Seguros de Responsabilidade Civil mais próximos das empresas 444

Robert Hufnagel é especialista em seguros de Responsabilidade Civil, diretor da Casualty Assessoria e Consultoria de Seguros e associado da Alper Consultoria em Seguros / Divulgação

Confira artigo de Robert Hufnagel, especialista em seguros de Responsabilidade Civil, diretor da Casualty Assessoria e Consultoria de Seguros e associado da Alper Consultoria em Seguros

A Susep colocou em consulta pública para revisão e sugestões do mercado até o dia 14 de abril uma proposta de circular que revisa e consolida as regras aplicáveis aos seguros de Responsabilidade Civil. A minuta da circular em consulta pública adequa os seguros de RC aos avanços da norma geral de seguros de danos (Circular nº 621), simplificando as regras do segmento. Seguindo a proposta da autarquia de simplificação e flexibilização de contratos de seguros de diversos ramos, o normativo estabelece o fim dos planos padronizados de seguros de RC, o que favorece a competição e viabiliza a oferta de produtos mais adequados às necessidades dos segurados.

Outra inovação proposta pela circular é a possibilidade de produtos sem limites predefinidos por cobertura, permitindo-se a utilização de todo o valor contratado para diferentes coberturas ou garantias conforme a necessidade do segurado. Além disso, a norma autoriza que as seguradoras paguem indenizações impostas por decisões administrativas do Poder Público.

A mudança consolida cinco normativos, simplifica definições, acaba com o plano padronizado de RC Geral e dá liberdade ao mercado para estruturação de produtos. Também garante o fim da exigência do “trânsito em julgado”, torna possível cobertura para decisões administrativas, amplia contratação para a base ocorrência, possibilita pagamento direto pela seguradora, oferece possibilidade de livre escolha ou de profissionais referenciados, acaba com a obrigação de vigência mínima, prevê prazo adicional sem as especificidades dos prazos complementar e suplementar, e dá liberdade de definição de data de retroatividade.

Também define a abrangência de cada ramo do grupo:

  • RC D&O – cargos de direção ou administração em empresas
  • RC Profissional – profissionais liberais, não cobertos pelo seguro de RC D&O
  • RC Riscos Ambientais – danos ambientais
  • RC Riscos Cibernéticos – atividades digitais, de tecnologia da informação
  • RC Geral – que não se enquadrem nos demais ramos

A circular em análise deve ser aprovada, pois esta modernização está sendo vista com bons olhos por todo o mercado, já que facilita o trabalho de seguradores, resseguradores, corretores e consultores, e abre mais possibilidades de negócios, tornando os seguros de RC mais próximos das pessoas e empresas.

Há muito se falava que o órgão regulador atravancava o desenvolvimento e os processos do mercado, mas agora esse movimento de simplificação vem para facilitar o nosso fluxo de negócio e de comercialização, nos dando até a possibilidade de trabalharmos com mais coberturas.

Quem quiser contribuir com sugestões e revisões, a consulta pública ficará aberta até o dia 14 de abril e pode ser acessada neste endereço.

Após autorização da Susep, 88i almeja liderança em seguros digitais 464

88i recebe autorização para atuar no ambiente Sandbox

Empresa obteve outorga para operar no ambiente Sandbox

A 88i Seguradora Digital primeira seguradora 100% digital do país voltada para plataformas digitais (distribuição D2D – digital to digital) – anunciou nesta segunda feira (05) que obteve autorização da Superintendência de Seguros Privados (Susep) para atuar, por até três anos, dentro do ambiente Sandbox – modelo com menor custo regulatório e maior flexibilidade para inovações – por meio da portaria 7784

A 88i Seguradora Digital vai operar junto a empresas do segmento de e-commerce, mobilidade, delivery e fintechs na comercialização de soluções configuradas em três ecossistemas de proteção: (1) Vida Digital (celular, tablet, lap top e demais eletrônicos); (2) Vida, Saúde & Bem-Estar (acidentes pessoais e telemedicina); e; (3) Proteção Financeira (impedimento ao trabalho e entregas protegidas).

Saiba mais: 88i recebe autorização para atuar no ambiente Sandbox

A seguradora digital inicia sua operação consolidando alianças estratégicas com grandes players do segmento digital – entre elas, Pic Pay, Vá de Taxi , U4Crypto e Bitfy, possibilitando que as soluções de proteção desenhados para o consumidor final sejam integradas, em até quatro semanas, às plataformas das parceiras. A base dos negócios são tecnologias de ponta de inteligência artificial, dentro da arquitetura e do que existe de mais moderno da Amazon Web Services, e processos inovadores exclusivos da 88i.

O modelo de negócios se apoia no tripé “Simples, Intuitivo e Digital”, orientações que definem as soluções de proteção disponibilizadas nos ecossistemas das empresas: planos intermitentes (liga-desliga), proteção em tempo real, sem carência e a preços competitivos, com um mínimo de exclusões, permitindo que as pessoas tenham custos de cobertura ajustadas às suas necessidades e possibilidades financeiras. A empresa quer replicar no Brasil experiências de sucesso observadas em outros mercados, onde 90% dos clientes passaram a consumir seguros pela primeira vez em função do acesso digital fornecido por seguradoras digitais, como Lemonade (EUA) e ZhongAn (China).

Transformação

Fundada em 2018 pelo economista Rodrigo Ventura como empresa de tecnologia de seguros, a 88i decidiu virar a chave do negócio para os ecossistemas digitais de proteção no ano passado para tornar-se a primeira e única seguradora 100% digital do país, com soluções direcionadas ao B2B2C. Aportes da Domo Investidora e de anjos investidores especializados no mercado digital, possibilitaram avançar nas novas tecnologias e processos inovadores para o mercado digital. “Com nossas soluções vamos apoiar o crescimento destes ecossistemas, assim como a fidelização dos clientes. E mais. Vamos abrir as portas do mercado de seguros para todas as pessoas”, comenta Ventura.

Este ano, Ventura trouxe para a 88i um dos executivos mais renomados de seguros do mundo. Fernando Moreira, que atuou em 35 mercados distintos em processos disruptivos – presidente da HSBC Seguros, CEO Cigna CMC e PingAng ( ambas na China) e Head Global de Seguros da Scotiabank (Canadá) – , assumirá como CEO da 88i Seguros Digitais com a missão de maximizar valor para os clientes e transformar a startup do Sandbox da Susep em líder de mercado de seguros digitais nos próximos cinco anos. Em 2021, a seguradora espera comercializar 50 mil apólices e chegar a R$ 7 milhões em prêmios. Em 2022, mira multiplicar por dez o resultado projetado.

O potencial é grande, segundo o executivo, considerando o tamanho do mercado, estimado em dois mil ecossistemas digitais, entre aplicativos de fintechs, plataformas de e-commerce e empresas ligadas à mobilidade e delivery, e por onde circulam em torno de 120 milhões de pessoas. “O mercado brasileiro atua majoritariamente em meios tradicionais e, por isso, ainda não se mostra atraente para o consumidor digital. A 88i Seguradora Digital é a antítese das seguradoras tradicionais. Com nossas soluções, a proteção estará disponível a um ‘clique’. Estamos dando o primeiro passo para uma transformação completa deste mercado, começando com soluções simples, intuitivas e digitais”, conclui Moreira.

“Sou segura”: mulher que acredita e desenvolve seu potencial tem destaque no setor de seguros 312

Stephanie Zalcman é Chief Placement Officer (CPO) da Wiz Soluções em Seguros e embaixadora da AMMS / Divulgação

Confira artigo de Stephanie Zalcman, Chief Placement Officer (CPO) da Wiz Soluções em Seguros e embaixadora da AMMS

A diversidade tem ganhado espaço em empresas de todos os setores e, felizmente, também no mercado de seguros, que há muito era tido como masculino. Mulheres e homens pensam diferente e isso traz uma combinação fundamental para atingir alta performance nas equipes.

As mulheres têm uma forma especial de lidar com as emoções das pessoas, por isso vocação natural para o mercado que trata da proteção, mas talvez por perfeccionismo ou carga histórica muitas vezes não se sentem capazes de exercer o mesmo cargo que homens. Mesmo estatisticamente sendo mais estudiosas e capacitadas, muitas ainda não se colocam como deveriam. Enquanto a mulher precisa se sentir capacitada para exercer suas funções, a natureza masculina impulsiona o homem naturalmente ao desconhecido, e portanto, estão sempre prontos a assumir posições de decisão com muito mais facilidade.

A Associação da Mulheres do Mercado de Seguros (AMMS), da qual sou embaixadora, apresentou em emocionante evento online na noite de ontem sua nova identidade visual e o mote “Sou Segura”, que se une ao slogan “Rumo ao equal”. A associação tratar justamente de desenvolver a equidade de gêneros no setor, preparar mais mulheres para os cargos de liderança, dando oportunidades para que elas façam mais networking, se preparem e se sintam mais seguras para assumir posições mais altas e também motivar as empresas a se engajarem nesse projeto para que tenhamos mais diversidade nas companhias, especialmente na alta gestão, melhorando o clima organizacional, motivando outras mulheres que estão em cargos menores e consequentemente trazendo maior rentabilidade para suas companhias.

Divulgação
Divulgação

De acordo com a Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), em 2000 as mulheres representavam 49% de profissionais do setor e hoje são aproximadamente 59%, mas embora a maioria dos profissionais de seguros seja de mulheres a participação delas em cargos de liderança ainda é limitada. Há uma maior participação de profissionais femininas em seguros de benefícios e de pessoas e mais masculinos nos ramos elementares, transportes e seguros financeiros.

Existem muitas profissionais preparadas para atingir os níveis de diretoria (C-level) nas empresas do setor. Elas precisam apenas ter mais confiança e estar dispostas a galgar tais posições, acreditar mais no seu potencial e ter menos autocobrança.

Mas o mercado está mudando, o empoderamento feminino tem trazido impacto incrível. Cada vez mais vemos mulheres confiantes e seguras, se desenvolvendo amplamente. É incrível olhar para trás e ter presenciado essa transição cultural.

Hoje sabemos que a igualdade vem da competência e do preparo. Excelentes profissionais sempre terão posição de destaque em nosso mercado, independentemente do gênero.

Aprendi em minha trajetória a ser forte e determinada, a investir em mim buscando ser a melhor especialista e assim competir em igualdade, sem medo de me aventurar no novo. Estamos caminhando para um mercado justo, equânime e acolhedor, onde diversidade é sinônimo de prosperidade.

Associação das Mulheres do Mercado de Seguros lança nova marca 535

Associação das Mulheres do Mercado de Seguros lança nova marca

Anúncio foi realizado em evento virtual

A Associação das Mulheres do Mercado de Seguros (AMMS) anunciou, em evento virtual, o lançamento de uma nova identidade visual. A transmissão foi realizada nesta quinta-feira, 8 de abril, e tem o intuito de representar uma nova era para todas as associadas e mulheres do mercado de seguros. “Estamos chegando a outro patamar, em busca da transformação e do empoderamento das mulheres, em uma trajetória de ressignificância”, destacou a presidente da Associação, Simone Vizani.

O momento contou com apresentação da cantora Édria Tungavidya e participação de diretoras da instituição. A vice-presidente, Camila Davoglio, destacou o momento de amadurecimento da entidade e a jornada resultante de uma “emersão profunda”, em um longo caminho. “Foram vários encontros, por mais de um ano. Realizamos estudos, reflexões e releituras. Observamos o mercado e as necessidades das mulheres do setor. Mapeamos o nosso DNA para fortalecer a voz do nosso gênero. O desafio cresceu a cada etapa, pois percebemos que era preciso mudar a identidade. O resultado, esperamos, será um grande engajamento pela equidade de gênero, que é a causa maior da nossa marca”, frisou.

No final do evento, foram apresentados os depoimentos de diretoras e conselheiras da AMMS, que enfatizaram a relevância do projeto: Margo Black (primeira presidente da AMMS), Márcia Ribeiro, Mariana Valdiero, Liliana Caldeira, Margareth Carvalho, Ana Carolina Mello, Guadalupe Nascimento, Paula Lopes, Patricia Marzullo, Carolina Vieira, Daniela Tseimatzidis, Priscila Costa Russo, Carolina Fortunato e Simone Ramos.

*Com informações de Jorge Clapp.

Sompo lança campanha com até 200% de agenciamento para corretores em Vida Individual 582

Edglei Monteiro é diretor Comercial de Saúde e Vida e Diana Aparecida de Araújo é superintendente Técnica de Vida da Sompo Seguros / Divulgação

Apólices dos seguros Sompo Vida Individual ou Sompo Vida Top Mulher transmitidas até 16 de abril podem render, além da comissão, pagamento dobrado do valor do agenciamento

A Sompo Seguros S.A., empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo, acaba de lançar a Campanha Agenciamento em Dobro, voltada aos produtos do ramo Vida Individual da companhia. Por meio da iniciativa, o corretor de seguros tem a oportunidade de receber até 200% de agenciamento na comercialização de propostas de Seguro Sompo Vida Individual ou Sompo Vida Top Mulher transmitidas até 16 de abril de 2021.

Por meio da iniciativa, o corretor inclui o agenciamento da proposta e, após o pagamento da primeira parcela, recebe o valor da comissão somado do agenciamento em dobro. “Essa é uma boa chance de incrementar a rentabilidade da carteira. O corretor pode aproveitar para dar início a uma estratégia de cross selling ao ofertar os produtos para clientes novos ou que já contratam produtos de ramos como Automóvel ou Residencial, por exemplo”, destaca Edglei Monteiro, diretor Comercial de Saúde e Vida da Sompo Seguros. “Além do aumento na demanda por seguro de Vida Individual nos anos recentes, a Sompo incrementou as coberturas com benefícios muito valorizados pelos segurados. Essa pode ser não só uma oportunidade de fazer mais negócios, mas de também de ressaltar a importância do seguro de vida para os clientes”, complementa o executivo.

Um desses benefícios é que, desde 1 de março de 2021, a Sompo Seguros suspendeu a carência para coberturas de sinistros relacionados ao novo coronavírus (SARS-CoV-2), causador da Covid-19 para os clientes de Seguro de Vida. A companhia já havia determinado em abril de 2020 a plena cobertura no caso de Morte, Assistência Funeral e Diárias de Internação Hospitalar relacionados a casos de Covid-19 para apólices vigentes do ramo Vida.

Outra novidade foi que, recentemente, a companhia dobrou as opções de cobertura adicional de Doenças Graves para os produtos Vida Individual, além de reduzir pela metade o tempo de carência dessas coberturas nos planos disponíveis. A companhia já disponibilizava dois planos que contemplavam até dez tipos de doenças graves e que observavam uma carência de 180 dias. Desde fevereiro de 2021, o segurado conta com quatro modalidades de planos, que abrangem até 20 diferentes tipos de patologias e podem ser contratados conforme a necessidade e perfil do segurado. Além disso, todos os planos têm apenas 90 dias de carência. Conforme o plano contratado, as coberturas podem incluir doenças como Acidente Vascular Cerebral Agudo, Transplantes de Órgãos, Câncer e Melanoma, diferentes doenças do coração, Alzheimer, Esclerose Múltipla, Doença de Parkinson, Paralisia de Membros, Diagnóstico de Surdez, Perda Total da Fala, Diagnóstico de cegueira, entre outras.

“A Sompo Seguros está atenta ao panorama atual do mercado. Desenvolvemos iniciativas para fomentar negócios para os parceiros corretores de seguros ao mesmo tempo em que atendemos à uma crescente demanda do segurado em relação às coberturas relacionadas às suas principais preocupações pessoais. Com isso, reforçamos o posicionamento estratégico do segmento de Seguro de Vida Individual como um ramo com um papel imprescindível junto à sociedade”, ressalta Diana Aparecida de Araújo, superintendente Técnica de Vida da Sompo Seguros.

Seguros de Vida Individual

A Sompo Seguros disponibiliza dois produtos no ramo Vida Individual, que trazem uma série de coberturas e serviços de assistência para atender aos diferentes perfis de clientes. São eles:

Sompo Vida Individual

O Sompo Vida Individual é um seguro voltado a indenizar o segurado ou seus beneficiários a fim de garantir proteção financeira e contribuir com o bem-estar e qualidade de vida das pessoas. Vale destacar que o produto inclui coberturas que garantem indenização ao segurado em vida. Entre as principais coberturas do produto estão, Morte (do segurado, cônjuge ou filhos); indenização adicional por Morte Acidental; Doenças Graves; Invalidez permanente total ou parcial por acidente; Despesas médicas, hospitalares e odontológicas (DMHO); entre outras. Entre os serviços de Assistência 24 Horas que podem ser contratados estão Assistência Funeral, Assistência Cesta Básica, Assistência a Vítima de Crime, Segunda Opinião Médica, Assistência Residencial, entre outros.

Sompo Vida Top Mulher

O Sompo Vida Top Mulher é um seguro de Vida Individual que traz coberturas exclusivas, bem como um leque de serviços de assistência disponibilizados exclusivamente para esse público. Além das coberturas básicas de seguro Vida, como as que garantem proteção financeira em caso de morte ou acidente; o Sompo Vida Top Mulher também conta com extensão da cobertura de doenças graves, como acidente vascular cerebral agudo, câncer, infarto, transplante de órgãos, paralisia total e irreversível ou perda total de audição, fala ou visão, por exemplo. A segurada também conta com opções de Assistências como a Assistência a Filhos (pacote de serviços que objetivam minimizar o impacto de imprevistos que impossibilitem os pais de cuidarem dos filhos), Personal Fitness (orientação sobre atividades físicas e como adequá-las à rotina do dia-a-dia), Motorista Substituto (disponibilização de um reboque para o transporte do veículo e táxi para os seus ocupantes, para continuação da viagem, caso a segurada encontre-se impossibilitada de dirigir), Help Desk (assistência remoto ou por telefone para produtos tecnológicos como computadores, notebooks, smartphones e tablets), Descarte Ecológico (destino ecologicamente correto a produtos que atingem o fim de sua vida útil), entre outros.

Campanha Agenciamento em Dobro Sompo Seguros / Divulgação
Campanha Agenciamento em Dobro Sompo Seguros / Divulgação

Em transmissão ao vivo, CCS-RJ apresenta nova operação do Sicoob CoopVale 591

Cooperativa bancária é uma opção rentável de banco não só para corretores, mas para todas as pessoas físicas e jurídicas de todo Brasil

O Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (CCS-RJ) promoveu na quarta-feira (07/04) uma live sobre a cooperativa bancária Sicoob CoopVale, que incorporou em fevereiro o Credicor-RJ. A instituição financeira ampliou sua rede de atendimento, possibilitando a adesão de pessoas físicas e jurídicas de todo o Brasil, com facilidades de crédito, financiamentos e rentabilidade.

Em transmissão ao vivo, CCS-RJ apresenta nova operação do Sicoob CoopVale / Divulgação
Em transmissão ao vivo, CCS-RJ apresenta nova operação do Sicoob CoopVale / Divulgação

“Esta live representa um marco de inovação do Clube. É um grande privilégio promover esse debate enriquecedor para toda a categoria sobre a cooperativa bancária, de grande excelência profissional”, apontou Luiz Mário Rutowitsch, presidente do CCS-RJ.

De acordo com Angelo Galatoli, diretor-presidente do Sicoob CoopVale, a cooperativa é sólida, tem nível alto de fiscalização e é sempre bem auditada. “Estamos associando corretores de outros estados. Quanto maior a cooperativa melhor para os associados. A cooperativa é dos associados. Trabalhamos com boas taxas, pensando num resultado positivo. Sempre buscamos aumentar a receita para melhorar a eficiência, atendendo um maior número de associados”, pontuou Galatoli.

Ele explicou que os funcionários do Credicor-RJ foram mantidos. “Foi a melhor solução, agora somos um time só. A primeira semana de fusão foi de muito trabalho para que todos os serviços se mantivessem ativos. Qualquer perda advinda da incorporação será reparada pelas futuras sobras do fundo. Sempre pensando no resultado positivo da cooperativa. E já melhoramos a eficiência”, explicou Galatoli, fazendo um apelo aos corretores:

“Acreditem na cooperativa! Não se desliguem da cooperativa. Temos metas arrojadas, mas factíveis. Estamos trabalhando intensamente para aumentar os números de associados, pessoas físicas e jurídicas, em todo o Brasil.”

Vantagens – Entre as facilidades da instituição financeira estão o acesso rápido e facilitado ao crédito consciente, e taxas de juros mais baixas do que o usual de mercado. Seus canais digitais são de referência, permitindo qualquer operação bancária, até mesmo para financiamento. “Com exceção do saque, todas as operações podem ser feitas de forma virtual, o que facilita no dia a dia, principalmente neste momento de pandemia”, comentou Galatoli.

Uma ação promocional da Cooperativa para atrair novos correntistas associados é a taxa de financiamento de imóveis que está a 4,2% até o final de abril, a mais baixa do mercado. O banco hoje tem consórcios (móveis, automóveis, motos…), seguradora, previdência, etc. “Temos os mesmos produtos de todos os bancos com juros mais atrativos. E mais, a sobra ao final do ano, ou seja, o lucro é do associado, diferentemente do correntista”, pontuou o diretor-presidente do Sicoob Coopvale.

Para Dayse Magesti, diretora secretária do CCS-RJ, “a live foi uma boa oportunidade de transparência, união e aproximação com os corretores, além de divulgar as atividades do banco para possíveis novos associados”. E Marco Aurélio Marques, diretor tesoureiro do Clube, reiterou que o evento foi esclarecedor:

“Colocações muito importantes e esclarecedoras, de bastante credibilidade do novo perfil e desenho”, disse Marques, que anunciou que o Clube vai estudar a possibilidade de associar-se ao Sicoob Coopvale.

Também participaram do evento Hélio Souza, representante comercial do Sicoob Coopvale, que esclareceu as dúvidas dos participantes durante a transmissão ao vivo, e Amilcar Vianna, associado do CCS-RJ, que ajudou no debate. Segundo ele, “o Clube dará todo apoio para que a nova cooperativa tenha sucesso”.

A reunião contou com a presença de Evaldir Barboza de Paula, presidente do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo.