SulAmérica é eleita seguradora mais inovadora do Brasil, segundo IT Mídia e PwC 2624

Alexandre Putini, diretor de Inovação, Transformação Digital e Advanced Analytics, representou a companhia

A SulAmérica foi eleita a seguradora mais inovadora do Brasil no ranking “As 100+ Inovadoras no Uso de TI”, que reconhece empresas e executivos que se destacam por iniciativas de transformação digital com impacto nos negócios. A premiação, promovida pelo grupo IT Mídia em parceria com a consultoria PwC, recebeu mais de 240 inscrições de cases nesta edição. Alexandre Putini, diretor de Inovação, Transformação Digital e Advanced Analytics da SulAmérica, recebeu o prêmio em nome da SulAmérica na última quinta-feira (10), durante o evento online IT Fórum Anywhere.

“É com orgulho que recebemos novamente esta premiação da IT Mídia. Para a SulAmérica, o investimento em inovação tem como foco oferecer a melhor experiência para clientes, colaboradores, corretores e parceiros de negócios. Estamos avançando em nossa transformação digital, com metodologias e tecnologias inovadoras, e também criando produtos e serviços de alto valor para o mercado, o que tem sido feito por meio do alto engajamento e da cultura digital dos nossos colaboradores”, afirma o executivo da SulAmérica.

AXA no Brasil amplia atendimento para clientes finais 535

Juliana Capuchinho, Diretora Comercial de Parcerias da AXA no Brasil / Divulgação

Com chatbot, companhia investe em novo canal que garante mais agilidade aos segurados

Na AXA no Brasil o processo de transformação digital é uma realidade há alguns anos, e os investimentos em novas soluções seguem aquecidos. A seguradora acaba de disponibilizar um novo canal de atendimento aos clientes finais através do seu site, um chatbot para se comunicar com os usuários e garantir suporte com menos burocracia para resolução de problemas.

“Nosso objetivo é proporcionar uma experiência cada vez mais simples e rápida para os consumidores. Estamos sempre atentos às necessidades de nossos parceiros e prontos para oferecer soluções que agreguem valor a todos os envolvidos no negócio”, explica Juliana Capuchinho, Diretora Comercial de Parcerias da AXA no Brasil. A companhia atende pessoas físicas através de parcerias com grandes varejistas e instituições financeiras.

Tecnologias como essa garantem mais eficiência de entrega para os clientes e parceiros, e refletem os esforços da companhia para acompanhar as tendências de mercado. “A nossa nova interface favorece a usabilidade do atendimento da AXA via website, e segue as melhores práticas para atender às necessidades do usuário”, esclarece Isabel Vidotto, Superintendente de Operações da AXA no Brasil.

No cenário digital, a AXA já é reconhecida pela facilidade nas vistorias remotas e autosserviços por meio do seu Portal do Corretor, que tornam os processos cada vez mais rápidos.

Allianz Trade discute automatização no mercado de análise de crédito 528

Allianz Trade discute automatização no mercado de análise de crédito

Empresa reunirá especialistas e convidados do mercado na segunda edição do Credit Talks de 2022

A automatização tem mudado os processos de análise de crédito nos últimos anos, o que traz mais agilidade e eficiência aos métodos de avaliação de riscos. Para apontar os desafios deste novo cenário, benefícios e pontos de atenção, o time de especialistas em análise de crédito da Allianz Trade, empresa líder mundial em seguro de crédito e especialista em seguro garantia, realiza na próxima quinta-feira, dia 7 de julho, às 10h, o evento Credit Talk “Análise de risco de crédito”.

O evento é o segundo “Credit Talk” realizado pela empresa em 2022 e tem como objetivo apresentar insights sobre como a análise de crédito tem sido impactada pelas transformações digitais e inteligência artificial.

Participam da conversa o diretor de riscos da empresa, Felipe Tanuso superintendente de risco de crédito, Rafael Guarento e a especialista em risco de crédito, Julie Higara. A live contará ainda com os convidados Eduardo Pedrazini Albano, da Serasa Experian, e Guilherme Machado Cunha, da SND, que irão compartilhar como tem sido a experiência de adaptar seus negócios para as mudanças que estão cada vez maiores neste segmento.

O Credit Talk da Allianz Trade é gratuito e terá duração aproximada de 1 hora. As inscrições devem ser feitas clicando aqui.

Credit Talk: Análise de risco de crédito

  • Data: 07/07 (quinta-feira);
  • Horário: 1h (horário de Brasília);
  • Inscrições: link (Para se inscrever, clique no botão Registrar e preencha o formulário).

*Em alguns navegadores, a página pode mostrar um horário diferente, mas não se preocupe, pois o convite será enviado com o horário correto.

Dia Mundial do Chocolate: gigantes do setor sentem amargas perdas nas ações 496

Dia Mundial do Chocolate: gigantes do setor sentem amargas perdas nas ações / Foto: Charisse Kenion / Unsplash Images

Amanhã (07) é comemorado o Dia Mundial do Chocolate

Brownie, tortas, mousses e brigadeiros. O chocolate é um dos doces mais populares do planeta. Apesar de toda sua fama, o mercado responsável pela venda do produto não tem tido o mesmo sucesso. Rodrigo Lima, analista de investimentos e editor de conteúdo da Stake, plataforma que conecta pessoas de diferentes países a oportunidades de investimentos, afirma que o cacau cai -7,40% no ano e, mesmo assim, ações da Nestlé e Mondelez, duas das maiores do mundo no segmento de chocolate, amargam perdas de -14,54% e -2,90% respectivamente. “Entre as grandes fabricantes listadas em bolsa, somente a Hershey’s tem um retorno período no primeiro semestre, subindo +15,39% depois de revisar o guidance de 2022 para cima e realizar um robusto programa de recompra de ações”, comenta o especialista.

Para o Ivan Barboza, sócio do Ártica, escritório independente de assessoria financeira em M&A e gestão de investimentos, explica que as ações apresentaram este declínio, em grande parte, por conta do contexto macroeconômico atual: “A alta dos juros e a possível redução do poder de consumo, por causa dos riscos de inflação e recessão, pesam mais do que a redução do custo do cacau para essas empresas. Até porque, na avaliação de um negócio, o que conta são os resultados de longo prazo. A redução do preço do cacau teria que se manter por vários anos para ter um impacto relevante no valor dessas empresas”, finaliza.

Medicamento para leucemia é incluído na lista de coberturas obrigatórias dos planos de saúde 399

Medicamento para leucemia é incluído na lista de coberturas obrigatórias dos planos de saúde

ANS atualiza rol de procedimentos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou a recomendação final do medicamento hemifumarato de gilteritinibe, para tratamento de pacientes adultos com leucemia mieloide aguda (LMA), recidivada ou refratária com mutação gene FLT3, para inclusão ao Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde. A decisão foi tomada nessa segunda-feira, 04 de julho, durante a 15ª Reunião Extraordinária da Diretoria Colegiada (DICOL) de 2022.

A tecnologia teve sua recomendação final após discussão na última reunião técnica da Cosaúde, ocorrida em junho, e após ter passado por consulta pública que contou com mais de 50 contribuições. Clique aqui para saber mais.

Assim, o rol passa a contar com 3.369 procedimentos e eventos em saúde, tendo havido neste ano, até o momento, 24 incorporações à lista de coberturas obrigatórias pelas operadoras.

Consulta Pública

A ANS também abriu, nessa terça-feira (05 de julho), a Consulta Pública 98, para que sejam apresentadas críticas e sugestões relativas à recomendação preliminar relacionada à proposta de atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde. O prazo para envio de contribuições é de 20 dias corridos, encerrando-se, assim, em 24 de julho. Os interessados em participar podem clicar aqui para acessar as informações.

A consulta também submete à participação social o Relatório Preliminar resultante da 6ª reunião técnica da Comissão de Atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde Suplementar (COSAÚDE), em cumprimento à legislação vigente.

As recomendações tratam de proposta de atualização do rol enviada para ANS por meio do formulário eletrônico FormRol, de acordo com o processo contínuo de envio de propostas e de análise por parte da Agência instituído pela Resolução Normativa nº 470/2021 e Lei 14.307/2022. A Consulta Pública irá, portanto, tratar da proposta para inclusão no rol de coberturas obrigatórias dos planos de saúde das seguintes tecnologias:

  • Sistema intrauterino liberador de levonorgestrel (SIU-LNG), para o tratamento de menorragia idiopática (sangramento uterino anormal);
  • Olaparibe para terapia de manutenção em duas situações do carcinoma de ovário: para o tipo seroso ou endometrioide, recidivado, de alto grau, com mutação BRCA e sensível à quimioterapia baseada em platina e para os casos recentemente diagnosticados, avançados, de alto grau, com mutação BRCA e sensível à quimioterapia baseada em platina; e
  • Radioembolização hepática, para o tratamento de carcinoma hepatocelular em estágio intermediário ou avançado, irressecável e sem doença extra-hepática para os quais a quimioembolização é inadequada.

As recomendações preliminares elaboradas pela ANS podem ser favoráveis ou desfavoráveis às propostas de atualização e seus fundamentos podem ser lidos nos Relatórios de Análise Crítica, que, assim como a proposta de Resolução Normativa, estão disponíveis na íntegra durante o período de consulta na página da ANS, www.gov.br/ans, em “Acesso à informação”, no item “Participação da Sociedade”, no subitem “Consultas Públicas”, https://www.gov.br/ans/pt-br/acesso-ainformacao/participacao-da-sociedade/consultas-publicas.

Darwin Seguros recebe autorização para operar como seguradora digital após passar pelo sandbox 467

Lançamento para o mercado está previsto para outubro de 2022

Primeira insurtech a receber a Licença Temporária da Superintendência de Seguros Privados (Susep) para operar como seguradora digital na segunda edição do Sandbox, a Darwin Seguros inicia sua operação em agosto, ainda em ambiente controlado, por meio de lista de espera do site e do modelo member get member, com foco no seguro de automóveis baseado em inteligência artificial e análise de dados, na cidade de São Paulo. O lançamento para o mercado está previsto para outubro de 2022.

“Nós nascemos para ajudar a liderar a evolução no mercado de seguros e, então, sempre acreditamos que precisávamos dominar todos os pontos de contato com o usuário ao longo de sua jornada, ou seja, todo o modelo de precificação, o modelo de subscrição e o produto, com foco principal no processo de atendimento e sinistro. Para isso, não enxergamos outro cenário que não seja já nascer como seguradora e ter liberdade para inovar. Essa licença é um passo importante para nós e estamos muito animados e confiantes para “entrar em campo”. Afinal, estamos há mais de um ano cuidando de cada detalhe do nosso produto, da nossa tecnologia e da experiência “Darwin”, que vai surpreender, e muito, os nossos usuários”, afirma Firmino Freitas, CoCEO e um dos fundadores da Darwin Seguros.

O Sandbox Regulatório é um ambiente experimental criado pela Susep para incentivar o desenvolvimento de inovações a partir do uso de tecnologias e com foco na melhoria da experiência do cliente, por meio do qual as seguradoras selecionadas encontrarão maior flexibilidade regulatória. As seguradoras aprovadas e que receberem a Licença Temporária poderão operar neste ambiente por até 36 meses. A iniciativa da autarquia conta com mais de 20 projetos de inovação e a Darwin Seguros foi a primeira a receber a Licença Temporária.

“O programa do Sandbox foi fundamental para estruturarmos e iniciarmos a nossa operação. Inclusive, pretendemos iniciar o processo de obtenção da Licença Definitiva ao longo do ano de 2023. Em paralelo, seguiremos participando ativamente de todas as discussões de inovação que estão acontecendo no setor, que passa por um momento de profunda transformação”, comenta Daniele Dabus, responsável pela área jurídica da Darwin Seguros.

A previsão de lançamento, ainda em ambiente controlado através da lista de espera do site e o modelo member get member, em que um usuário indica outro, é para o mês de agosto deste ano e a Darwin Seguros espera avançar para o mercado a partir de outubro.

“Nosso objetivo não é, e nunca será, crescer a qualquer custo. Afinal, nossa tecnologia nos permite identificar os bons motoristas e, para estes, oferecer preços mais adequados ao respectivo risco e exposição. Essa é a nossa principal missão. Além disso, temos bastante consciência da responsabilidade que é cuidar de um bem tão importante do brasileiro como o seu carro e, por isso, não abriremos mão da oferta de uma experiência diferenciada”, complementa Firmino Freitas.