Jornada do CVG RS destaca Seguro Saúde; Evento segue até sexta 706

Jornada do CVG RS destaca Seguro Saúde; Evento segue até sexta

Encontro virtual começou na noite desta segunda-feira (09)

A VI Jornada de Seguros, evento online realizado pelo Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG RS), foi aberta na noite desta segunda-feira, 09, durante transmissão ao vivo pelo YouTube. Na primeira noite, o presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), João Alceu, foi o convidado para um webinário especial sobre “Seguro Saúde” mediado por Andreia Araújo, presidente do CVG RS. João Alceu destacou que “A disseminação da Covid-19 a princípio parecia cenário para o acirramento de disputas ideológicas e partidárias também no setor da saúde. No entanto, focados em conter a pandemia e manter a vida das pessoas, saúde pública e privada tem enfrentado o problema juntas, a partir dos próprios perfis de atuação. Ao mesmo tempo, precisamos enfrentar a queda da movimentação na economia, restrições na mobilidade das pessoas, alto custo dos atendimentos relacionados à Covid-19 e uma diminuição na renda média do brasileiro em decorrência da crise. Buscamos ser mais inovadores e acessíveis sem esquecer que precisamos pensar na sustentabilidade do mercado. Seguimos aprendendo com a pandemia, mas, hoje já sabemos que podemos fazer mais e melhor. O adiamento nos reajustes dos planos de saúde se soma a novos produtos e soluções que estão ganhando espaço na saúde privada. A ampliação da telemedicina, o uso do home office e a discussão sobre novos formatos de planos privados devem, inclusive, atender às novas formas de trabalho combinadas a novos hábitos de vida e saúde”.

A programação da Jornada segue ao vivo nesta terça-feira, a partir das 19h, no YouTube, com as participações de Sérgio Rangel, diretor regional RS da ANSP e consultor sênior da Mirador, e Luciane Fagundes, psicóloga e consultora da Mirador. Os convidados abordarão o tema “Behavioral Design em Seguros: por que a tecnologia sozinha não faz mágica?”

Com o objetivo de revisar 2020 e dialogar sobre possíveis cenários para 2021, a VI Jornada de Seguros segue online e aberta ao público até sexta-feira, 13 de novembro, com a participação de cinco referências do mercado segurador nacional. Estes experts devem considerar os impactos, desafios e oportunidades decorrentes da recente crise mundial gerada pelo Covid-19.

A presidente da entidade, Andreia Araújo, destaca que “Com os desafios gerados pelo Covid-19, o mundo inteiro está experimentando e aprimorando meios de contornar os danos causados por esta crise mundial. É uma oportunidade de aprender e criar um novo olhar não só sobre os problemas, mas, principalmente, sobre as pessoas. O que mais importa são as pessoas e a VI Jornada de Seguros do CVG RS quer acompanhar de perto o que grandes expertises nacionais tem feito e compartilhado em nosso mercado para priorizar a segurança e a saúde das pessoas, ao mesmo tempo em que criam soluções para garantir a continuidade dos negócios”.

Divulgação
Divulgação

Inscrições e informações: através do e-mail secretaria@cvgrs.com.br.

ANS suspende a comercialização de oito planos de saúde 310

ANS suspende a comercialização de oito planos de saúde

Medida é resultado do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que avalia operadoras a partir de reclamações assistenciais

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulga nesta terça-feira (15) a lista de planos de saúde que terão a venda temporariamente suspensa devido a reclamações relacionadas a cobertura assistencial. A medida faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que acompanha regularmente o desempenho do setor e atua na proteção dos consumidores.

Nesse ciclo, a ANS determinou a suspensão de 8 planos de 5 operadoras devido a reclamações efetuadas no 1º trimestre. A proibição da venda começa a valer no dia 18 de junho de 2021.

Ao todo, 35.080 beneficiários ficam protegidos com a medida, já que esses planos só poderão voltar a ser comercializados para novos clientes se as operadoras apresentarem melhora no resultado no monitoramento.

Além das suspensões, a ANS também divulga a lista de planos que poderão voltar a ser comercializados. Nesse ciclo, 6 planos de 4 operadoras terão a venda liberada pelo Monitoramento da Garantia de Atendimento.

Resultados do Monitoramento da Garantia de Atendimento (1º trimestre)

  • 8 planos com comercialização suspensa
  • 6 planos com a comercialização liberada
  • 35.080 beneficiários protegidos
  • 20.468 Reclamações analisadas no período de 01 de janeiro 2021 a 31 de março de 2021

Operadoras com planos suspensos pela garantia de atendimento

Planos com comercialização suspensa – 1º trimestre 2021
REG. ANS RAZÃO SOCIAL REGISTRO PRODUTO NOME COMERCIAL
317896 UNIMED VERTENTE DO CAPARAÓ – COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA 485570201 NACIONAL ADESAO POS – ENF
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 468492133 EMPRESARIAL PP ESPECIAL
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 470284131 INDIVIDUAL/FAMILIAR REFERÊNCIA – NAC
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 471415146 COLETIVO POR ADESÃO ENFERMARIA
343731 UNIMED-SÃO GONÇALO – NITERÓI – SOC.COOP.SERV.MED E HOSP LTDA 474594159 Unimed Essencial Coparticipativo 30% Executivo (FRG)
343731 UNIMED-SÃO GONÇALO – NITERÓI – SOC.COOP.SERV.MED E HOSP LTDA 451066046 UNIMED PREMIUM I E
402478 ORALCLASS ASSISTENCIA MÉDICA E ODONTOLOGICA LTDA. 479784181 COL. EMP. SALVADOR ENF
415111 BIOVIDA SAÚDE LTDA. 477617178 BV-SÊNIOR/Enf/SP

Planos Suspensos por outros motivos e que foram suspensos pelo monitoramento da garantia de atendimento

 
REG. ANS RAZÃO SOCIAL REGISTRO PRODUTO NOME COMERCIAL
311961 UNIMED DE MANAUS COOP. DO TRABALHO MÉDICO LTDA 303-0 UNIPLAN-PF
317896 UNIMED VERTENTE DO CAPARAÓ – COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA 460603095 AMBULATORIAL+HOSP.SEM OBSTETRÍCIA APARTAMENTO- COLETIVO
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 468424139 Equilíbrio Especial com Obstetrícia Apartamento
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 424506997 Bem-Estar Especial com Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 424640993 Equilíbrio Regional sem Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 424641991 Bem-Estar Especial sem Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 459969091 BEM-ESTAR APTO SEM OBST – CP
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 468422132 Bem-Estar Regional sem Obstetrícia Apartamento
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 424504991 Equilíbrio Regional com Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 468425137 Equilíbrio Especial sem Obstetrícia Apartamento
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 705313994 Bem-Estar Plus sem Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 700001 Alternativo Boleto
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 400649996 Alternativo
343731 UNIMED-SÃO GONÇALO – NITERÓI – SOC.COOP.SERV.MED E HOSP LTDA 705568994 PLUS I – ESTADUAL – COL.ADESÃO
343731 UNIMED-SÃO GONÇALO – NITERÓI – SOC.COOP.SERV.MED E HOSP LTDA 471465142 UNIMED ESSENCIAL PREFERENCIAL(FRG)
415111 BIOVIDA SAÚDE LTDA. 466365129 UNISIS I/F ENFERMARIA

Operadoras com planos que saíram da suspensão pela garantia de atendimento

Planos reativados
REG. ANS RAZÃO SOCIAL REGISTRO PRODUTO NOME COMERCIAL
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 482351196 UNIFACIL ADESÃO IA NACIONAL
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 482352194 UNIFACIL ADESÃO IE NACIONAL
385255 UNIHOSP SAÚDE LTDA 478740174 Executivo 300 Coletivo Empresarial Enfermaria
394734 AMEPLAN ASSISTÊNCIA MÉDICA PLANEJADA LTDA 481480181 ESPECIAL CND
394734 AMEPLAN ASSISTÊNCIA MÉDICA PLANEJADA LTDA 400285997 Plano Especial
402478 ORALCLASS ASSISTENCIA MÉDICA E ODONTOLOGICA LTDA. 484347199 EMP.EXCLUSIVO PERNAMBUCO – ENF

Planos liberados pelo monitoramento da garantia de atendimento mas que continuam suspensos por outros motivos

 
REG. ANS RAZÃO SOCIAL REGISTRO PRODUTO NOME COMERCIAL
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 424639990 Bem-Estar Regional sem Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 424642990 Equilíbrio Especial sem Obst
324213 UNIMED NORTE/NORDESTE-FEDERAÇÃO INTERFEDERATIVA DAS SOCIEDADES COOPERATIVAS DE TRABALHO MÉDICO 468426135 Equilíbrio Regional sem Obstetrícia Apartamento
394734 AMEPLAN ASSISTÊNCIA MÉDICA PLANEJADA LTDA 400279992 Plano Especial
394734 AMEPLAN ASSISTÊNCIA MÉDICA PLANEJADA LTDA 400286995 Plano Master
415111 BIOVIDA SAÚDE LTDA. 466367125 SENIOR I/F ENFERMARIA
415111 BIOVIDA SAÚDE LTDA. 466366127 UNISIS I/F APARTAMENTO
415111 BIOVIDA SAÚDE LTDA. 468568137 UNISIS BIOVIDA CLASSIC ENFERMARIA

Ford Ranger XLS 2.2 é a picape mais valorizada do Brasil 430

Ford Ranger XLS 2.2 é a picape mais valorizada do Brasil

Levantamento feito pela plataforma Mobiauto mostra que modelo da Ford valorizou 80% acima da média do segmento

A Ford Ranger XLS 2.2 Turbodiesel 4×4 automática cabine dupla foi a picape média que mais se valorizou de janeiro de 2020 até maio deste ano, com um ganho de 32,8% na revenda. É o que mostra um levantamento feito pela Mobiauto, plataforma de compra e venda de automóveis, que analisou as cotações de 56 modelos de picapes versão 2020 vendidas no Brasil.

Segundo o estudo, a maioria das picapes médias se valorizou no período, mas com um índice menor, de 18,2% em média. A Ranger XLS 2.2 que figura no topo dessa lista podia ser comprada por R$ 125,3 mil em janeiro de 2020 e hoje é vendida por R$ 166,4 mil.

“As picapes compõem um capítulo à parte em nosso mercado. Além da clientela muito fiel, tanto no campo como nas cidades, elas ainda têm a fama da durabilidade, principalmente quando equipadas com motores a diesel. Na prática, elas não desvalorizam. Ao contrário: você usa por quase um ano e meio e ela passa a valer mais do que antes”, diz Sant Clair Castro Jr., CEO da Mobiauto.

Conhecida pelo excelente custo-benefício, a Ranger XLS é líder de vendas do segmento nas versões intermediárias. Ela é equipada com motor Duratorq 2.2 Turbodiesel com potência de 160 cv e torque de 39,25 kgfm, transmissão automática de seis velocidades, tração 4×4 com reduzida e diferencial traseiro blocante, que inclui entre seus atributos de desempenho a maior capacidade de imersão do segmento, de 800 mm.

Aliado a isso, a Ranger XLS conta também com um bom pacote de conforto e tecnologia. Além de direção elétrica, rodas de liga leve 16”, câmera de ré e tampa traseira com assistente de abertura e fechamento, vem com controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, assistente em frenagem de emergência, controle adaptativo de carga e controle de oscilação de reboque.

E, como toda a linha, traz as funções de conectividade FordPass, que permite o acesso remoto a funções do veículo pelo celular, complementando a central multimídia SYNC 3, com tela de 8” e comados de voz.

“Este é mais um motivo de comemoração para os proprietários da Ranger, que segundo as pesquisas têm mostrado os níveis mais altos de satisfação do segmento e da indústria”, diz Antonio Freitas, gerente de Marketing de Picapes da Ford.

Digitalização do mercado de seguros: caminhos e o cenário pós-pandemia 332

Digitalização do mercado de seguros: caminhos e o cenário pós-pandemia

Confira artigo de Wlamir Marques Sobrinho, Diretor comercial na Globant

Quando uma tendência, tecnologia ou moda transforma um hábito da população, o que os provedores de serviço precisam fazer? Adaptar. Foi assim com a transição da locadora para o streaming e será (provavelmente) também com adoção crescente de energia verde, por exemplo. Mas, agora, e quando não um hábito, mas toda rotina de trabalho e vida pessoal da população muda? Quando esses detalhes do dia a dia de alguém – mobilidade, atividade física, moradia – embasam todo o seu modelo de negócios, esse processo de adaptação, já complicado, ganha novas camadas. Um mundo novo de adaptação é o trabalho de casa do mercado de seguros, desde 2020, quando a Covid-19 colocou a vida de todos de cabeça para baixo. O primeiro passo para passar por isso: abrir um chamado no TI.

Antes de falar sobre como todos os caminhos de adaptação do setor passam pela tecnologia, vejamos como ficou o mercado com a chegada do novo coronavírus. As condições impostas pela pandemia provocaram uma série de transformações no comportamento das pessoas. Trabalho remoto, menor mobilidade (muitas vezes sequer utilizando o próprio automóvel), mais atenção/cuidado com o ambiente domiciliar e crescimento no sedentarismo.

Ação e reação. A partir dessa nova realidade, produtos passaram a ser menos e mais demandados. É o caso, por exemplo, do seguro de automóveis. Pelo fato de as pessoas estarem saindo menos de casa e usando mais aplicativos de carona, o setor registrou aumento de 45% na procura por planos mais enxutos, segundo levantamento de uma empresa de multicálculo. Outro efeito, esse decorrente da crise econômica provocada pela pandemia, é o menor acesso a seguros de saúde e vida, descontinuados graças à redução (ou extinção) de salários e menores benefícios trabalhistas em empresas que ainda tentam se manter de pé.

Mas o que cresceu ou deve ser mais procurado, no cenário durante e pós-pandemia? Uma pesquisa da Salesforce mostrou que mais de 50% dos brasileiros trocariam de emprego, se pudesse trabalhar em modelo de home office. Uma imposição de agora, mas que demonstra ser tendência para o futuro, o trabalho remoto deve influenciar em duas linhas de produto: domiciliar e, com o tempo, adoção mais ampla de planos de saúde. Isso porque, com as pessoas passando mais tempo dentro de casa, é mais provável que seguradoras tenham mais oportunidades de venda de soluções focadas no lar. Já o outro, por conta de medidas restritivas e aumento no sedentarismo, é tendência de alta na procura por planos de saúde.

Os caminhos – e benefícios – da digitalização

Mas o que a tecnologia tem a ver com o momento do mercado de seguros e com o cenário que estaremos no pós-covid? Tudo. Soluções tecnológicas, de Inteligência Artificial a Cloud Computing, por exemplo, já resolveram problemas do consumidor e de empresas do setor bancário, entretenimento, farmacêutico e muitos outros. No setor segurador, a aplicação de tecnologia é essencial em um cenário normal de temperatura e pressão. Agora, em uma pandemia, com diversas restrições e isolamento, é ainda mais imprescindível. Isso porque é por meio da transformação digital que as seguradoras poderão, além de se adaptar ao novo cenário ganhando competitividade e eficiência, resolver alguns dos grandes desafios do setor nos últimos anos.

Entre eles estão a necessidade de se estreitar o relacionamento com os corretores e suas plataformas; a busca por canais alternativos de distribuição de seguros via bancos, varejistas, agências de viagens, cartões de crédito etc; e otimizar processos internos, como portais de autoatendimento, automação do pagamento de sinistros e despesas, melhoria de sistemas para permitir um melhor “product to market”, processos automatizados e integrados com parceiros de negócios.

Esses desafios, relacionados principalmente ao direcionamento correto de soluções, conexão, transparência e uso correto de dados, são gerenciáveis por meio de soluções tecnológicas que a Globant já aplica. Um exemplo é o uso do Smart Watch associado aos seguros de Saúde e Vida, funcionando como um coletor de dados valiosos sobre o estilo de vida do cliente. Já a Telemetria Inteligente, solução normalmente usada por gestores de frotas, é um tipo de tecnologia que deve beneficiar principalmente a venda de seguros de automóveis, com aplicações de cobertura extra para o uso de transporte particular, seja por aplicativo ou táxi, por exemplo. Já os produtos residenciais podem contar com melhores insights graças à Internet das Coisas (IoT), uma das tecnologias que torna possível, hoje, as Smart Houses.

O que todas essas aplicações tecnológicas têm em comum? A coleta de informação valiosa — que deve ser protegida e usada com ética e responsabilidade — sobre os hábitos e necessidades do cliente, seja sobre ele mesmo, sua locomoção (seja por seu carro ou por um serviço de transporte) ou sua casa.. Com uma cultura guiada por dados, é possível usar esse conteúdo para oferecer personalizado ao consumidor, como cobertura e/ou serviços que de fato resolvam os seus problemas. Isso está no DNA da Globant: o cliente no centro. Soluções criadas para demandas reais e focadas nas pessoas.

Sabendo que, antes ou durante a pandemia, quem correu atrás da transformação digital saiu na frente, fica a pergunta: com novas tecnologias e novos hábitos adotados pela população, para onde vai o setor de seguros?

Com a coleta mais refinada de dados e melhores insights, uma das principais tendências é o modelos de negócio As a Service, que vai oferecer soluções/pacotes de acordo com as demandas do consumidor — seja por necessidade financeira, como vimos no início do artigo, ou por melhor customização. O atendimento ágil, efetivo e transparente passa a ser cada vez mais importante na decisão de compra e fidelidade do consumidor. Por isso, as seguradoras precisam se manter conectadas para prover esse serviço de excelência, de forma que se gere um ciclo virtuoso. Experiência bem sucedida, que faz o cliente ficar mais satisfeito e fiel à empresa, que, por consequência, se sente mais inclinado a compartilhar mais dados com a seguradora.

Em resumo: é preciso se digitalizar ou se digitalizar.

BRQ e SAP lançam solução inovadora focada no mercado de seguros 461

BRQ e SAP lançam solução inovadora focada no mercado de seguros

Plataforma facilitará troca digital de informações entre seguradoras de maneira integrada, dinâmica, regulada e auditada

Um dos objetivos da Superintendência de Seguros Privados (Susep) é fomentar iniciativas que garantam a estabilidade do mercado e o cumprimento das regras vigentes por parte das seguradoras. Dessa forma, mantém a proteção ao consumidor e se certifica de que seus direitos sejam assegurados.

Por isso, a BRQ Digital Solutions, empresa líder em tecnologia e transformação digital do país vai desenvolver, em parceria com a SAP, a plataforma Cosseguro – sistema de gerenciamento que acompanha desde a criação da apólice com as seguradoras parceiras até a gestão financeira e sinistros.

“O Cosseguro é uma forma de seguro em que há a divisão do risco entre duas ou mais seguradoras. Até hoje, a gestão das informações era manual e de difícil conciliação. A plataforma Cosseguro traz para o mercado uma oportunidade de redução imediata de risco dos negócios, facilitando auditorias no processo, com uma visão clara do fluxo de caixa”, explica Jorge Sellmer, Chief Tecnology Officer da BRQ Digital Solutions.

Trata-se de uma solução inovadora e colaborativa onde as seguradoras poderão operar e trocar informações entre congêneres de maneira cross dinâmica, regulada e auditada. Além disso, será capaz de integrar com outros sistemas, criando um fluxo contínuo entre os participantes de forma 100% digital e automatizada eliminando planilhas, e-mails e interações paralelas.

“A SAP, presente nas maiores seguradoras do país, sempre ouviu de seus clientes que o processo de Cosseguro envolvia grandes volumes financeiros, mas que trazia riscos e alto esforço operacional por conta de processos manuais. Com o objetivo de suprir essas dificuldades, estamos colaborando com a BRQ no desenvolvimento de uma solução de troca de informações confiável, ágil, escalável e eficiente, capaz de otimizar o mercado de seguros”, afirma Jackson Borges, vice-presidente de Strategic Industries da SAP Brasil.

Auxiliadora Predial anuncia Kzas Krédito como plataforma de crédito imobiliário 436

Auxiliadora Predial anuncia Kzas Krédito como plataforma de crédito imobiliário

Maior imobiliária do Rio Grande do Sul pretende bater R$ 1 bilhão em vendas de 2020 com ajuda da proptech paulista

A obtenção de financiamento imobiliário de forma rápida e fácil sempre foi um desafio para o setor, e, no mercado aquecido dos últimos meses, soluções que otimizem esse processo têm sido cada vez mais pesquisadas pelas imobiliárias. Pensando nisso, a Auxiliadora Predial, maior imobiliária do Rio Grande do Sul, anunciou a Kzas Krédito como sua nova plataforma de crédito imobiliário. Em 2021, a empresa gaúcha pretende superar a marca de R$ 1 bilhão em vendas atingida no ano passado e vê a parceria com a proptech paulista como peça chave para bater essa meta e ampliar o percentual de negócios em que se tem financiamento imobiliário.

Por meio de uma robusta tecnologia, a Kzas Krédito garante a simulação do crédito em todos os principais bancos com agilidade e segurança de dados. A plataforma reduz o tempo consumido atualmente com a parte burocrática desse processo em até 23 dias e entrega rapidamente a melhor taxa de financiamento para o cliente final.

“Estamos muito felizes com a parceria com a Kzas, pois vai melhorar a experiência de compra dos nossos clientes. A partir de agora, seremos capazes de acompanhá-los em toda a jornada de compra, da busca do imóvel até a aquisição através do financiamento imobiliário, dando inclusive a possibilidade de escolher a melhor solução em crédito na hora de fechar o negócio”, afirma Matheus Kurtz, Diretor de Vendas e Franquias da Auxiliadora Predial.

A Kzas Krédito foi fundada por Roberto Nascimento, Eduardo Muszkat e Rodrigo Costa, que acumulam mais de 21 anos de experiência no mercado imobiliário. Com a soma de toda essa expertise e um conhecimento profundo dos principais desafios desse ecossistema, o trio criou uma solução de financiamento pioneira e única no setor.

“A solução da Kzas Krédito chega para empoderar a imobiliária e seus clientes. Nossa plataforma dá ao corretor o conforto de fazer simulações e ter os resultados na palma da sua mão usando o Whatsapp ou Telegram. A comparação de todas as opções disponíveis é enviada para os compradores em questão de segundos, e não mais dias, permitindo que tomem uma decisão bem informada e com agilidade. Além disso, eles podem obter a carta de crédito que melhor o sirva diretamente na plataforma”, explica Roberto Nascimento, fundador da Kzas.

Além disso, com a parceria com a Kzas Krédito, a Auxiliadora Predial conseguirá dar mais transparência à obtenção de crédito imobiliário, pois a startup cuida de todo o processo de aprovação do financiamento. Assim, seus clientes podem acompanhar cada passo da operação, desde a simulação até o registro no cartório.

“Agora ficou muito fácil, tornamos simples um processo altamente burocrático, sem transparência e que exigia muita energia e horas de dedicação dos corretores. E a solução ainda gera valor ao serviço de corretagem prestado para o comprador e vendedor, já que sem o financiamento a transação não aconteceria’’, finaliza Roberto.