Seguradoras e assessorias vislumbram cenário promissor para o mercado 701

Seguradoras e assessorias vislumbram cenário promissor para o mercado

Cenário foi evidenciado durante 2º Encontro Magno das Aconsegs

O mercado de seguros e as assessorias vão sair mais fortalecidos do período pós-pandemia. O setor demonstrou resiliência, capacidade de organização, inovação e preparo tecnológico. Essa foi a mensagem que marcou o 2º Encontro Magno das Aconsegs, que aconteceu nos dias 22 e 23 de setembro, com a presença de executivos de companhias e profissionais do segmento de assessorias.

Realizado pela Aconseg-MG, o evento virtual contou com o apoio das associações de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná.

Presidentes e diretores das seguradoras mostraram-se otimistas quanto à recuperação econômica e fizeram questão de ressaltar a importância das assessorias de seguros como canal de distribuição das companhias. Também avaliaram o atual cenário do segmento e as tendências para o futuro.

O presidente da HDI Seguros, Murilo Setti Riedel, explicou que até pouco tempo a companhia não operava com as assessorias. “Hoje não temos dúvida do valor que essas empresas têm. Elas trazem racionalidade para as seguradoras que não possuem condições de oferecer suporte a todos os corretores. São uma alternativa econômica e tecnológica muito eficiente tanto para corretores de pequeno quanto grande portes”, salientou.

José Adalberto Ferrara, CEO da Tokio Marine, disse que as assessorias são consideradas “verdadeiras sucursais” da companhia tamanha a importância que a empresa dá ao canal. “As assessorias são estratégicas para nós. São como sucursais da companhia, tanto que criamos um portal exclusivo para elas”.

O executivo provocou os empreendedores de assessorias a pensarem “fora da caixa”. Segundo ele, “é preciso olhar o mercado de maneira mais pluralista pela gama de produtos que podemos oferecer aos clientes. Nosso mercado cresce na mesma proporção em que os corretores aumentam a capilaridade de seus negócios. As ferramentas digitais estão aí disponíveis para que possamos ofertar produtos de Norte a Sul do País”.

O diretor comercial da Allianz Seguros, Eduardo Dal Ri, comentou que os novos tempos exigem que as companhias repensem o modelo de trabalho e sua forma de atuação. “Já estamos desenvolvendo isso na Allianz globalmente. O objetivo é atuar sempre de forma eficiente, com processos mais simplificados e produtos adequados às necessidades dos clientes”.

Dal Ri não acredita na tese de que o corretor e as assessorias “vão acabar” por conta do incremento das vendas digitais de seguros e de novos entrantes no mercado. “Essa história já ficou para trás. Seremos cada vez mais exigidos e vamos nos reinventar ouvindo os corretores, assessorias e clientes”, acrescentou.

Transformação do mercado – O diretor do Canal Mercado Brasil da Bradesco Seguros, Leonardo Pereira de Freitas, foi o primeiro a falar no segundo dia do evento. Ele acredita que houve um fortalecimento do canal assessoria no período da pandemia. “Vocês conseguiram reagir muito prontamente às demandas específicas do momento, assumindo um papel de protagonismo nesse processo. Vimos uma mobilização grande das assessorias. Sabemos que não foi simples colocar suas equipes em home office rapidamente e continuar atendendo aos corretores com eficiência”, salientou.

De acordo com o executivo, o processo de digitalização está transformando o mercado de seguros de forma rápida. “Todos nós, seguradores, corretores e assessorias, fomos desafiados a acompanhar as mudanças e ter uma postura diferente, para oferecer experiências de consultorias especializadas aos nossos clientes. Cada vez mais ouviremos falar sobre atendimento e vendas empáticas. As pessoas não querem só produtos e, sim, propósitos e valores agregados para sua proteção. Quem entender esse novo cenário sairá na frente”.

O diretor nacional comercial da Suhai Seguradora, Robson Armando Tricarico, também aposta na racionalização e nos meios digitais para promover novos negócios e atrair mais consumidores. “A Suhai já nasceu digital. Para vocês terem ideia, não temos filiais. Oferecemos aos corretores todas as ferramentas necessárias para que eles se conectem ao cliente e façam novas parcerias. O consumidor quer agilidade. As assessorias têm um papel importante no apoio ao corretor nesse sentido e nós estamos aqui para oferecer todo suporte necessário”, ressaltou.

Encerramento do 2º Encontro

Os presidentes das Aconsegs encerraram o evento, que teve a mediação do professor Maurício Tadeu Barros Morais.

Hélio Opipari Junior, presidente da Aconseg-SP, parabenizou a diretoria da Aconseg-MG pela organização do Encontro e destacou tratar-se “de um evento único no mercado, que engrandece o segmento das assessorias”. Segundo o dirigente, o cenário é desafiador mas apresenta oportunidades e as assessorias devem exercer um protagonismo ainda maior no relacionamento com os corretores, “uma vez que a maioria delas são multimarcas e multiprodutos e a proximidade e a relação de confiança proporcionam uma compreensão maior das demandas, necessidades e anseios dos corretores de seguros”.

O presidente da Aconseg-RJ, Luiz Philipe Baeta, disse sentir-se honrado com o convite para o evento. “Participar de um encontro que aborda e celebra o trabalho das assessorias de seguros me honra bastante e julgo que acontece em um momento muito oportuno. Estarmos reunidos nos fortalece para pensar em novos projetos, impulsionar os já existentes e buscar novas formas de dialogar com os atores envolvidos em nossas operações”.

Celso Cunha Azevedo, presidente da Aconseg-RS, também parabenizou os organizadores do Encontro. “Sinto-me lisonjeado em fazer parte deste momento. Saímos daqui mais fortalecidos, com novas ideias e ações para levar aos nossos pares. As apresentações nos levaram a refletir e demonstraram o tamanho do nosso compromisso com os corretores. Muitos já se adaptaram ao novo cenário, mas a grande maioria vai precisar de nosso apoio para gerar negócios em tempos desafiadores”.

Anfitrião do Encontro, o presidente da Aconseg-MG, Robson Augusto Carneiro, agradeceu a presença expressiva das assessorias, seguradoras parceiras e autoridades do mercado. “Muito obrigado pela presença de todos que nos prestigiaram e também aos que colaboraram para que esse evento alcançasse êxito. Tivemos uma oportunidade única de trocar ideais, ouvir as considerações e projetos das companhias, discutir as perspectivas para o futuro. Vamos unir forças com as seguradoras e corretores para que nossa atividade seja cada vez mais valorizada”, finalizou.

Também prestigiaram o evento lideranças do mercado como os presidentes do SindSeg MG/GO/MT/DF, Marco Neves; Sincor-MG, Maria Filomena Branquinho; do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello. O 2º Encontro Magno das Aconsegs contou com patrocínio da Asseg Assessoria de Seguros, Asteseg Assessoria Técnica em Seguros, Classic Assessoria Vida e Previdência, FF Seguros e Gold Service Seguros.

Liberty Seguros está entre as 50 melhores grandes empresas para se trabalhar segundo GPTW 440

Liberty Seguros está entre as 50 melhores grandes empresas para se trabalhar segundo GPTW

Em sua primeira participação, a seguradora ficou em quarto lugar na categoria de instituições financeiras e na 47º colocação no ranking das Grandes Empresas

Poucos meses depois de receber a certificação do Great Place to Work, empresa de consultoria que reconhece companhias com os melhores ambientes de trabalho ao redor do mundo, a Liberty Seguros comemora mais um reconhecimento da instituição: estar no ranking das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil.

O resultado positivo para a seguradora, que ficou no quarto lugar na categoria de instituições financeiras e 47º no ranking Grandes Empresas Nacionais, é reflexo do conjunto de iniciativas internas da empresa desenvolvidas com foco no bem-estar, crescimento e desenvolvimento dos funcionários.

Bem-estar como prioridade

Colocar as pessoas em primeiro lugar sempre foi o principal valor da Liberty e, em períodos de crise, como na pandemia de Covid-19, cuidar dos colaboradores se tornou ainda mais indispensável. Além disso, como as jornadas de trabalho consomem a maior parte do dia dos funcionários, a companhia assumiu a responsabilidade de promover iniciativas que proporcionem acolhimento e qualidade de vida a todos que trabalham na seguradora.

Atualmente, a empresa já contabiliza mais de 40 iniciativas em diversas frentes com esse propósito, como a Happy Friday e a licença maternidade e paternidade estendidas, atividades com foco na saúde física e mental como exercícios de Mindfulness e Ginástica Laboral; acompanhamento com psicólogo, nutricionista e médico da família; campanhas de vacinação, Outubro Rosa, Novembro Azul, recursos para incentivar outras formas de mobilidade como o bicicletário na matriz; entre tantas outras.

Frente à pandemia de COVID-19, a companhia realizou uma força-tarefa e, em poucos dias, toda a operação já estava trabalhando remotamente de home office, com ferramentas adequadas e processos digitais para realização normal das atividades. Além disso, a Liberty disponibilizou atendimento de sua equipe médica interna para fornecer orientações na identificação de sintomas e todo apoio e acompanhamento em casos suspeitos e confirmados.

Diversidade e acolhimento

Os temas de diversidade e inclusão são prioritários para a Liberty Seguros, não só no Brasil, mas globalmente. Pensar em pautas que englobem esses assuntos e garantir que as pessoas se sintam acolhidas dentro da companhia, permite que cada funcionário esteja confortável para ser quem é.

Ademir Marques é Diretor de Recursos Humanos da Liberty Seguros / Divulgação
Ademir Marques é Diretor de Recursos Humanos da Liberty Seguros / Divulgação

Por isso, a companhia desenvolveu uma área global dedicada exclusivamente para garantir que todas as operações tenham compromissos que assegurem que a empresa está fomentando um ambiente cada vez mais inclusivo. Esse manifesto incentiva que qualquer ação ou decisão no dia a dia de trabalho seja alinhada a área de D&I – seja para criar equipes ou desenvolver produtos, entre outros trabalhos.

“Cuidar das pessoas e garantir que o bem-estar e o equilíbrio de cada um de nossos funcionários são prioridades máximas para a Liberty Seguros, por isso, sermos reconhecidos em rankings como esse do Great Place to Work é tão importante para a companhia. Nós queremos que nossos funcionários se sintam valorizados e motivados a darem o seu melhor, sabendo que todos têm seu espaço e que contribuem com o todo de forma única”, afirma Ademir Marques, Diretor de Recursos Humanos da Liberty Seguros.

Prêmio Destaques 2020 do CVG RS divulga os vencedores de 2020 451

Conheça quem conquistou o Prêmio este ano

Nesta quarta, 21, em evento online aberto ao público, foram revelados os vencedores do Prêmio Destaques do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG RS) 2020 em transmissão ao vivo pelo canal do CVG RS no YouTube. Desde 1996, o Prêmio destaca quem se dedica a fomentar o mercado de seguros gaúcho e é dos mais tradicionais do segmento no país. Em 2020, ganhou formato diferente este ano e a internet foi palco para a premiação em decorrência da pandemia de Covid-19. Mais que o Troféu, o Clube também compartilhou, nesta noite, os resultados da ação “Unidos pela Solidariedade”, que arrecadou mais de 30 toneladas de alimentos destinados a 30 entidades do estado. A entrega do Troféu Personalidade Destaque 2020 e apresentação do saxofonista Mateus Simioni também marcaram essa noite de comemorações.

O saxofonista Mateus Simioni / Fotos: Salomão Cardoso/Divulgação
O saxofonista Mateus Simioni / Fotos: Salomão Cardoso/Divulgação

Durante a cerimônia, Andreia Araújo, presidente do CVG RS, destacou a importância de falar sobre persistência, força e criatividade em 2020. “De repente não apenas o CVG RS – mas o mundo – se deparou com algo que nos fez parar e obrigatoriamente nos fez entender que modelos mentais fixos que concebemos no passado e que carregamos conosco por tantos anos, já não podiam existir mais, e que precisávamos realinhar as rotas, e rápido! Precisamos adotar comportamentos diferentes, exercitar a flexibilidade, e aceitar que estar pronto a mudar a qualquer momento é o que nos garante atravessarmos qualquer caminho. Hoje, aliando a tecnologia à nossa capacidade criativa e empatia, expandimos a premiação a todo o Rio Grande do Sul para homenagear o mercado segurador gaúcho e todos os associados, empresas e profissionais do setor no estado e no Brasil. Mas, acima de tudo, homenageamos a sociedade gaúcha, que se engajou na ação colaborativa ‘Unidos pela Solidariedade’”, ressalta Andreia. Além da presidente do CVG RS, o vice-presidente, Clodomiro Dorneles, frisou as novidades do evento online deste ano. “Devido a pandemia que assola o planeta não conseguimos realizar o nosso evento de Destaques do Mercado Segurador neste ano de forma presencial. Esse evento tão glamouroso que realizamos desde a década de 90. Mas, esse obstáculo não foi um problema e até nos deu a oportunidade de realizarmos o evento online que esteve cheio de novidades. Além disso, o evento deste ano, em alusão aos 30 anos do CVG RS, criou uma campanha magnífica: “Unidos pela Solidariedade”. A ação arrecadou 30 toneladas de alimentos para 30 entidades assistências pelo estado do Rio do Grande do Sul”.

Os campeões nas seis categorias foram eleitos em dois turnos de uma votação online. No primeiro turno, 32 finalistas foram escolhidos pelo mercado de seguros gaúcho, entre associados e não associados. No segundo turno, os vencedores foram definidos exclusivamente pelo voto virtual do colégio eleitoral composto por associados do CVG RS, patrocinadores da ação “Unidos Pela Solidariedade”, entidades do mercado, seguradoras, mídia e delegados do Sincor RS.

Veja a lista com os vencedores nas categorias:

  • Seguradora do Ano: MAG Seguros;
  • Executivo de Seguradora: Rogério Spezia;
  • Comercial de Seguradora – Região 1: Márcio Casagrande;
  • Comercial de Seguradora – Região 2: Ana Lúcia Araújo Santos;
  • Comercial de Seguradora – Região 3: Sandra Stefanello;
  • Comercial de Seguradora – Região 4: Renata Almeida;
  • Comercial de Seguradora – Região 5: Ana Caroline Furst e Selmar Leal;
  • Corretor Região 1: KSA Corretora de Seguros;
  • Corretor Região 2: Vida Feliz Seguros;
  • Corretora Região 3: Sustentare Seguros;
  • Corretora Região 4: Fante Corretora de Seguros;
  • Corretora Região 5: Belfaactus Seguros;
  • Prestadora de Serviços: Seguro Gaúcho,
  • Entidade do Mercado: Sincor-RS.

Troféu Personalidade Destaque 2020

A professora Jane Manssur foi homenageada como Personalidade Destaque 2020. Formada em Educação-Orientação e Administração, com Especializações em Treinamento e em Recursos Humanos, ela viu o CVG RS nascer e participou de algumas diretorias nestes 30 anos da entidade. Jane compartilhou o Troféu com todos que fazem parte de sua história e ressaltou o que deseja para o futuro do Clube. “Estou muito sensibilizada pela gentileza e o carinho da Diretoria. E, ao agradecer essa deferência gostaria de compartilhar a homenagem com as Entidades parceiras, professores, colegas, minha família que sempre me inspirou e ao meu companheiro de jornada que até hoje me desafia a ser melhor a cada dia. Desejo que o CVG RS procure sempre práticas colaborativas e sustentáveis para a comunidade e mercado que está inserido”.

Rede Saúde Total fecha convênio com Associação Beneficente Heróis do Rio de Janeiro 541

Rede Saúde Total fecha convênio com Associação Beneficente Heróis do Rio de Janeiro

Produtos vão atender as demandas específicas da categoria

Com finalidade de proporcionar uma estrutura diferenciada para os oficiais e praças da Polícia Militar Rio de Janeiro, a Associação Beneficente Heróis do Rio de Janeiro (ABHRJ), criou o Combo PROFAM Proteção Familiar, em parceria com a Rede Saúde Total e o Família Total. Os dois produtos vão atender as demandas específicas da categoria, tendo como base oferecer um suporte financeiro para despesas emergenciais, na preservação do bem estar de toda família dos policiais que se dedicam em proteger a população, durante suas atividades profissionais. O lançamento aconteceu no dia 17 de outubro, no Instagram da ABHRJ, no @heroisdoriodejaneiro.

De acordo com um dos sócios do Grupo Rede Saúde Total, Paulo Ribeiro, a iniciativa de fazer parte do Combo PROFAM Proteção Familiar será excelente para atender os membros da Associação, que poderão contar com uma rede de clínicas e consultórios, com preços acessíveis. “Nós da Rede Saúde Total temos uma rede credenciada com mais de 30 mil estabelecimentos cadastrados em todo o Brasil, além e temos uma média de 25 mil atendimentos por mês. Oferecer os nossos serviços para os policiais militares de todo o Estado do Rio de Janeiro via associação, será um atenuante para complementar no fator qualidade de vida da categoria. Temos a certeza que essa parceria vai agregar em todos os aspectos para os beneficiários, que poderão ter atendimento de qualidade não só no Rio de Janeiro, mas em todo o Brasil”, explicou.

O cartão Saúde Total vai contemplar os beneficiários com uma extensa rede particular credenciada e assistência a saúde, através de consultas e exames em consultórios e clínicas, com até 80% de desconto. Ao utilizar os serviços, o associado só vai pagar uma parte do custo do serviço utilizado, o que garante um serviço de excelência, comparado a pacientes de outros planos. Dentro do pacote, será possível incluir até seis membros familiares, entre pais, irmãos, sogros, além de cônjuge e filhos, além de utilizar o Plano de Teleconsulta, que possui a telemedicina como uma alternativa para que as consultas médicas sejam efetuadas, para que todos tenham qualidade de vida e não se preocupem com os riscos que podem correr ao se dirigir a uma clínica. Com as mudanças repentinas, a empresa teve o desafio de transformar a inovação em uma ação prática para o cotidiano das pessoas e qualificar todos os envolvidos a essa nova tendência. A teleconsulta da Rede Saúde Total viabiliza o agendamento online de consultas médicas com profissionais de diversas especialidades, com atendimento preferencial, sem filas e aglomerações, no conforto do seu lar.

Paulo Ribeiro, um dos sócios do Grupo Rede Saúde Total, ao lado do filho, Pedro Ribeiro / Divulgação
Paulo Ribeiro, um dos sócios do Grupo Rede Saúde Total, ao lado do filho, Pedro Ribeiro / Divulgação

O Família Total é um seguro de vida e acidentes pessoais que vai indenizar em casos de morte do policial titular do seguro, independente da causa, sendo natural ou acidental. O produto foi idealizado para contribuir com o reequilíbrio da estrutura familiar, através da indenização com capital mínimo referente à R$ 40 mil. O beneficiário poderá personalizar o seguro de acordo com as suas necessidades.

A Associação Beneficente Heróis do Rio de Janeiro (ABHRJ)– é uma iniciativa de policiais e praças da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que tem como objetivo promover ações voltadas para o auxílio e suporte na recuperação dos heróis vitimados e seus familiares, valorizando a imagem da corporação junto à sociedade, enaltecendo o respeito, a dignidade e a honra aos seus policiais.

Icatu amplia facilidades e coberturas do produto Horizonte 898

Gustavo Arruda é gerente de Desenvolvimento de Produtos de Vida da Icatu Seguros / Divulgação

Produto passa a oferecer liberdade de escolha nas vigências das coberturas e uma nova experiência de venda 100% online

Maior seguradora entre as independentes, a Icatu Seguros traz mais flexibilidade para a comercialização do Horizonte, um dos produtos mais completos do mercado de Vida individual, que alia proteção e planejamento financeiro, com coberturas e benefícios customizados aos mais diversos perfis e realidades. Lançado no ano passado, este seguro é orientado pela inovação e oferece, além das coberturas tradicionais do seguro de Vida, a formação de reserva, inclusive com possibilidade de resgate pelo cliente. Com isso, o corretor ganha a oportunidade de ampliar ainda mais seu escopo de atuação.

A plataforma de vendas, cotação e contratação está ainda melhor, com um fluxo 100% online, que conta com assinatura eletrônica e análise inteligente da proposta, o que garante uma experiência intuitiva ao cliente e ao corretor. Com estas novidades o seguro pode ser aceito automaticamente após a conclusão da venda. Há ainda um novo fluxo de cartão de crédito com cobrança online e imediata, permitindo que o corretor receba a comissão ainda mais rápida.

Além das melhorias digitais, o Horizonte passa a oferecer liberdade de escolha sobre a vigência das coberturas, prazos de pagamento flexíveis e inclusão de novas coberturas adicionais. Com mais autonomia e flexibilidade o segurado pode escolher estar protegido entre 10 anos, 20 anos, ou de forma vitalícia, conforme regras do produto.

As coberturas incluídas fazem este produto ser o mais completo do mercado. Agora os clientes podem contar com proteção por incapacidade temporária e invalidez por doença. Além de outras garantias para proteger o segurado e usufruir do produto ainda em vida, como doenças graves e invalidez por acidente.O Horizonte ainda conta com benefícios adicionais, como o Seguro Viagem e a Assistência Domiciliar, para todos os clientes.

Com intuito de democratizar o acesso dos brasileiros, o produto é comercializado a partir de R$ 100 e com mensalidades fixas, reajustadas apenas pela inflação. O segurado pode se proteger com capitais que variam entre R$ 50 mil e R$ 5 milhões.

Como este é um produto resgatável, a partir do 25° mês de vigência o cliente pode usar o valor de resgate disponível para qualquer imprevisto ou ainda para quitar antecipadamente o seguro.

“Este é um produto flexível, que atende às principais necessidades de quem busca proteção financeira e que acompanha a reformulação que estamos fazendo em nossa grade para corretores, buscando opções cada vez mais alinhadas com o que seus clientes precisam”, afirma o gerente de Desenvolvimento de Produtos de Vida da Icatu Seguros, Gustavo Arruda. “Há coberturas temporárias, com proteção até a conclusão dos estudos de um filho, por exemplo, e condições variadas de pagamento, o que melhor se adequar ao perfil do segurado”, explica o executivo.

Desafios à frente, mas expansão é oportunidade para o setor segurador 561

Em webinar, Marcio Coriolano prevê alta de até 4% neste ano e possibilidade de voltar a crescer mais a partir de 2021

A arrecadação do setor segurador, mais uma vez resiliente diante de um PIB negativo, deverá fechar 2020 em alta entre 3,5% e 4% e poder voltar à casa de dois dígitos em 2021, se o PIB confirmar a trajetória positiva no próximo ano, com expansão projetada de mais de 3,4%. O prognóstico foi feito pelo Presidente da Confederação Nacional das Seguradoras – CNseg, Marcio Coriolano, ao participar do webinar “Expectativas e desafios para o setor de seguros no pós-pandemia”, realizado pelo Sindicato das Seguradoras do Norte e Nordeste (Sindseg N/NE) nesta quarta-feira, 21, ao lado dos Presidentes do Sindseg N/NE, Ronaldo Dalcin, e do Sindseg BA/SE/TO, Alexandro Barbosa.

“Vamos sair ainda maiores do que quando entramos na pandemia”, destacou Marcio Coriolano. Os números positivos do setor, porém, não tornarão menos complexa a tarefa de levar mais proteção aos segurados nos próximos anos, reconheceu ele, ao lembrar que ainda há gargalos de conhecimento sobre a importância do setor segurador, além de limitações geradas pela renda da população, pela trajetória da recuperação econômica e pelo índice de desemprego.

Reprodução
Reprodução

A desaceleração econômica ocorrida prejudica o setor para atingir o seu potencial de crescimento, mas não o impede de atingir taxas mais altas de expansão. Nesse sentido, ele destacou o comportamento de 2019 (PIB cresceu 1,1% no período, e inflação inferior a 4%), quando o setor obteve um crescimento de mais de 12,2% sobre o exercício imediatamente anterior. Na opinião do Presidente da CNseg, esse desempenho tem relação direta com a maior penetração dos seguros nos últimos 10 anos e com o progressivo reconhecimento do seguro como um instrumento efetivo de proteção. “Estamos constantemente rompendo barreiras, apresentando taxas de crescimento acima da inflação ou do PIB na última década”, afirmou ele, deixando claro, porém, que ainda há enormes faixas de público e de negócios sem a assistência do seguro, gerando muitas oportunidades novas.

Marcio Coriolano observou que o atual governo tem dado contribuições importantes para garantir tração ao crescimento futuro do setor, destacando avanços no seu marco regulatório, como o sandbox regulatório e regras de proporcionalidade de solvência de acordo com o tamanho das seguradoras. Disse que um fator importante para a modernização do marco regulatório dos seguros tem sido o alinhamento estreito da Susep com o Ministério da Economia.

A seu ver, há um claro movimento no sentido de que o seguro seja um dos pilares do crescimento sustentado da economia. Em consequência, abrem-se novas possibilidades de expansão do mercado. Dessa agenda, participam tanto a recente reforma da Previdência Social, o novo marco do saneamento e até a perspectiva de privatização do seguro de Acidentes do Trabalho. A cada passo conquistado pelos seguros privados, criam-se condições de desonerar os cidadãos dos impostos que pagam para ter coberturas insuficientes, acrescentou Marcio Coriolano.

O Presidente da CNseg comentou que a pandemia afetou o comportamento de ramos e modalidades de seguros de maneira heterogênea, já que a crise de mobilidade que veio como combate à propagação do vírus atingiu de maneira diversa os setores econômicos. Ainda assim, alguns ramos de seguros, depois de abril e maio – os meses mais agudos de queda da economia -, reagiram mais rapidamente, como os seguros Rural, Vida, Residencial e Habitacional. A despeito de números, acrescentou Marcio Coriolano, o importante é que o seguro atinge cada vez mais pessoas, confirma sua solidez financeira, com a manutenção de indenizações na casa dos bilhões, cumprindo o papel de proteger pessoas e negócios, além de ser um dos maiores investidores institucionais, com seus R$ 1,2 trilhão em ativos garantidores, o que representa 27% da dívida pública do País.