Corretores de Seguros precisam de parceiros de confiança com sanções da LGPD 1109

Corretores de Seguros precisam de parceiros de confiança com sanções da LGPD

Punições pelo uso indevido de dados começam a ser aplicadas a partir do dia 1º de agosto

A partir do próximo dia 1º de agosto passam a valer as sanções para empresas que realizarem a utilização indevida de dados, conforme previsto na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). As multas podem chegar até R$ 50 milhões e, por isso, os Corretores de Seguros precisam de parceiros de confiança para seguirem suas operações com segurança e confiabilidade.

“O simples fato de recepcionar ou transmitir informações dos clientes configura tratamento de dado pessoal, o que exige conformidade com a LGPD”, exemplifica Deborah Sousa, DPO e Compliance da Quiver, maior empresa fornecedora de tecnologia para o mercado de seguros. “Praticamente tudo que é feito com dado pessoal é considerado tratamento”, completa.

No caso da Quiver, foram realizados uma série de ajustes não apenas para resguardar sua operação, como também oferecer alternativas ágeis e seguras para que os profissionais da corretagem possam trabalhar com tranquilidade. Desde o último dia 30 de junho, todos os clientes possuem acesso a uma série de ferramentas especialmente desenvolvidas para atender às demandas da LGPD. “Entre os produtos temos consulta centralizada para confirmação de existência de dados sensíveis, o que facilita muito no dia a dia, temos ainda formulário para declaração simplificada e completa (com critérios, origem e finalidade de tratamento, por exemplo), obtenção e visualização de termo de consentimento dos titulares (enviado através de link, também com a finalidade – quem, quando e o que foi consentido), anonimização dos dados (exclusão do dado – processo extremo e irreversível), além de geração de evidências de acesso à dados pessoais (logs, com data e hora, quem e quando acessou) – o que cria uma confiabilidade maior e pode até mesmo ser utilizado em um processo judicial”, revela Júlio Souza, Responsável pelos Produtos da Quiver. Apenas as funcionalidade de formulário de declaração simples e simplificada, além das evidências de acesso à dados pessoais (logs) não estão disponíveis para usuários do QuiGo, plano desenvolvido para corretores individuais.

Com mais de 40 mil usuários e aproximadamente 7,5 mil corretores cadastrados na plataforma, a Quiver é um case de sucesso no mercado segurador – com mais de 30 anos de operação. “A empresa tem tomado todas as medidas e observado o mercado com foco na segurança da informação para o corretor. Atendemos os profissionais de ponta a ponta, até mesmo aqueles que atuam individualmente. Além disso, a Quiver atua com soluções na parte de gestão corporativa, gestão de benefícios empresariais (VR, VT, VA, Seguro Saúde, Odonto, Vida…), na parte de multicálculo – inclusive com o Quiver On – uma ferramenta de captação e venda online. E também atendemos as seguradoras onde a gente mede prêmio médio, localidade, franquia – o que ajuda bastante as seguradoras com dados inteligentes”, explica Albert Lopes da Silva, Executivo Comercial Sênior da Quiver.

Equipe da Quiver em webinar sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) / Divulgação
Equipe da Quiver em webinar sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) / Divulgação

“A Quiver vem de uma profunda transformação nos últimos anos e intensa atuação de governança, modernização e preocupação desde a qualidade de nossos produtos e serviços, além da segurança no tratamento de dados, são aspectos que chamamos de inegociáveis. Temos fornecedores que são especialistas. Vínhamos com esse olhar mais atento quanto ao tratamento de dados que trafegam em nossas aplicações desde o surgimento da legislação, em 2018. Isso nos trouxe uma responsabilidade maior de entender que nosso papel era muito relevante de cuidado com nossos clientes – o que só reforçou as ações que tomadas ao longo dos últimos anos”, comenta o Chief Financial Officer (CFO) da Quiver, Evandro Salles.

Deborah lembra que a LGPD foi inspirada na General Data Protection Regulation (GDPR), da União Europeia. “Nossos dados têm circulado mundo afora, por isso este é um tema relevante em nível mundial. Não existem mais fronteiras para negócios e relacionamentos com as pessoas. Há muita semelhança nos artigos e disposições entre a LGPD e a GDPR. A Lei dispõe sobre o tratamento de dados pessoais de Pessoas Físicas com o intuito de proteger a privacidade dos titulares dos dados, a fim de garantir maior segurança, transparência e clareza aos titulares de dados quanto ao tratamento de seus dados”, pondera a especialista.

Termos mais comuns da LGPD

Confira abaixo alguns termos comuns quando se fala em Lei Geral de Proteção de Dados, de acordo com Deborah Sousa.

  • Dado Pessoal: Qualquer informação relacionada com uma pessoa natural identificada ou identificável é um dado pessoal.
  • Dado pessoal Sensível: Dado sobre origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou vida sexual, dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural (Pessoa Física).

“A lei faz essa distinção porque existem informações mais delicadas, que tendem a gerar discriminação entre as pessoas. Por isso que a lei traz essa divisão e elege base de tratamento diferenciado para esse tipo de dados, ou seja, para tratar dado pessoal é necessário que esteja enquadrado em uma das bases legais da lei”, comenta Deborah.

  • Controlador: Pessoa Natural ou Jurídica de direito público ou privado, a quem competem as decisões referentes ao tratamento de dados pessoais.
  • Operador: Pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, que realiza o tratamento de dados pessoais em nome do controlador (Quiver é operadora em relação aos corretores, por exemplo). É quem ajuda a gerir as apólices.
  • Encarregado (ou DPO): Pessoa indicada pelo controlador para atuar como um canal de comunicação entre o controlador, os titulares de dados e a Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD). A Lei exige que todo controlador indique um encarregado.

“Mesmo nos casos de interessados por uma cotação de seguro, por exemplo, é estabelecida uma relação pessoal. Para cotar, contratar ou renovar será necessário os dados do segurado. Podem haver, por exemplo, dois controladores em uma mesma relação. O controlador tem obrigações, como o ciclo de vida do dado que será tratado, medidas de segurança para o tratamento do dado, indicação do encarregado de dados”, analisa a DPO e Compliance da Quiver. “Tanto o controlador quanto o operador possuem responsabilidade pelo tratamento de dados pessoais e devem reparar os eventuais danos causados em violação à legislação de proteção de dados pessoais. O operador, em relação ao controlador, responderá pelos danos causados pelo tratamento quando descumprir as obrigações da legislação de proteção de dados ou quando não tiver seguido as instruções lícitas do controlador”, acrescenta.

“Os titulares dos dados têm direito à confirmação da existência de tratamento, acesso aos dados, correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados, anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade com a LGPD. Além disso, a Lei prevê a portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto (depende da regulamentação da ANPD). Os dados pessoais tratados podem ser eliminados com consentimento do titular. São requisitos também a informação das entidades públicas e privadas com as quais o controlador realizou uso compartilhado de dados, informação sobre a possibilidade de não fornecer consentimento sobre as consequências da negativa, além da revogação do consentimento”, justifica Deborah Sousa. “Quando há obrigação legal ou regulatória, como no caso dos corretores que precisam manter os dados dos clientes por determinado período para atender a Superintendência de Seguros Privados (Susep), o controlador tem de explicar porque não poderá excluir ou anonimizar o dado – porque descumprirá lei ou determinada regulamentação”, reitera.

Para exemplificar a implementação das medidas necessárias para atender a legislação, Deborah lembra que a Quiver nomeou um encarregado de dados (DPO), fez o mapeamento das atividades de tratamento de dados pessoais na empresa, revisou as políticas internas, de privacidade, além dos cookies nos sites. “Além disso foi realizada a revisão de contratos com prestadores de serviços e parceiros de negócios, revisão dos contratos de soluções e também construções de ferramentas dentro das aplicações para facilitar o cumprimento de Lei pelos clientes”, finaliza.

Rogério Idino é o novo CEO da Brasilseg 343

Rogério Idino é o novo CEO da Brasilseg / Divulgação

Saiba o que muda no comando da empresa da holding BB Seguros, do Banco do Brasil

A Brasilseg anuncia a chegada de Rogério Idino como o novo CEO da companhia.

Rogerio é executivo de carreira do Banco do Brasil, cumprindo uma trajetória de evolução que teve início na gerência de contas e de agência e chegando a diversas superintendências da instituição. Antes de chegar à Brasilseg, Idino atuou como superintendente administrativo de Varejo em Brasília.

O novo CEO tem larga experiência em gestão estratégica de negócios bancários, tendo atuado em diversos segmentos – Pessoa Física, Pessoa Jurídica, Alta Renda, Agronegócio e Serviço Público.
Graduado em Direito, com ênfase em direito contratual, Idino tem MBA em Administração Geral para Altos Executivos pela FIA/USP.

O executivo substitui Rodrigo Caramez, que liderou a seguradora no último ano e se dedicará a novos projetos profissionais. “A Brasilseg agradece a Rodrigo Caramez pelo trabalho dedicado durante esse período e lhe deseja muito sucesso nas novas etapas profissionais”, informou a companhia.

Executivos da Gente Seguradora participam do Seguro Sem Mistério nesta terça (28) 390

Transmissão acontece através do Canal do JRS no YouTube, a partir das 17h30min

O Vice-Presidente da Gente Seguradora, Marcelo Wais, e a responsável pelo departamento de Sinistros da companhia, Eva Silva, participam do programa Seguro Sem Mistério desta terça-feira (28). Será a partir das 17h30min, com mediação dos jornalistas Júlia Senna Carvalho e William Anthony. Tudo será transmitido pelo Canal do JRS no YouTube. Na ocasião, os especialistas demonstrarão como os processos diferenciados da seguradora fizeram com que a empresa obtivesse posição de destaque no ranking Estadão Finanças Mais.

Ainda é possível acompanhar a entrevista e interagir com perguntas e recados através do chat ao vivo. Para não perder nenhum detalhe ou novo conteúdo basta inscrever-se no Canal do JRS no YouTube e ativar as notificações.

Grupo Caburé e Anjo App integram Time Campeão de Patrocinadores Diamante do Troféu JRS 2021 390

Grupo Caburé e Anjo App integram Time Campeão de Patrocinadores Diamante do Troféu JRS 2021

19ª edição do evento acontecerá de forma híbrida, no dia 29 de outubro

O dia 29 de outubro promete contar com uma noite mágica. É quando acontece a 19ª edição do Troféu JRS em formato híbrido e iremos conhecer os destaques do mercado brasileiro de seguros. E o Grupo Caburé e o Anjo App emprestam suas marcas à promoção deste evento especial e integram o time campeão de patrocinadores diamante da cerimônia de reconhecimento.

Com 58 anos de vida, o Grupo Caburé conta com mais de R$ 17,6 bilhões em Capitais Segurados Administrados. Trata-se de um dos maiores administradores privados de apólices de Seguros de Vida em Grupo da América Latina. Criada a partir da iniciativa inovadora de um vendedor de seguros “porta a porta”, a empresa cresceu e conquistou a credibilidade do mercado e dos clientes. Essa confiança está consolidada porque o Grupo Caburé Seguros entende o Seguro de Pessoas como um dos bens mais nobres para a sociedade e segue demonstrando compromisso e envolvimento com os seus segurados.

Mas não para por aí. O Grupo Caburé foi responsável pelo lançamento do App Anjo, uma solução pioneira para comercialização de Seguros de Vida no País. Além de otimizar o tempo de corretores e agentes, o aplicativo permite que o profissional faça vendas à distância. Além disso, recentemente a empresa anunciou o lançamento de uma nova funcionalidade, que permite a realização de consultas via telessaúde através da ferramenta.

O evento contará ainda com 1 mil pessoas na plateia virtual, que poderão interagir e participar ao vivo com a transmissão e receberão kits especiais com mimos para desfrutar deste momento inesquecível direto do conforto de suas casas. Tudo será transmitido na íntegra no Canal do JRS no YouTube. Além disso, durante todo o mês de outubro o público escolherá os destaques de quatro categorias: Personalidade do Ano, Prestadores de Serviços, Corretora de Seguros e Seguradora Destaque.

Bradesco Saúde Ideal chega ao mercado com valor competitivo e cobertura nacional 398

Flavio Bitter é diretor-gerente da Bradesco Saúde / Divulgação

Novo plano de saúde empresarial oferece um valor mais acessível, com economia de até 12% em relação Bradesco Saúde Nacional

A Bradesco Saúde acaba de lançar mais um produto em seu portfólio, o plano empresarial Bradesco Saúde Ideal. Com cobertura nacional, o plano terá foco em dois importantes estados: Rio de Janeiro e São Paulo. Desenvolvido para atender às empresas de grande porte e grupos a partir de três vidas, o plano conta com uma rede credenciada cuidadosamente selecionada, formada por mais de 19 mil prestadores médico-hospitalares em todo o Brasil. O produto chega ao mercado com um valor mais acessível, a partir de R$ 214,98, representando uma economia de até 12% em relação ao plano Bradesco Saúde Nacional, e com opções de coparticipação.

“Com a retomada da atividade econômica, ainda diante do cenário de pandemia, desenvolvemos o plano Bradesco Saúde Ideal para atender às necessidades das empresas que, nesse novo momento, estão buscando soluções de planos de saúde com preços mais competitivos sem abrir mão da ampla qualidade e da comodidade para seus funcionários, destaca Flavio Bitter, diretor-gerente da Bradesco Saúde.

O novo plano oferece uma série de vantagens para o beneficiário, com cobertura ampliada de transplantes, plano odontológico conjugado e desconto em farmácias. O segurado conta ainda com o reembolso de despesas médico-hospitalares fora da rede referenciada em todo o território nacional para todos os procedimentos cobertos pelo plano. O Bradesco Saúde Ideal prevê ainda a remissão – uma garantia de continuidade da prestação dos serviços de saúde aos dependentes inscritos em caso da morte do titular-, oferecendo ainda mais segurança e tranquilidade.

Com abrangência nacional, os beneficiários terão direito a consultas, exames, terapias, tratamentos ambulatoriais, internações clínicas ou cirúrgicas e cobertura obstétrica. O segurado também terá acesso ao Saúde Digital, plataforma que disponibiliza consultas virtuais para todos os beneficiários da seguradora. O aplicativo faz parte dos benefícios incorporando mais facilidade, agilidade e acesso aos cuidados assistenciais. O serviço digital oferecido auxilia no atendimento de consultas médicas e orientação dos pacientes e permite a realização de consultas imediatas ou agendadas com médicos de diversas especialidades, 24 horas por dia, sete dias por semana. Durante todo período e pandemia, o Saúde Digital superou a marca de mais de 500 mil atendimentos online em diversas especialidades médicas. O aplicativo também conta com um chat, sempre disponível, para esclarecer dúvidas com profissionais da saúde.

Porto Seguro lança Seguro de Vida Individual acessível e 100% digital 302

Porto Seguro lança Seguro de Vida Individual acessível e 100% digital

Vida ON tem jornada de contratação simplificada e benefícios para serem aproveitados em vida

Atenta às necessidades do público super conectado que busca soluções cada vez mais simples, confiáveis e eficientes, a Porto Seguro lança o Vida ON, um seguro de vida acessível e com uma jornada de contratação 100% digital. Por meio do link de vendas online do corretor ou do próprio site da Porto, o cliente consegue fazer a adesão em poucos minutos. As contratações podem ser realizadas a partir de R$ 9,26 mensais, podendo variar de acordo com a idade e as opções de cobertura.

O produto é voltado para o público que ainda não tem seguro de vida e busca uma proteção inicial simplificada, em especial os jovens entre 20 e 35 anos. Além das coberturas para falecimento, que incluem Assistência Funeral Individual ou Familiar (cônjuge e descendentes), os segurados que contratam o Vida ON contam, ainda, com coberturas que podem ser utilizadas em vida, como Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente.

“O Seguro de Vida é um item essencial para todos, pois garante um futuro mais confortável para as pessoas que o contratam. Por isso, aqui na Porto Seguro nós acreditamos que ele deve ser acessível. Além do mais, trouxemos inovações para que o seguro proporcione às pessoas benefícios para aproveitar em vida, em adição à proteção financeira”, resume Carlos Eduardo Gondim, diretor de Vida e Previdência da Porto Seguro. “E é neste sentido que lançamos o Vida ON. Queremos ser cada vez mais um Porto Seguro na vida das pessoas, inclusive daquelas que estão começando a sua vida profissional agora e desejam contar com uma proteção para o seu futuro, tudo isso através de uma experiência simples, ágil e com contratação totalmente digital”, complementa.

O Vida ON é um produto para entrada de novos clientes e conta com uma cobertura simples, mas que oferece muitas vantagens para os contratantes. Além das coberturas mencionadas, serão oferecidos, ainda, dois benefícios exclusivos que só Quem tem Porto, Tem. Os segurados vão poder escolher entre um ano de serviços de telemedicina, com orientação médica à distância feita por profissionais da saúde, 24 horas por dia, 7 dias por semana, por meio de videochamada; seguro Viagem por 10 dias em território nacional, garantindo uma experiência mais tranquila com garantia de proteção nos momentos de imprevistos; e quatro reparos domésticos para serviços residenciais, que inclui chaveiro, consertos hidráulicos e elétricos, com a qualidade dos serviços da Porto Seguro.

Além de todas essas facilidades, o processo de contratação passa a ser mais ágil e 100% digital. Os corretores poderão criar o seu link de vendas por meio do Corretor Online, conforme instruções disponíveis neste endereço. A comissão de venda para será de 5%, enviada ao corretor automaticamente após a venda. Para as adesões via site da Porto, apólice será atribuída a um corretor conforme critérios da companhia, gerando, desta forma, o comissionamento.

Para mais informações sobre o Vida ON, acesse este endereço.