Gerações Z e Y lideram carteira de seguros de vida 1118

Rafael Leonel é gerente nacional de Seguros Pessoas da Sancor Seguros / Divulgação

Casamento, nascimento de filhos e constituição de patrimônio são principais motivos que levam consumidores a investirem na garantia

“A idade sempre foi um fator de decisão para contratação de seguro de vida, pois a maturidade faz com que as pessoas entendam melhor a importância da proteção. O problema é que, muitas vezes, isso acontecia tardiamente. Quanto mais cedo se busca esse tipo de apólice, menor é o investimento, entre outras vantagens. E os novos consumidores estão mais atentos a isso”. A afirmação é do especialista em seguros de vida, Rafael Leonel. Segundo ele, a necessidade de dar segurança à família, casamento, filhos e também a preocupação com a constituição de um patrimônio que garanta um bom padrão de vida em caso de morte, doença grave ou invalidez, são fatores que aceleram a tomada de decisão.

Prova dessa mudança de cultura de que, aos poucos, o brasileiro vem contratando seguros de vida mais cedo é o fato das gerações Z e Y, formada por consumidores de até 40 anos, liderarem a carteira de algumas seguradoras e também serem parcela importante das novas contratações. “Juntas, essas gerações representam 51% das cerca de 34 mil vidas seguradas pela Sancor Seguros, por exemplo. Hoje mais da metade das novas contratações na companhia vem de consumidores que têm entre 31 e 50 anos”, conta Leonel, que também é gerente nacional de Seguros Pessoas da empresa.

Na Sancor, 9% dos segurados de vida são da geração Z (até 25 anos), sendo 48% deles homens e 52% mulheres. “Nesta fase da vida muitos jovens ainda não têm total consciência da conveniência de se ter proteção, muitos ainda estão concluindo os estudos e iniciando uma trajetória profissional. A contratação nessa faixa etária ainda é mais comum entre jovens que formam a família mais cedo ou que precisam de seguros pela obrigatoriedade de estágios”, afirma.

O grupo Y, de clientes entre 26 e 40 anos, compreende 42% da carteira da Sancor Seguros (51% homens e 49% mulheres). A geração X (41 a 60 anos) é tradicionalmente bastante significativa também e abrange 42% dos consumidores (61% homens e 39% mulheres). E, por fim, 8% dos segurados têm mais de 61 anos, os Baby Bommers (64% homens e 36% mulheres).

“Um dado interessante é ver como nas faixas de idade mais avançadas não há tanto equilíbrio entre contratações de seguro por homens e mulheres, o que remete a um comportamento mais tradicional e até ultrapassado, de quando o homem era o provedor do lar e de segurança, algo cada vez menos comum e comprovadamente equivocado, já que pesquisas recentes mostram que quase metade dos lares brasileiros é sustentado por mulheres”, analisa Leonel.

O especialista lembra ainda que ter um seguro é importante em todas as fases da vida. Não existe idade ideal para contratar, pois cada fase possui uma necessidade de proteção. A contratação tem muita relação com a educação financeira da população, que precisa ser cada vez mais difundida entre nossas crianças e jovens, para que eles entendam que ter um seguro de vida é a principal ferramenta de proteção pessoal, familiar e financeira que se pode ter”, ressalta.

Na hora de contratar um seguro de vida, segundo Leonel, é muito importante saber detalhadamente quais serão as coberturas contratadas e o prazo de vigência de cada uma delas, bem como os capitais segurados, que devem atender algumas necessidades primordiais, como custear a educação do filhos, manter o padrão de renda familiar por pelo menos 60 meses e eventuais custos de inventário. “Para isso, é importante levar em conta a idade dos filhos na contratação do seguro, a renda média mensal atual e o patrimônio constituído para que se possa fazer a análise correta da necessidade de capital segurado”, orienta.

A Sancor Seguros, integrante do maior conglomerado segurador da Argentina, é a companhia que mais expandiu em seguros de Pessoas (que inclui os de vida) até abril deste ano. Nos dois primeiros meses de 2020 registrou crescimento de aproximadamente 46% contra os 7% do setor. No fechamento do quadrimestre, o aumento no total de prêmios emitidos foi de 35,6% se comparado ao mesmo período do ano passado. Com os resultados, passou a figurar entre as 25 maiores do País no produto, que inclui além de seguros de vida, acidentes pessoais e prestamistas, para pessoas física e jurídica.

Especialista mostra dicas para a compra do primeiro carro 375

Especialista mostra dicas para a compra do primeiro carro

Executivo da Allianz Automotive apresenta principais cuidados de manutenção

O sonho de consumo de grande parcela da população é a aquisição do primeiro veículo, seja novo ou usado. A escolha do carro ideal é um período de muitas incertezas, que vão desde comprar por aspectos estéticos, como a cor do veículo e a marca, ou até mesmo saber qual é o melhor motor para o tipo de utilização desejado.

A aquisição do primeiro carro esconde vários mistérios, que devem ser visualizados para fazer uma boa escolha, que atenda as demandas do comprador de forma satisfatória. Analisando essas condições que assombram os compradores, Ricardo Sardagna, executivo da Allianz Automotive, marca especializada em negócios automotivos da Allianz Partners, apresenta algumas dicas de cuidados preventivos.

Manutenção do veículo

Segundo o executivo, para um carro zero km, o recomendado é seguir o manual de instrução que é fornecido pela montadora do veículo, sempre realizando as revisões necessárias e possivelmente aumentando de maneira significativa a vida útil do automóvel. “Para veículos usados é de grande importância fazer revisões periódicas em partes específicas, como motor, freios, pneus e suspensão. Uma das principais dicas nesse processo é realizar uma revisão a cada 10 a 15 mil km rodados”, afirma o especialista.

Atenção especial

Alguns componentes merecem atenção especial do recém dono do automóvel, sendo pneus e freios os principais itens na lista de prioridades, uma vez que sofrem maior desgaste natural. Além disso, o manual do veículo é um grande aliado, por apresentar com precisão o período ideal de manutenção e seus componentes de acordo com a quilometragem.

Troca de óleo

Os intervalos de troca de óleo são fundamentais para manter a vida útil do veículo, sendo que o principal critério é realizar a troca nos intervalos recomendados pelo fabricante (ex. a cada 10 mil km rodados) ou de acordo com o prazo de validade do óleo, que em média gira em torno de um ano.

Os veículos novos contam com as revisões obrigatórias, que contribuem com a realização nos períodos corretos. “Em veículos usados, é recomendado fazer a troca do óleo logo após a compra, a não ser que você tenha alguma comprovação do momento que a última troca foi realizada e que a quilometragem percorrida desde então ainda não tenha sido atingida”.

Em todas as trocas é importante substituir também o filtro de óleo, outro componente fundamental para a vida útil do motor.

Cuidado com a pintura

Outro item de extrema relevância é a manutenção da pintura dos veículos, que deve ser conservada com lavagem periódica, evitando as manchas. Aplicação de uma cera protetora de boa qualidade a cada 3 meses ajuda muito na proteção e boa aparência da pintura do veículo. Já para veículos usados, o polimento técnico realizado em um local especializado é a melhor alternativa quando a pintura já perdeu o seu brilho ou está com riscos.

Ar-condicionado

O ar-condicionado dos carros possui filtros que retêm as impurezas do ambiente exterior e devem ser trocados de forma regular conforme recomendação do fabricante. Em casos de perda de capacidade de refrigeração, é necessária a troca de gás. De acordo com Sardagna, é importante ligar o ar-condicionado a cada 15 dias por, no mínimo, 15 minutos para o sistema manter a vida útil.

Seguindo essas recomendações, a durabilidade do seu veículo poderá aumentar de maneira substancial. Conte sempre com um especialista de confiança para poder realizar as manutenções necessárias de forma a evitar maiores dores de cabeça.

Lançado primeiro hackathon de Odontologia do Brasil 292

Lançado primeiro hackathon de Odontologia do Brasil

Maratona de inovação na área será totalmente online e gratuita

Hackathons são eventos voltados para o desenvolvimento de ideias e tecnologias inovadoras para problemas práticos das organizações, de startups a universidades. A fórmula tem apresentado excelentes resultados para instituições que querem inovar, descobrir novos talentos e se atualizar.

O formato se assemelha a uma maratona, sendo que o principal objetivo é estimular o desenvolvimento de soluções inéditas para problemas e desafios reais. O modelo é, ainda, uma ótima oportunidade para profissionais desenvolverem habilidades como o trabalho em equipe, altamente apreciado no mercado de trabalho.

Mesmo que os hackathons existam desde 1999, a iniciativa até o momento não havia chegado ao mundo dos dentistas. Porém, a partir da próxima quinta-feira, dia 17 de junho, a lacuna será preenchida. A data marca o lançamento do Dental Ideathon, iniciativa pioneira, com o propósito de fomentar a cultura do empreendedorismo e trazer soluções inovadoras para desafios reais na área da Odontologia.

A primeira edição do Dental Ideathon terá como patrocinadora master a S.I.N. Implant System, referência global em implantes e componentes dentários, com sua trajetória apoiada em inovação e pesquisas científicas produzidas em universidades de Odontologia de vários países.

A maratona colaborativa vai acontecer entre 17 a 20 junho, e terá 52 horas de duração, com abertura oficial marcada para dia 18, às 19h30min. Todas as etapas serão feitas de forma online.

Em seu primeiro dia, o hackathon irá contar com workshops de preparação e oficinas de criatividade, design e gamificação. Já entre os dias 18 e 20 de junho as equipes irão se dedicar à elaboração de projetos, com mentoria de convidados e parceiros.

No último dia do evento acontecem os pitchs, com as propostas apresentadas em vídeos.

O objetivo da Dental Ideathon é o estímulo ao desenvolvimento de soluções inovadoras para problemas reais ligados à Odontologia. Entre os desafios estão: ‘como conectar a oral care com os pacientes ou dentistas’; ‘como monitorar a saúde bucal dos pacientes à distância’ e ‘como otimizar os serviços da equipe odontológica no atendimento ao paciente, de forma inovadora’.

Os problemas devem ser solucionados em quatro etapas: ideação, validação, prototipagem e apresentação (pitch), seguindo o cronograma da conferência.

O evento é voltado para acadêmicos da Odontologia, porém, a participação de estudantes e profissionais de outras áreas da saúde, assim como de carreiras ligadas a administração de empresas, TI, comunicação, marketing e publicidade, são incentivadas pela organização.

Para inscrições ou mais informações, basta acessar este endereço.

WinSocial lança campanha para incentivar vacinação 281

WinSocial lança campanha para incentivar vacinação

Ação com influenciadores visa estimular a imunização para pessoas com diabetes, grupo de risco da pandemia

A WinSocial, startup que oferece seguro de vida a pessoas com diabetes por meio da tecnologia, lançou uma campanha para incentivar que pessoas com esta condição de saúde – classificadas como grupo de risco – se vacinem contra a Covid-19.

Ao longo de todo o mês de Junho, os seguidores da WinSocial no Instagram que compartilharem fotos tomando a vacina ou apresentando o seu cartão de vacinação com as duas hashtags #winsocial #vacinasim, concorrerão a cinco kits especiais da startup com: uma camisa “Quem tem diabetes PODE!”, um cofre unicórnio e uma máscara de proteção personalizada.

A ação contará com a participação de mais de dez influenciadores digitais que abordam o tema de diabetes. O objetivo é promover o cuidado com a diabetes e celebrar a vida em um momento tão especial para pessoas com essa condição de saúde.

Os cinco posts mais curtidos até 30 de junho ganharão os kits, e os ganhadores serão anunciados dia 01/07 no Instagram da WinSocial.

Espetáculos patrocinados pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros marcam presença na 8ª edição do Prêmio Bibi Ferreira 371

Alexandre Nogueira é diretor de Marketing do Grupo Bradesco Seguros / Divulgação

‘A Cor Púrpura’ e ‘Pippin’ concorrem em dez categorias diferentes

Como uma organização que preza pela promoção da cultura, a Bradesco Seguros patrocina dois dos principais espetáculos indicados ao 8º Prêmio Bibi Ferreira. ‘A Cor Púrpura’ e ‘Pippin’ estão concorrendo em dez categorias no campo técnico e de equipe criativa na edição deste ano. A premiação acontecerá em formato digital, diretamente do Teatro Sérgio Cardoso, em agosto. Todos os profissionais concorrentes acompanharão a cerimônia por vídeo.

O musical ‘A Cor Púrpura’, baseado no livro homônimo de Alice Walker, é o líder de indicações ao prêmio, concorrendo em oito categorias, com destaque para Melhor Musical; Melhor Adaptação – realizada pelo jornalista Arthur Xexéo -; e Melhor Atriz de Musical – com indicação da atriz Letícia Soares, que deu vida a Celie na adaptação brasileira. Já o espetáculo ‘Pippin’ figura entre os indicados em Melhor Figurino de Musical e Melhor ator de Musical, pela interpretação do personagem Pippin, feita pelo ator João Felipe Saldanha. Ambos os musicais integram o Circuito Cultural Bradesco Seguros, ação de incentivo cultural da seguradora.

“Incentivar a cultura sempre será um compromisso do Grupo Bradesco Seguros e poder contar com os espetáculos patrocinados por nós em um dos principais prêmios do teatro brasileiro é, sem dúvida, uma honra. Continuaremos garantindo expressões artísticas de qualidade a todo o público que gosta de assistir nos palcos boas histórias”, ressalta Alexandre Nogueira, Diretor de Marketing do Grupo Bradesco Seguros.

Por conta da pandemia de Covid-19, diversos espetáculos do Circuito Cultural Bradesco Seguros estão sendo adaptados para o formato de lives. Para acompanhá-los, basta seguir o Grupo Segurador nas redes sociais.

Cada gota conta: 108 vidas serão beneficiadas com campanha de doação de sangue da Unimed Londrina 367

Cada gota conta: 108 vidas serão beneficiadas com campanha de doação de sangue da Unimed Londrina

Programada para os dias 17 e 18 de junho, primeira doação do ano estima arrecadar 27 bolsas de sangue

A Unimed Londrina, desde 2012, incentiva a solidariedade dos seus colaboradores por meio de duas campanhas anuais de doação de sangue. A primeira edição de 2021, programada para esta quinta-feira (17) e sexta-feira (18), contará com o apoio de 27 colaboradores. Esta iniciativa celebra o Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado na última segunda-feira (14), e também integra as ações do Calendário da Saúde, campanha temática da cooperativa sobre saúde e bem-estar, cujo mote do mês é “Doar sangue: Cada gota conta”.

As doações de sangue dos colaboradores acontecerão no Hemocentro Regional de Londrina, vinculado ao Hospital Universitário (HU) da Universidade Estadual de Londrina (UEL), localizado na Rua Claudio Donisete Cavaliere, 156. Em ambos os dias da campanha, as doações serão no período diurno: na quinta-feira (17) das 14h às 17h, e na sexta-feira (18) das 14h às 15h30.

De acordo com a gerente de Sustentabilidade da Unimed Londrina, Fabianne Piojetti, a campanha tornou-se ainda mais importante devido às baixas nos estoques de sangue dos hemocentros em decorrência da pandemia do novo coronavírus. “Entendemos que é necessário ressaltar a importância da prática voluntária, mesmo com a pandemia. Com esta campanha, a cooperativa busca, por meio de uma grande corrente de solidariedade, fazer a sua parte para garantir a continuidade das coletas de sangue durante este período, pois cada gota conta”, destaca Piojetti.

Para tratar sobre a situação atual dos hemocentros, o Calendário da Saúde irá promover na próxima segunda-feira (21), às 19h, nas redes sociais da Unimed Londrina, uma live com o tema “Como a pandemia afeta o estoque do hemocentro?”. O bate-papo será intermediado pelo presidente da cooperativa, Dr. Omar Taha, e contará com a presença do coordenador do Hemocentro Regional de Londrina, hematologista e cooperado, Dr. Fausto Trigo; da hematologista e cooperada, Dra. Suellen Stallbaum; e da cliente e ex-colaboradora da operadora de planos de saúde, Bianca Veronesi, que contará sua experiência quanto à doação de sangue.