulo a uma cultura de proteção e previdência no país. Sua atuação, cada vez mais consultiva, exige uma capacitação constante, sobretudo no que diz respeito à abordagem e sensibilização de seus clientes. Por isso, como forma de colaborar com o trabalho destes profissionais e homenageá-los no Dia do Corretor (12 de outubro), a Icatu Seguros traz algumas novidades.

Uma delas é o Blog da Icatu Seguros que pode ser utilizado como um instrumento didático para apresentar conceitos, produtos e soluções neste relacionamento com os consumidores. A ferramenta virtual, que já está no ar, traz conteúdo sobre educação financeira e planejamento, artigos escritos por especialistas e outros materiais que reforçam o aperfeiçoamento profissional da força de vendas da seguradora e seus mais de 25 mil corretores associados.

Casa do Corretor com novidades

Somado a isso, a Icatu implementou uma atualização importante na Casa do Corretor, plataforma que oferece diversas funcionalidades, como emissão de boleto no momento do cadastro do cliente e envio por e-mail, assinatura eletrônica para contratação digital de produtos de Vida e Previdência, acompanhamento online das propostas realizadas, consulta a carteira de clientes e outros. A partir deste mês, o corretor ainda poderá consultar suas vendas mensais. Também será possível obter inclusive uma visão gerencial da produtividade dos últimos três meses, bem como fazer filtros da consulta por corretores vinculados à plataforma e por períodos pré-definidos.

O vice-presidente corporativo da Icatu, Alexandre Vilardi, conta que as melhorias na apresentação das informações na homepage e na forma de navegação foram pensadas a partir do feedback dos usuários: “Agora temos um novo menu de acessos mais simples e rápido a áreas internas do site para iniciar uma venda, para consultar status de uma proposta, verificar comissões recebidas e muito mais”, diz o executivo.

Essas mudanças fazem parte do processo de transformação digital que a Icatu vem realizando para também otimizar o trabalho dos corretores, garantindo a eles autonomia e agilidade. “Percebemos as necessidades dos nossos corretores, estruturamos ações e temos feito mudanças e entregas contínuas para contribuir com seu conhecimento e o aumento de sua produtividade”, ressalta Vilardi.

Treinamento e capacitação dos corretores

A Icatu Seguros ainda oferece aos corretores o Educatu, ferramenta online de capacitação e treinamento destes profissionais e que, neste ano, tem batido recordes de acesso, o que assegura o sucesso e forte apelo desta plataforma. Entre março e julho de 2020, o Educatu teve um aumento de 282% de visualizações frente ao mesmo período de 2019. São mais de 30 cursos online e gratuitos que equivaleriam a um investimento de R﹩ 10 mil se os corretores optassem por realizar esses programas de treinamento em instituições educativas. Ao fim dos estudos, o profissional recebe certificação reconhecida por entidades acadêmicas reconhecidas no mercado como Fundação Getúlio Vargas, Ibmec e Escola Nacional de Seguros.

Os cursos do Educatu representam um enorme diferencial competitivo, uma vez que os corretores, sobretudo nesse período de isolamento social, precisam estar ainda mais próximos dos clientes exercendo uma função de consultor financeiro. Em maio de 2020, durante a pandemia, a companhia também lançou um modelo de treinamento ao vivo, o EducatuLive, com transmissões virtuais ao vivo em que especialistas do mercado e da própria Icatu realizam debates e trocam experiências sobre diversos temas como spin selling (metodologia e técnicas de vendas), identificação de perfil de cliente e outros assuntos para apoiar o corretor nesse momento tão atípico.

A companhia também tem uma programação de lives no seu canal do YouTube sobre proteção, investimentos e o cenário econômico atual com as principais gestoras do Brasil, mais uma opção de troca de informações acessíveis a todos os corretores e clientes. Desde abril, a companhia realizou mais de 20 lives, que já alcançaram mais de 100 mil visualizações.

Omint participa de summit global sobre telemedicina e saúde digital 886

Omint participa de summit global sobre telemedicina e saúde digital

Trata-se do Global Summit Telemedicine & Digital Health

Nesta quarta-feira, 14 de outubro, a partir das 9h, a Omint estará presente no evento Global Summit Telemedicine & Digital Health, representada pelo seu diretor Médico Técnico, Dr. Marcos Loreto, no painel “Telemedicina e Saúde Digital: Experiência e Visão das Operadoras de Saúde”, com a palestra “Telemedicina como ferramenta de logística para o acesso e cuidado em tempos de pandemia”. A segunda edição do encontro, promovido pela Associação Paulista de Medicina (APM), será em formato digital e ocorrerá entre os dias 13 e 16 de outubro.

Grandes nomes do setor compartilharão diferentes visões e tendências que estão transformando o mundo da saúde. Com mais de 100 palestrantes, internacionais e nacionais, a programação prevê conteúdos inéditos, experiências e negócios, que inclui temas em telemedicina e saúde digital de interesse para médicos, profissionais, instituições e entidades de saúde, indústria e governo, entre outros.

Omint participa de summit global sobre telemedicina e saúde digital / Divulgação
Omint participa de summit global sobre telemedicina e saúde digital / Divulgação

“Há uma percepção de valor gerada pela telemedicina quanto à gestão de recursos, tanto do corpo médico quanto do próprio paciente que esperamos continuar no pós-pandemia. Desde uma visita médica ao paciente até o registro de uma queixa clínica simples, a telemedicina ajuda na logística do atendimento e otimiza a gestão de tempo e recursos. Como operadora de saúde pioneira em adotar este serviço no país, acreditamos que, após a pandemia, este serviço encontre em definitivo o seu espaço. E, seguiremos participando das discussões sobre o avanço, estudos e aprimoramento da telemedicina no Brasil, contribuindo com nosso conhecimento e expertise no assunto”, enfatizou, Dr. Marcos Loreto.

A Omint foi a primeira operadora de saúde a atuar com telemedicina no Brasil, em 2018. Por meio da plataforma Dr. Omint Digital, a companhia procura estimular o ecossistema digital dentro da logística de saúde, sendo uma ferramenta ideal para triagem, orientação e monitoramento de doentes crônicos. Em tempos de pandemia, é um eficiente método para acesso à informação médica, preservando a saúde do profissional médico e do paciente.

Mais informações neste endereço.

Serviço – Palestra Omint | Dr. Marcos Loreto

Data: 14 de outubro de 2020.
Horário: das 9h às 10h30min.
Painel: “Telemedicina e Saúde Digital: experiência e visão das operadoras de saúde”.
Palestra: “Telemedicina como Ferramenta de logística para o acesso e cuidado em tempos de pandemia”.
Inscrição e informações: neste endereço.