Transporte de cargas cresce na pandemia e ramo pode ser explorado por qualquer corretor de seguros 559

Thiago Fecher explica que o ramo destacou-se durante a pandemia pelo aumento das vendas de comércio eletrônico

O portal de conteúdo Seguros Na Prática, uma iniciativa da Educa Seguros, realizou ontem, 04 de março, a primeira live de orientação em 2021, para apresentar aos corretores de seguros as oportunidades e dicas para atuação no ramo de transportes.

Anderson Ojope, diretor de conteúdo do Seguros Na Prática, recebeu Thiago Fecher, corretor de seguros e especialista em Seguros de Transportes de Cargas do portal.

Thiago Fecher explicou que o ramo de transportes foi um dos que mais se destacaram durante a pandemia, pelo aumento das vendas de comércio eletrônico. “A permanência das pessoas em casa aumentou exponencialmente o mercado de logística, sentimos não somente um aumento de movimentação em nossos clientes, mas o crescimento nas cotações de novos clientes no seguro de transportes. A consolidação do comércio eletrônico foi muito benéfica em 2020 e veio para ficar, a perspectiva para os próximos anos é ainda melhor do que foi nos últimos 10 anos de mercado”, garantiu.

Anderson Ojope lembrou que no início da pandemia houve um temor de que houvesse diminuição de consumo e algumas fábricas “pisaram no freio”, mas depois de algumas semanas faltaram insumos, pois as pessoas seguiam movimentando as compras sem sair de casa. “A pandemia teve consequências ruins em diversas áreas, mas especialmente na logística houve essa grata surpresa”.

Thiago ressaltou que as pessoas imaginam transportes de cargas para movimentar bens mais caros, como eletrônicos, porém a maior movimentação é de itens básicos, como alimentos. “As pessoas podem ter deixado de ir em lojas comprar algo mais supérfluo, mas os itens básicos não pararam de circular. O agronegócio, que foi o grande crescimento no país, movimenta muito a logística. A compra online tem incentivado um maior ticket médio, ou seja, a pessoa que compra pela internet acaba gastando mais do que quem está no mercado fisicamente. E isso gira o mercado de logística no Brasil”.

O especialista explicou o que é o seguro de transporte, para ajudar o corretor que ainda não atua neste segmento. “O seguro de transportes garante os prejuízos causados a uma carga. Consideramos carga todo bem movimentado de um ponto a outro. Isso parece básico, mas é a forma como identificamos oportunidades em nossa própria carteira”, disse. “Se você souber de uma empresa que tem uma mercadoria que está indo de um ponto A a um ponto B existem riscos nesta trajetória que podem ser amparados por uma apólice de seguro de transportes”.

Os grandes públicos do seguro de transporte são os embarcadores e os transportadores. “Podemos fazer uma grande divisão, de um lado quem é o dono da carga e busca matéria-prima para produzir, e depois leva mercadoria para distribuir – faz o seguro para embarcador; do outro lado existem os riscos para os transportadores, de gerar um dano para a carga transportada, não é um prejuízo próprio, mas de algo em sua responsabilidade – este é o seguro de responsabilidade”. O seguro pode ser transporte nacional ou seguro de transporte internacional, com importação ou exportação de um bem, com leis especificas de comércio exterior dos países.

Para quem quer começar a atuar no ramo, Thiago Fecher contou que quase todos começam por meio de parcerias com um colega especialista, e aí percebem que é muito interessante e desejam aprender mais. “Corretor, olhe para sua carteira, puxe uma relação de clientes pessoas jurídicas e analise se existem transportadores. Destes, apenas verifique se transportam pessoas ou cargas, sendo a segunda opção já são grandes clientes em potencial, já ofereça seguro para todos, existe um produto de seguro de transporte que é obrigatório. Depois verifique a possibilidade de ter embarcadores: quem fabrica ou vende algum produto, você também deve aproveitar essa oportunidade”.

Para aprender, ele aconselha se habituar a ouvir falar de seguros de transportes. “As lives que fazemos e o material que temos no Seguros Na Prática são muito bons. Depois, estudar as condições gerais das seguradoras do ramo e materiais específicos sobre seguros de transportes. Se você pensar nisso duas ou três vezes no mês já vai começar a entender seguro de transportes e fluir naturalmente na atuação”, orientou.

A live, de uma hora de duração, abordou ainda outros detalhes do funcionamento do seguro de transportes de cargas.

Revista JRS apresenta Raio-X da Saúde no Brasil durante a pandemia 123797

Edição 247 ainda traz outros destaques do mercado segurador

A edição 247 da Revista JRS destaca um panorama geral sobre a saúde no Brasil em tempos de pandemia. Os sistemas público e privado de atendimento sofreram grande pressão com a chegada da segunda onda do novo coronavírus e uma série de ajustes foi promovida para melhor atender e salvar vidas.

O intuito deste levantamento é promover um ponto de inflexão, de modo a observar dados e estatísticas, para poder traçar expectativas e projeções para um futuro próximo. Futuro esse, esperamos, com todos mais seguros e devidamente imunizados.

Além disso, a edição mensal da publicação destaca uma série de avanços tecnológicos e comportamentais do ecossistema de seguros. A Capemisa Seguradora, por exemplo, foi uma das primeiras empresas a anunciar que adotará em definitivo a modalidade de teletrabalho. Você verá também, ao longo das próximas páginas, que não apenas as empresas do segmento têm buscado aprimorar suas operações, como também as entidades representativas. É o caso do Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), que promoveu uma série de novidades no projeto Sincor Digital, um verdadeiro marketplace de soluções e ferramentas que visam dinamizar e auxiliar o profissional da corretagem de seguros a gerir e ampliar sua carteira de clientes.

A ousadia, garra e persistência da Gente Seguradora é ponto de partida para inspirar nossos leitores – que também celebram os 40 anos da Bradesco Vida e previdência e os 15 anos da chegada da Berkley Seguros ao Brasil.

Esta super edição termina com um artigo do Diretor-Presidente da Sabemi Seguradora, Antonio Tulio Lima Severo, que aborda a construção do futuro.

Excelente leitura!

Via Direta Corretora de Seguros promove live comemorativa sobre o futuro do mercado de seguros 309

A Via Direta Corretora de Seguros realiza uma transmissão online, que acontece no dia 13 de maio, às 19 horas, com o tema “As novas tendências do mercado de seguros: Os próximos 25 anos”. O evento conta com a presença do Vice Presidente Comercial e Marketing da Porto Seguro, Rivaldo Leite e da Sócia-Fundadora da Safe2Go, Ana Carolina Mello. A live será transmitida no canal do YouTube da Via Direta.

De acordo com o CEO da Via Direta, Jefferson Floriano, falar sobre o futuro do setor é essencial para compreender as mudanças e se adaptar ao que o novo pode proporcionar. “Durante a live comemorativa, vamos receber o Rivaldo Leite e a Ana Carolina Mello, para falar do futuro e contar um pouco do presente também. As novas tecnologias já estão presentes no cotidiano, não só dos corretores, mas da sociedade de um modo geral e vamos dialogar sobre como os diferentes atores desse setor estão conduzindo essas tendências. Nosso objetivo é compartilhar conhecimento com os participantes. Será uma interação muito positiva, em vários aspectos”, explicou.

Com uma trajetória profissional contabilizando 40 anos de mercado, sendo os últimos 21 como líder na Porto Seguro, Rivaldo Leite atuou como Gerente de Produção, Superintendente, Diretor Regional, Diretor Geral e de Vendas Online e atualmente é o Vice-Presidente Comercial e de Marketing da seguradora. Formado em Marketing Estratégico pela Insper, o executivo é o atual Presidente do Sindseg-SP.

Com 25 anos de experiência no mercado segurador, Ana Carolina Mello atuou em empresas multinacionais, desenvolvendo e gerenciando equipes de alta performance em subscrição, resseguro, desenvolvimento de produtos e transformação digital. Formada em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo, a executiva é Conselheira da Associação das Mulheres do Mercado de Seguros, já trabalhou na Chubb, RSA, Argo e atualmente é Sócia Fundadora da Safe2Go.

Campanha digital da Baeta Assessoria ajuda corretores a criarem expertise na venda de Seguro de Vida 430

Campanha digital da Baeta Assessoria ajuda corretores a criarem expertise na venda de Seguro de Vida

Nova campanha educativa é direcionada para profissionais que trabalham no ramo

A campanha oferece dicas de como aproveitar ao máximo uma reunião de vendas de seguros. O material informativo aponta argumentos e perguntas pertinentes para mudar as perspectivas com relação a apólice de vida, que ajuda famílias, empresas, empregadores, entre outros, a se protegerem contra um acidente, invalidez, doenças graves e até a perda de uma pessoa.

De acordo com a Síntese Mensal da Susep, que compila os principais dados relativos ao desempenho do setor de seguros até dezembro de 2020, o Seguro de Vida cresceu 11,3%. Os dados da FenaPrevi também constatam esse crescimento, sendo vida individual em 26% e vida em grupo, 4%.

“A pandemia ajudou as pessoas a terem mais consciência sobre a finitude da vida, impactando no crescimento desta modalidade, mesmo num momento adverso e de crise econômica-sanitária. É importante, no entanto, lembrar que, mais do que aproveitar as oportunidades, vender seguros é um negócio de relacionamento”, destaca João Arthur Baeta Neves, diretor da Baeta Assessoria, que acrescenta que para ter sucesso é preciso ter espírito de luta:

“Além de se manter constantemente atualizado, o sucesso não vem sem um custo: envolve constante inquietação, networking e rejeição até que a venda seja feita”, sinaliza João Arthur.

A Baeta Assessoria chama atenção para importância de se falar sobre filhos na hora da venda de apólices de seguros de vida para famílias porque ativa, por exemplo, a parte “protetora dos pais” do cérebro que toma decisões com base na segurança da família.

“Todo mundo adora conversar sobre seus filhos e também é uma ótima maneira de criar relacionamento. O que deve levar em conta também é, quanto mais você fala com um prospect sobre os filhos, mais dispara os neurônios no cérebro associados ao cuidado com a família. Os nossos cérebros estão programados para encontrar riscos e fazer todo o necessário para nos impedir de correr esses riscos”, explica o diretor da Baeta Assessoria.

A empresa também destaca a importância de fazer perguntas pertinentes durante a cotação. Para isso, o executivo aconselha a criação de uma lista com perguntas que permita oferecer respostas que ajudem a fechar outra venda posteriormente.

“Uma boa parte do seu esforço como corretor de seguro de vida é trabalhar perspectivas com relação ao que as pessoas pensam, para que possam tomar decisões inteligentes para proteger sua família antes que seja ‘tarde demais’”, finaliza.

E-Book Guia do Novo Corretor

A Baeta Assessoria elaborou um e-book gratuito para auxiliar os corretores de seguros na era digital, o “Guia do Novo Corretor”. No manual, o profissional vai entender melhor a situação atual do mercado de seguros e como encontrar clientes no mundo online e offline.

Rede Saúde Total realiza nova transmissão com especialista em Saúde 383

JRS Notícias

Com objetivo de dar continuidade ao Talk Show sobre saúde e qualidade de vida, a Rede Saúde Total realiza uma live no dia 13 de maio, às 19 horas, com o tema “Complicações que a Covid-19 pode trazer para gestantes”. O evento conta com a apresentação do Fundador da Rede Saúde Total, Paulo Ribeiro, e da Coordenadora do Serviço de Obstetrícia do Hospital Icaraí, Dra. Flavia Vale. Para assistir o Talk Show, é só acessar o @redesaudetotal, no Instagram.

Paulo Ribeiro afirma que o tema possui o foco no cuidado com as gestantes. Atualmente, existe uma grande preocupação não só das mulheres que ficam grávidas nesse período, mas também da família, que acompanha o período de gestação. “Quando mencionamos a Covid-19, sempre existem dúvidas por ser uma doença que atinge crianças, adultos, idosos e não existe exceção nesse aspecto. Durante o período gestacional, o pré-natal é ideal para o acompanhamento do desenvolvimento do bebê e até mesmo para avaliar a saúde da mãe. No período de pandemia, esses cuidados triplicam, por conta do coronavírus ainda estar presente na sociedade, no Brasil e no mundo. Vamos fazer essa live para esclarecer a todos, sobre as peculiaridades da doença em gestantes”, explicou.

Divulgação
Divulgação

Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Ultrassonogragia em Ginecologia e Obstetrícia e Medicina Fetal pela FEBRASGO/AMB, a Dra. Flavia Vale é Coordenadora do Serviço de Obstetrícia do Hospital Icaraí, em parceria com a Perinatal. É mestre em Ultrassonografia Doppler, pela Universidade Federal Fluminense – Uff. É sócia e fundadora da Clinica Plena Ultrassonografia.

AXA no Brasil anuncia Vistoria Remota para o Seguro Residencial 407

Através de uma plataforma acessada pelo celular do cliente, vistoriador conduz a inspeção do bem segurado

A fim de tornar os seus processos ainda mais eficientes, a AXA no Brasil ampliou a vistoria remota para a regulação de sinistros do seguro Residencial. Todo o processo é feito através de um aplicativo e pela câmera do celular do cliente, que transmite imagens ao vivo do bem segurado para o vistoriador especializado. A expectativa é oferecer uma experiência ainda mais ágil aos clientes com o processo realizado totalmente por meios digitais, inclusive na comunicação entre reguladores, clientes e seguradora.

Arthur Mitke é Diretor de Sinistros na AXA no Brasil / Divulgação
Arthur Mitke é Diretor de Sinistros na AXA no Brasil / Divulgação

“Temos visto um interesse maior pelo seguro residencial. Em um momento em que a maioria das pessoas está passando mais tempo em suas casas, o risco é mais evidente e, por sabermos que a regulação de sinistro é um momento delicado, entendemos que esse modelo também poderia ser ampliado para outros produtos além do Condomínio. Com isso, o cliente tem mais agilidade nos processos para a resolução de seu problema e o corretor, mais um argumento de venda”, comenta Arthur Mitke, Diretor de Sinistros na AXA no Brasil.

O processo é muito simples e intuitivo. Após a abertura do sinistro o segurado receberá via SMS um link para acessar a plataforma da vistoria remota. A condução da inspeção é de responsabilidade do vistoriador que, junto ao celular do cliente, terá acesso às imagens em tempo real para que possa registrar o sinistro. Assim que finalizado, uma ata é enviada para todas as partes.