Edição 251 da Revista JRS celebra 84 anos de história e visão de futuro da Aspecir Previdência 51489

Confira publicação mensal na íntegra com os principais acontecimentos do mercado nas últimas semanas

Inovar e, ao mesmo tempo, manter raízes e o DNA das organizações são os grandes desafios no mundo corporativo nos tempos atuais. Por isso, sempre faz-se necessário enfatizar quem bem cumpre essa missão – caso da Aspecir Previdência, que completou 84 anos de atuação em prol da sociedade no último mês. A empresa ilustra a capa da edição 251 da Revista JRS, que reúne ainda os principais acontecimentos do mercado segurador nas últimas semanas.

Em especial, cabe destacar a relação da Aspecir Previdência com o desenvolvimento histórico do Brasil – que passou por diversos regimes políticos e até mesmo modelos sociais durante este período. Com uma equipe aguerrida e disposta a prover o que há de melhor aos beneficiários, o time comandado por Milton e Júlio Machado mostra-se como referência para absolutamente todos os operadores do ecossistema segurador.

Ainda nesta edição você confere os esforços da KOVR Seguradora para transformar o modelo de negócios e a relação entre companhias, corretores e segurados. Tem ainda o ingresso da Fundação Getúlio Vargas como novo agente para habilitação dos profissionais da corretagem, além do lançamento de uma solução inovadora em saúde proposta pelo Grupo Caburé Seguros, o Dr. Anjo.

Você também acompanha nas próximas páginas o lançamento das novas instalações da Sucursal da MAPFRE Seguros, em Santa Cruz do Sul (RS), e também da nova campanha de incentivo da SulAmérica Seguros – que vai levar os parceiros de negócios com destaque em produção para Barcelona, na Espanha.

Confira essas e outras histórias ao longo das páginas da edição 251 da Revista JRS!

Previsul apresenta soluções para facilitar a vida dos 6,5 mil corretores de seguros parceiros 5683

Renato Pedroso é CEO da Previsul / Foto: William Anthony/Arquivo JRS

Seguradora celebra 115 anos de atuação e mês dos profissionais da corretagem com novo fase de campanha

De acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep) existem mais de 62 mil corretores cadastrados no Brasil. São mais de 62 mil famílias brasileiras que de alguma forma estão envolvidas em garantir mais qualidade de vida e bem-estar a toda uma população. E no mês em que comemoramos o Dia do Corretor de Seguros, mais do que celebrar a data, a Previsul reforça a importância de valorizar esses profissionais todos os dias e lança uma nova fase da campanha que celebra os 115 anos da seguradora, uma referência em multirriscos no país.

“Tá na nossa parceria, Tá na Previsul” apresenta as soluções que a companhia oferece para facilitar o trabalho dos seus 6.500 corretores. “Essa é uma data muito importante para nós, afinal, ela celebra esses profissionais que são determinados e dedicados a efetivamente fazer a diferença no mercado brasileiro de seguros. Por isso, nos preocupamos em oferecer as ferramentas ideais para que nossos corretores possam ir além e se sentirem valorizados não só neste dia, mas todos os dias”, garante o CEO da Previsul, Renato Pedroso.

“E se os corretores forem mais valorizados?”, “E se a venda for onde o cliente estiver?”, “E se o sinistro for mais simples?” são algumas das situações trazidas pela campanha para abordar de forma prática os diferenciais da seguradora. A começar pela Diversidade de Produtos: entre seguros pessoais e empresariais, são mais de 15 opções de seguros e 60 tipos de coberturas da Previsul que atendem diferentes necessidades das famílias e empresas brasileiras.

Além disso, os corretores da seguradora também contam com diferentes Canais de Cobrança e soluções digitais que agilizam o trabalho, como o Sinistro Digital e o Link Venda Fácil. “Por meio de um link específico, criado pelo próprio corretor através do Cota+, é possível dar autonomia ao cliente para fechar a venda na ponta. Já com o nosso Sinistro Digital, corretores, estipulantes e segurados conseguem fazer abertura e acompanhamento do sinistro em um processo 100% online e muito mais simples”, conta Pedroso.

“Tá Seguro, Tá Previsul”

Em agosto, a Previsul completou 115 anos de atuação. Para comemorar, a seguradora lançou uma campanha de aculturação do seguro, intitulada “Tá Seguro, Tá Previsul”, a fim de mostrar que as coberturas securitárias estão mais presentes no dia a dia do que imaginamos.

Presidentes da FenaPrevi e FenaSaúde são homenageados pelo CSP-MG 537

Presidentes da FenaPrevi e FenaSaúde são homenageados pelo CSP-MG / Divulgação

Ambos encerram a gestão à frente das instituições no início de janeiro

Dois importantes líderes do mercado segurador nacional foram homenageados recentemente pelo Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG). Jorge Pohlmann Nasser, presidente da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), e João Alceu Amoroso Lima, presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), receberam troféus “pelos relevantes serviços prestados, com competência e dedicação, em favor do desenvolvimento do mercado de seguros”. Ambos encerram a gestão à frente das instituições no início de janeiro.

Os executivos prestigiaram ativamente dois dos maiores eventos organizados pelo Clube, envolvendo o mercado mineiro. Trata-se do Encontro do CSP-MG, hoje em sua oitava edição, e o Seminário sobre Saúde Suplementar, na sexta edição.

Jorge Nasser e João Alceu estiveram presencialmente em Belo Horizonte, em 2019. Os executivos palestraram para um público de 250 pessoas que compareceram em cada um dos encontros. Em 2020 e 2021, em virtude da pandemia da Covid-19, os eventos migraram para o meio remoto, mesmo assim os presidentes da FenaPrevi e da FenaSaúde fizeram questão de participar. Houve bastante interação com o público de várias partes do Brasil e até de outros países.

“Os executivos contribuíram de maneira significativa para o crescimento dos setores de Vida, Saúde e Previdência Privada, enquanto dirigentes das entidades. Ressalto também o importante apoio ao CSP-MG”, destaca o presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello.

“Nos eventos liderados pelo Nasser e João Alceu, ambos fizeram uma síntese do cenário de cada setor e indicaram as tendências, dando uma visão ampla e privilegiada aos participantes”, salienta o diretor do CSP-MG, Maurício Tadeu Barros Morais, que atuou como mediador nos seis encontros.

“Só temos a agradecer a generosidade de ambos e o carinho com o qual compartilharam seu vasto conhecimento conosco. A homenagem que o CSP-MG presta é um reconhecimento por tudo que eles têm feito e continuarão a fazer pelos setores que representam. Nasser e João Alceu saem da presidência das federações deixando um legado de grandes realizações ao mercado”, finaliza o presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello.

Clic Regulação facilita processos das seguradoras na regulação de sinistros 539

Clic Regulação facilita processos das seguradoras na regulação de sinistros / Foto: Negative Space / Unsplash Images

Sistema foi desenvolvido pela ExperMed e é voltado para processos que envolvem perícias médicas

Impulsionada pelo cenário imposto pela nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a ExperMed desenvolveu o Clic Regulação, um sistema pensado para atender às necessidades das seguradoras em processos de regulação de sinistros que envolvem perícias médicas. “A ferramenta concentra todos os players envolvidos no processo em um ambiente único e seguro, possibilitando às companhias o controle total da operação, oferecendo transparência, mas sem deixar de lado os cuidados com a proteção e privacidade dos dados”, destaca a CEO da ExperMed, Nadine Della Giustina.

Inovadora, a divisão do processo de regulação de sinistro em status possibilita aos gestores acompanhar em tempo real todas as suas etapas. “Através dos gráficos e informações que constam no Dashboard, eles podem, ainda, visualizar a operação como um todo, bem como, de modo individualizado, acompanhar a carteira de sinistros de cada analista da sua equipe”, explica. “Da mesma maneira, cada analista da seguradora terá à disposição o seu Dashboard individualizado contendo todas as informações da carteira de sinistros sob a sua responsabilidade”, acrescenta.

Painel de visualização geral do Clic Regulação, da ExperMed / Divulgação
Painel de visualização geral do Clic Regulação, da ExperMed / Divulgação

Além do Dashboard exclusivo que entre outros dados ainda permite que a seguradora tenha um controle geográfico da sua carteira de sinistros, o Clic Regulação possui uma plataforma de troca de mensagens que elimina procedimentos e fluxos, como o envio desordenado de e-mails, que postergam a conclusão do processo. Confira, abaixo, as vantagens completas de utilizar o Clic Regulação:

  • Cadastro simples: permite o preenchimento de dados básicos referentes ao sinistro e ao segurado/periciado, assim como a anexação dos documentos que envolvem o sinistro;
  • Proteção de dados e privacidade: com base na Lei nº 13.709/2018, o gestor terá acesso a informações de sinistros, perícias e periciados, cabendo ao analista somente o acesso à carteira de sinistros que está sob sua responsabilidade;
  • Tempo real: todos os colaboradores (players) envolvidos conseguem visualizar, em tempo real, todas as etapas do processo, em um sistema único, online e de fácil manuseio;
  • Dashboard estratégico: permite visualizar a carteira de sinistros, bem como a classificação por tipo de perícia – presencial (em consultório ou domiciliar), teleperícia, documental, documental com especialista e junta médica;
  • Infográficos: permite registrar, por meio de gráficos e tabelas, a evolução das perícias ao longo do (s) ano (s) e por mês, além de informações sobre cada uma delas, por tipo;
  • Controle das coberturas: permite que o gestor da seguradora tenha esteja sempre atualizado sobre as coberturas com maior sinistralidade;
  • Laudos padronizados: permite que os médicos-examinadores sigam procedimentos padrões para o preenchimento da documentação pericial;
  • Status e alertas: o gestor e os analistas (nos sinistros sob sua responsabilidade) são informados, via sistema, de todas as etapas operacionais;
  • Agenda digital: permite que os colaboradores envolvidos (gestores, analistas e médicos) possam receber alertas sobre a evolução/status das perícias, assegurando a marcação de perícias, assim como o controle dos prazos de uma ponta a outra;
  • Exame físico por avatar: os médicos-examinadores têm à disposição um avatar humano para registrar detalhes do exame físico do periciado;
  • Comunicação dinâmica: na aba ‘Mensagens’, os colaboradores podem enviar e receber avisos;
  • Controle financeiro: permite que a seguradora analise custos a partir da relação entre o capital segurado e a indenização paga. A seguradora, inclusive, terá acesso ao controle do risco assumido (indica o limite máximo de cobertura, o valor gasto em cada tipo de perícia, tipos de indenização mais frequentes etc.), o que, consequentemente, gera economia para a empresa;
  • Tabela Susep: permite a consulta do gestor da seguradora à tabela Susep, com dados para cálculos de indenizações que regulam o mercado segurador;
  • Agilidade na conclusão: permite que todo o processo – desde o cadastro até a entrega da documentação para a seguradora – seja eficaz e finalizado em poucos dias;
  • Todos esses diferenciais do Clic Regulação contribuem para uma gestão estratégica de qualidade, assertividade indenizatória e eficiência operacional, refletindo também na redução dos custos e processos por parte das seguradoras;
  • Com a assertividade da regulação administrativa, ao longo do tempo, é possível reduzir a judicialização dos processos por meio de acordos entre seguradoras e segurados anteriores ao ato judicial.
Dashboard do Clic Regulação / Divulgação
Dashboard do Clic Regulação / Divulgação

Solicite um orçamento entrando em contato com a equipe da ExperMed.

Empossada a nova diretoria do Sincor-RS, liderada por André Thozeski 32832

Cerimônia de posse contou com a presença de lideranças do mercado e representantes políticos

Responsáveis por 8% da força do mercado nacional (dados da Fenacor), os gaúchos empossaram nesta terça-feira (11) o novo presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS), André Thozeski, e sua diretoria. A noite, que aconteceu em Porto Alegre (RS) e seguiu todos os protocolos de saúde e segurança, marcou também o ano em que a entidade completa 80 anos de existência.

“O Sincor-RS sempre teve à frente das suas diretorias pessoas engajadas e comprometidas. Cada de nós, eleitos pelos corretores, estamos comprometidos a trabalhar, a nos doar, a representar os interesses da classe. O presidente não faz nada sozinho, é a equipe, é o time quem constrói”, destacou o presidente empossado, atuante no mercado desde 1983.

Ricardo Pansera, que comandou a entidade nos últimos oito anos, agradeceu a oportunidade de liderança junto aos corretores de seguros gaúchos. Ele continuará integrando a nova diretoria formada. “Agradeço a diretoria e toda equipe de funcionários da entidade que batalham diariamente e tratam o Sincor-RS com muito respeito e amor. Desejo um excelente mandato, pois tenho certeza que Thozeski e sua diretoria com parceiros tão bem instruídos, vão dar continuidade a esse belo trabalho”, comentou.

Presidente (ao centro), Diretoria, Suplentes e Conselheiros do Sincor-RS.

Corretor de seguros, o superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Alexandre Camillo, não pode estar presente de maneira presencial, mas enviou votos de sucesso. “Parabenizo ao Ricardo Pansera e toda sua diretoria por todo o trabalho realizado nas suas gestões e quero desejar muito sucesso a André Thozeski e os novos integrantes da diretoria pelo belíssimo trabalho que tem a frente”, afirmou em mensagem via vídeo.

Para o presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor), Armando Vergílio, o Rio Grande do Sul é pródigo em formar lideranças de mercado. “Os gaúchos sempre nos orgulharam muito, pois aqui é um estado que nos entrega representatividade e é um celeiro de grandes profissionais. A André Thozeski eu digo que não faltará apoio em nenhum momento por parte da Fenacor”, disse. Vergílio também exaltou a vacina: “Vamos fazer a nossa parte e vamos nos vacinar”.

O presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (SindSeg RS), Guilherme Bini, que no ato também representava o presidente da Confederação Nacional das Seguradoras (CNSeg) Marcio Coriolano, ratificou a parceria entre as entidades representativas das seguradoras para com as dos corretores. “Somos entidades parceiras e andamos lado a lado. Vamos continuar lutando juntos e nos unir pelos próximos anos, pois o mercado de seguros só é seguro com seguradoras e corretores de seguros”, ressaltou.

Joaquim Mendanha, presidente do Instituto Brasileiro de Autorregulação do Mercado de Corretagem de Seguros (Ibracor) e da CredSeguro, também reforçou o apoio ao Sincor-RS. “Podem contar conosco sempre. Tenho certeza que agora com o nosso novo superintendente, vamos juntos continuar levando o protagonismo do mercado de seguros a todos os setores”, lembrou.

O presidente da Câmara de Porto Alegre, vereador e corretor de seguros Idenir Cecchim (MDB), e o prefeito em exercício do município Ricardo Gomes também marcaram presença na posse da nova diretoria que comandará a entidade que representa os corretores de seguros gaúchos pelos próximos anos.

Nominata da Diretoria Sincor-RS 2022/2025:

  • André Thozeski – presidente;
  • Marcos Pozza – vice-presidente;
  • Ricardo Pansera – vice-presidente Administrativo e Financeiro;
  • Celso Marini – vice-presidente de Relações com o Mercado;
  • Genesi Cassol – diretora de Marketing e Eventos;
  • Tânia Rosa – diretora Social;
  • Marco Antônio Fortuna – diretor de Benefícios e Convênios;
  • Andreas Rafael Mayer – diretor de Formação Técnica;
  • Suplentes da diretoria: Tatiana Petzhold e Jorge Edivan Kath;
  • Conselheiros: Laiza Martins, Antônio Alvarenga, César Blauth e Amauri Bueno.

Confira todas as imagens – Fotos: Filipe Tedesco/JRS

ANS aprova inclusão de teste rápido para diagnóstico da Covid-19 no rol de coberturas obrigatórias 510

ANS aprova inclusão de teste rápido para diagnóstico da Covid-19 no rol de coberturas obrigatórias / Foto: Waldemar Brandt / Unsplash Images

Inclusão do exame para detecção de antígenos foi aprovada em reunião extraordinária da Diretoria Colegiada nesta quarta (19)

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou, no início da noite desta quarta-feira (19 de janeiro), em reunião extraordinária, a inclusão do exame teste rápido para detecção de antígeno SARS-CoV-2 (coronavírus Covid-19), no rol de coberturas obrigatórias para beneficiários de planos de saúde. O procedimento que irá constar do anexo I da Resolução Normativa nº 465/2021 foi encaminhado para publicação no Diário Oficial da União após a reunião e a previsão é que seja publicado na edição desta quinta-feira. A partir de então, a cobertura passa a ser imediata.

O teste será coberto para os beneficiários de planos de saúde com segmentação ambulatorial, hospitalar ou referência e será feito nos casos em que houver indicação médica, para pacientes com Síndrome Gripal (SG) ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), quando os sintomas estiverem na janela ótima de utilização, ou seja, entre o 1° e o 7° dia de início dos sintomas.

Para a avaliação da decisão, a ANS considerou o contexto atual, que conta com a circulação e rápido crescimento de casos relacionados à nova variante, Ômicron – designada como variante de preocupação pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 26 de novembro do ano passado.

“Neste momento, compreendemos que a inclusão do teste rápido para detecção de antígeno pode ser realmente útil, tendo em vista que os testes rápidos são mais acessíveis e fornecem resultados mais rapidamente que o RT-PCR, por exemplo. Assim, o teste de antígenos pode ampliar a detecção e acelerar o isolamento, levando a uma redução da disseminação da doença e, por consequência, a uma diminuição da sobrecarga dos serviços laboratoriais. Ao mesmo tempo em que tomamos a decisão responsável de manter o acesso ao padrão ouro de diagnóstico, o RT-PCR”, avaliou Paulo Rebello, diretor-presidente da ANS.

A Agência orienta que o beneficiário consulte a operadora do seu plano de saúde para informações sobre o local mais adequado para a realização do exame ou para esclarecimento de dúvidas sobre diagnóstico ou tratamento da doença.

A ANS esclarece ainda que a cobertura do tratamento aos pacientes diagnosticados com a Covid-19 já é assegurada aos beneficiários de planos de saúde, de acordo com a segmentação de seus planos (ambulatorial, hospitalar ou referência).

Sobre o exame

O exame que será incluído no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS é o “Teste SARS-COV-2 (coronavírus Covid-19) – teste rápido para detecção de antígeno”.

A cobertura será obrigatória quando o paciente apresentar Síndrome Gripal (SG) ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), entre o 1° dia e 7° dia desde o início dos sintomas.

A Síndrome Gripal (SG) é atribuída ao paciente com quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos. Em crianças: além sintomas citados, o responsável deve considerar obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico. Em idosos: deve-se considerar também critérios específicos de agravamento, como: síncope, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e inapetência. Na suspeita de Covid-19, a febre pode estar ausente e sintomas gastrointestinais (diarreia) podem estar presentes.

Já a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) é atribuída ao paciente com Síndrome Gripal (SG), que também apresente: desconforto respiratório ou pressão persistente no tórax, ou ainda saturação de oxigênio menor que 95% em ar ambiente, coloração azulada dos lábios ou rosto. Em crianças: além dos sintomas já mencionados, o responsável deve observar os batimentos de asa de nariz, cianose, tiragem intercostal, desidratação e inapetência.

A ANS ressalta que, uma vez que o conhecimento da infecção pelo vírus SARS-CoV-2 (Covid-19) ainda está em processo de consolidação, à medida que novas evidências forem disponibilizadas, a tecnologia e sua diretriz poderão ser revistas, a qualquer tempo.