Transtornos mentais superam Covid-19 entre maiores causas de afastamento profissional

Levantamento realizado pela B2P traz as 10 principais causas para ausência no emprego

A B2P, consultoria especializada no acompanhamento e gestão de funcionários afastados por razões médicas, da It’sSeg Company, acaba de consolidar levantamento inédito com as 10 principais doenças responsáveis por afastamento de funcionários na pandemia. Entre as enfermidades apresentadas, a que aparece na liderança do ranking é a de doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo, acompanhada de perto por transtornos mentais e comportamentais. A Covid, estreante na pesquisa, aparece em quarto lugar. Confira abaixo a relação completa:

Publicidade
Europ Assistance Brasil

Divulgação
Divulgação

O levantamento da consultoria inclui um recorte de 331 mil colaboradores em 18 empresas brasileiras. Os dados consideraram os afastamentos entre março de 2020 e março de 2021.

O serviço de gestão de afastados, um nicho de mercado extremamente relevante no País, passou a integrar a lista de soluções da It´sSeg no final de 2020, quando a companhia adquiriu a B2P. A consultoria atende atualmente 18 clientes que empregam 331 mil colaboradores. Somente no ano passado a empresa terminou o período com a gestão de 1482 afastados para as empresas atendidas no último mês.

“É um tipo de serviço que tem sido altamente demandado pelas empresas, especialmente com a pandemia, onde se tornou ainda mais necessário cuidar da saúde dos funcionários. Nossa atuação consiste em ajudar essas empresas a reduzir despesas com fator previdenciário, absenteísmo, impostos e solução de não conformidades. O afastamento é um fator crítico para as empresas e é aí que entramos, com a prestação de consultoria e auxílio na diminuição dessas incidências”, explica Oswaldo Merbach, fundador da B2P.

Publicidade
Agrifoglio Vianna no JRS

O portfólio de serviços da empresa do grupo It’sSeg inclui a gestão de informações dos afastados, o acompanhamento dos funcionários nestas condições (burocracia, perícia, tratamento e preparação para o retorno) e também a oferta da gestão dos dados de programas de qualidade de vida.

Um dos focos de atuação da B2P é mitigar os custos com fator previdenciário das companhias. O tributo incide sobre a folha de pagamentos das organizações de acordo com frequência de afastamento e a severidade dos casos.

Artigos Relacionados