IRB Brasil RE apura prejuízo de R$ 206,9 milhões no segundo trimestre do ano 515

Setor de seguros faturou R$ 10,5 bilhões em abril, alta de 17,3%, diz IRB Brasil RE / Divulgação

Balanço indica melhor resultado e desempenho operacional em relação ao ano passado

O IRB Brasil RE divulgou, nesta segunda-feira (16), os resultados da companhia referentes ao segundo trimestre deste ano. O ressegurador apurou no período prejuízo líquido de R$ 206,9 milhões, o que indica melhora em relação ao mesmo período de 2020, quando reportou prejuízo de R$ 656,7 milhões. Nos primeiros seis meses de 2021, a melhora foi ainda maior e totalizou R$ 465 milhões, com prejuízo líquido de R$ 156,1 milhões, ante perdas de R$ 621,7 milhões no ano anterior.

O resultado do segundo trimestre de 2021 foi impactado pela conjuntura econômica que afetou globalmente o setor de resseguros, bem como por sinistros decorrentes de negócios descontinuados (run-off), com efeito de R$ 190,3 milhões, e por eventos não recorrentes (one-offs) de R$ 14,4 milhões. A partir da exclusão de tais efeitos, run-off e one-off, o IRB teria apresentado um prejuízo líquido normalizado bem menor: R$ 31 milhões no segundo trimestre do ano. Já no primeiro semestre de 2021, com a retirada dos contratos deficitários e dos efeitos não-recorrentes do resultado, a companhia teria registrado um lucro líquido normalizado de R$ 57,1 milhões.

No segundo trimestre de 2021 a companhia obteve resultado de subscrição superior ao verificado no mesmo período do ano passado em quase R$ 700 milhões, o que reforça a curva de melhora nos resultados esperada para este ano. Se excluirmos os efeitos do run-off no período avaliado, a melhora no resultado de underwriting é de R$ 889 milhões.

Queda na sinistralidade

O índice de sinistralidade da companhia no segundo trimestre do ano apresentou uma redução importante de 39,6 p.p, ante o mesmo trimestre do ano anterior, passando de 135,3% para 95,7%. Ao excluir os sinistros dos negócios descontinuados (run-off), o índice foi 84,7%.

“Seguimos evoluindo para uma operação mais enxuta, eficiente e orientada ao cliente, aprimorando controles e a gestão de riscos para assegurar nossa liderança e a sustentabilidade econômico-financeira no longo prazo. Se olharmos o filme dos resultados no último ano e meio, constatamos uma melhora significativa no desempenho financeiro e operacional, que deve se acentuar nos próximos trimestres, por meio da captura de novas oportunidades no mercado, da redução gradual dos efeitos dos contratos deficitários e da obtenção de melhores margens com os negócios renovados”, explica o CEO interino e COO do IRB Brasil RE, Wilson Toneto.

Prêmio emitido no Brasil cresce

No segundo trimestre de 2021, o volume total de prêmios emitidos pelo IRB apresentou redução de 15,1% quando comparado com o mesmo período de 2020, totalizando R$ 2,16 bilhões. O prêmio emitido no Brasil correspondeu a R$ 1,24 bilhão no segundo trimestre de 2021, aumento de 6,6% na comparação com o 2T20, decorrente do maior volume nas linhas de Vida (+42,9%), Rural (+34%) e outros (+34,5%). Este acréscimo foi parcialmente compensado pela redução de 50,6% no segmento Aviação, em virtude de ajustes decorrentes da descontinuidade de contratos, e pela queda de 21,6% no segmento Patrimonial. Já os prêmios emitidos no exterior totalizaram R$ 919,3 milhões no segundo trimestre de 2021, o que representou redução de 33,3% em relação ao segundo trimestre de 2020. Esta diminuição, que em moeda constante totalizou 46%, está em linha com a estratégia de re-underwriting amplamente divulgada pela companhia e decorre do menor volume de prêmios emitidos nas linhas de Vida (-54,2%), Rural (-59,6%) e outros (-29,7%).

Caixa operacional atinge maior patamar

O vice-presidente Financeiro e de Relações com Investidores do IRB Brasil RE, Werner Süffert, destaca também a melhora no fluxo de caixa. “A companhia, pelo quarto trimestre consecutivo, apresentou uma geração de caixa operacional positiva. No semestre foram R$ 528 milhões e no trimestre R$ 352 milhões, o maior patamar da série histórica desde o início do ano passado”, analisa o executivo.

Süffert enfatiza ainda a redução das despesas totais com retrocessão no segundo trimestre de 2021, que tiveram uma queda de 31,6% na comparação com o segundo trimestre de 2020. Passaram de R$ 833 milhões, no segundo trimestre de 2020, para R$ 570 milhões, no segundo trimestre de 2021. Já o índice de retrocessão caiu de 32,8% no segundo trimestre de 2020 para 26,4% no segundo trimestre de 2021, uma diminuição de 6,4 p.p. “É importante ressaltar que houve uma melhora significativa em todos os indicadores em relação a 2020 e que o segundo trimestre de 2021 ainda veio bastante afetado pelos negócios descontinuados a partir de julho do ano passado. Este efeito, porém, começa a perder força, enquanto os prêmios dos contratos mantidos e dos novos melhoram o resultado. Em resumo, a tendência é positiva”, diz Süffert.

Solidez e solvência regulatória

O IRB registrou, ao fim do segundo trimestre de 2021, excesso de capital regulatório de R$ 1,2 bilhão, o que equivale a um índice de solvência de 175% (patrimônio líquido ajustado / capital de risco total), ao mesmo tempo em que o índice de solvência total da empresa (geralmente utilizado em outros países) alcança o patamar de 273%. Ambos os indicadores apresentam posições melhores que o último trimestre de 2020.

A companhia encerrou o mesmo período com suficiência no enquadramento da liquidez regulatória de R$ 335,5 milhões, em comparação aos R$ 167,5 milhões verificados em 31 de dezembro de 2020. Ao excluir a margem adicional de 20% sobre o capital de risco, o ressegurador registrou, em 30 de junho deste ano, uma suficiência de ativos elegíveis para garantia das provisões técnicas de R$ 644,1 milhões, em comparação a de R$ 542,6 milhões, em 31 de dezembro de 2020. Os índices se mantiveram positivos no trimestre e mostraram reversão da insuficiência observada ao longo do ano passado.

Ainda no campo regulatório, a publicação pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), em julho, da Circular 634, que regulamentou a Resolução CNSP 412, abrirá novas perspectivas às resseguradoras no Brasil. A partir deste mês, o regulador permitirá a utilização de determinados ativos como redutores de provisões técnicas nas garantias das operações internacionais. Além disso, a partir de dezembro deste ano, haverá a eliminação da exigência da margem de liquidez de 20% do capital de risco, o que também é positivo.

“As ações adotadas durante o ano anterior, bem como a maior eficiência nos processos de cobrança, gestão do fluxo de caixa, resultado técnico com efeitos da re-subscrição realizada, e os avanços na regulamentação do setor, permitirão manter a companhia com índices robustos, melhorando nossas securities e dando aos nossos clientes maior nível de tranquilidade quanto à capacidade financeira do IRB”, completa Carlos Guerra, vice-presidente de Riscos, Conformidade e Jurídico do IRB Brasil RE.

Re-underwriting concluído

Considerada a principal ação estrutural iniciada pela companhia, o processo de revisão das condições e cancelamento dos principais contratos deficitários de resseguros existentes, denominado re-underwriting, teve seu início em julho de 2020 e foi concluída em julho deste ano. Foram cancelados 17 grandes contratos, quase que exclusivamente de negócios oriundos do exterior, que seguem impactando os resultados financeiros atuais (negócios descontinuados). O trabalho também gerou ampla limpeza em contratos de menor magnitude com o cancelamento de mais de 160 contas neste período.

“Concluímos parte importante de nosso re-underwriting e, agora, entraremos em um ciclo normal de nossa subscrição. Foi uma fase complexa, mas conseguimos renovar mais de 85% das contas que desejamos manter em nossa carteira, além de conquistar novos negócios, em ambos os casos ajustando termos e condições de forma adequada”, comenta a vice-presidente de Resseguros do IRB Brasil RE, Isabel Blazquez Solano.

Perspectivas

“Temos convicção de que a companhia está no caminho certo. Concluímos ciclo importante de revisão dos negócios, reduzimos a sinistralidade e os custos de retrocessão, geramos consistentemente caixa operacional, aumentamos nossos ativos financeiros totais e evoluímos com nossa governança corporativa e controle de riscos. Soma-se a tudo isso a perspectiva de crescimento de mercado segurador e o provável arrefecimento da pandemia que nos assolou. Por tudo isso posso afirmar que estamos prontos para avançarmos numa fase de consolidação com foco em nossos clientes e na melhora de processos. Temos um caminho desafiador a perseguir, mas certos de que com a revisão de nossa estratégia concluída, as pessoas corretas e a visão de longo prazo desenhada, entregaremos maior valor aos nossos clientes, acionistas e demais stakeholders”, finaliza Toneto.

Porto Seguro patrocina o Summit Imobiliário Brasil 2021 319

Seguradora é a principal patrocinadora do evento e apresentará no encontro soluções inéditas para o setor

A Porto Seguro estará presente no Summit Imobiliário Brasil 2021, uma iniciativa do Estadão em parceria com o Sindicato Patronal da Habitação (Secovi), que acontecerá na próxima segunda-feira (25). Porta-vozes de empresas do setor e do sindicato se reunirão para debater temas pertinentes ao mercado imobiliário e os reflexos causados pela crise sanitária do Covid-19.

Para Rodrigo Elorza, gerente de Riscos Financeiros e Capitalização da Porto Seguro, “o evento é uma excelente oportunidade para os profissionais da área se atualizarem sobre o cenário imobiliário, auxiliando na construção de uma visão futura para seus negócios”.

Durante o dia, ocorrerão cinco painéis com temas de grande relevância para corretores e entusiastas do setor com palestrantes renomados com ampla experiência no mercado. Lançamentos de serviços, o futuro do crédito imobiliário, o comportamento de empresas e consumidores pós-vacinação, a digitalização do mercado e os desafios para prédios comerciais, hotéis e eventos são os assuntos a serem debatidos por especialistas do ramo.

O evento será totalmente online e a Porto Seguro, que vem investindo em alternativas para ao mercado de locação, levará temas relacionados a tecnologia e transformação digital para o mercado imobiliário. Em primeira mão, fará o lançamento do Portal da Soluções para Locação, uma nova plataforma de Oferta e Gestão de seguros desenvolvida exclusivamente para imobiliárias com o objetivo de tornar o processo de contratação de garantia para aluguel mais simples e ágil.

Mais informações sobre o Summit Imobiliário Brasil 2021 podem ser obtidas neste endereço.

Diretor Técnico da Previsul é painelista de seminário internacional 1654

Thiago Soares apresenta dois painéis no Insurance Tech Latam, seminário que ocorre nos dias 11 e 12 de agosto

A Previsul Seguradora estará representada no Insurance Tech Latam, seminário que reunirá, de forma online, mais de 80 palestrantes para discutir oportunidades e estratégias inovadoras no setor de seguros na América Latina. O diretor técnico Thiago Soares apresentará dois painéis, nos quais irá falar sobre as inovações no mercado segurador, em especial, sobre a jornada de contratação de um seguro de vida por meio de processos digitais. “Ela começa no momento da pré-avaliação e análise do risco. Estamos trabalhando fortemente a inteligência de dados até um conhecimento mais aprofundado sobre o segurado, como hábitos e estilo de vida, a fim de gerar insights de produtos, ferramentas, entre outros”, antecipa o palestrante do encontro mundial.

Os dois painéis com a participação de Thiago Soares ocorrem nesta quarta, 12 de agosto, último dia do Insurance Tech Latam.

Com 114 anos de atuação, a Previsul é referência como seguradora Multirriscos no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros e tem em torno de 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

Diretor Técnico da Previsul participa do Insurance Summit Brazil 2020 2801

Diretor Técnico da Previsul participa do Insurance Summit Brazil 2020

Thiago Soares apresentará o estudo de caso “Novos Produtos, Serviços e Precificação que Melhor se Adaptam ao Crescente Número de Clientes Digitais”

A Previsul Seguradora participa, nesta quarta-feira (16), Insurance Summit Brazil 2020, evento que reunirá, de forma online, mais de 25 palestrantes para discutir o futuro do setor de seguros e tecnologia pós Covid-19.

O diretor Técnico, Thiago Soares, apresentará o estudo de caso “Novos Produtos, Serviços e Precificação que Melhor se Adaptam ao Crescente Número de Clientes Digitais”. “A pandemia acelerou estratégias e possibilitou mais inovação em produtos e serviços e respectiva precificação para atender às mudanças na demanda e comportamento dos clientes ocasionadas, principalmente, pelo isolamento social. Na Previsul, já estamos trabalhando com um modelo de subscrição em produtos de vida com base em Inteligência Artificial e Internet das Coisas”, diz, reforçando que a crise gerada pela pandemia proporcionou oportunidades para o mercado segurador utilizar inteligência artificial.

Com 114 anos de atuação, a Previsul é referência como seguradora Multirriscos no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul. Quer conhecer mais e ainda não é corretor Previsul? Faça seu cadastro digital neste endereço.

Previsul lança Vistoria Online para seguros Residencial e Empresarial 1955

Renato Pedroso é presidente da Previsul Seguradora / Arquivo JRS

Novidade traz praticidade para as inspeções de imóveis, que podem ser feitas de forma digital e contribuem para evitar aglomeração de pessoas

Os segurados que contratarem apólices residenciais ou empresariais da Previsul contam agora com a Vistoria Online. A novidade traz praticidade para as inspeções de imóveis, que podem ser feitas de forma digital e contribuem para evitar aglomeração de pessoas neste período de pandemia.

Segundo o diretor técnico, Thiago Soares, com a inspeção online, há diminuição de custos para seguradora e corretores. “Ao contratar o seguro Residencial e/ou Empresarial, o segurado recebe um link para que ele mesmo fotografe o ambiente, comprovando que a propriedade existe, que está em boas condições para ser assegurada ou até mesmo conteúdo do imóvel. Para a seguradora, isso é ótimo, pois asseguramos a avaliação mais consistente do risco”, diz. Além disso, os corretores também são beneficiados, uma vez que não é necessário o deslocamento de profissionais até o imóvel para avaliar suas condições.

Para Renato Pedroso, presidente da Previsul, essa é mais uma novidade que reforça o momento de inovação da Cia. “Previsul tem investido em soluções que tragam mais facilidade aos nossos clientes. Quando se tratava apenas de produtos de vida, já ofertávamos ao corretor ferramentas digitais com diferenciais de mercado. Agora, também em ramos elementares, reforçamos o compromisso em ser a seguradora digital do corretor”, afirma Pedroso.

Divulgação
Divulgação

O fluxo 100% digital também agiliza a contratação, pois há uma aceitação automática da vistoria além do envio da apólice e boletos de forma instantânea.

Com 114 anos de atuação, a Previsul Seguradora é referência em seguro multirrisco no Brasil. Ainda não é corretor Previsul? Faça seu cadastro digital neste endereço.

Previsul moderniza Portal do Estipulante 4129

Nova ferramenta traz mais autonomia e liberdade para o estipulante administrar o produto contratado, e mais tempo para o corretor gerar negócios

A Previsul Seguradora traz novidades e moderniza seu Portal do Estipulante. As alterações e atualizações foram feitas após estudos e análise das tendências de mercado. A visão da seguradora é sempre oferecer mais vantagens, facilidades e benefícios para seus corretores, estipulantes e segurados. Com um novo layout e mais funcional, a nova ferramenta, exclusiva aos estipulantes da Previsul traz mais autonomia para que eles possam administrar o produto contratado, dando ao corretor mais tempo para fazer negócios.

Dentre as novidades, destacam-se o novo menu de produtos, com Informações sobre os seguros Previsul para o estipulante solicitar cotação para o corretor e o Relatório de Clientes, para consulta e download de segurados ativos. Também foram atualizadas funcionalidades já existentes, como: a emissão da 2º Via Digital de documentos (certificado, apólice, boleto, endosso e fatura), acompanhamento de sinistro 100% online e movimentações de vida.

“O Portal do Estipulante foi criado para otimizar os processos entre as empresas, corretores e seguradora trazendo, além de agilidade, maior confiabilidade no trânsito das informações. Oferecer uma ferramenta que possibilita fácil acesso às informações, 2ª via de documentos, movimentação de vidas, entre outros para o Estipulante, possibilita ao corretor entregar mais autonomia ao cliente, ganhando mais tempo para gerar negócios”, destaca o presidente Renato Pedroso.

O novo Portal do Estipulante é uma das novidades digitais da Previsul para o segundo semestre. O leque completo de novidades foi apresentado pelo presidente em live no Youtube, em comemoração aos 114 anos da companhia.

Para os corretores que ainda não são cadastrados na Previsul e desejam conhecer uma nova experiência de negócios, a Cia lançou um cadastro digital com login degustação no Portal do Corretor. O cadastro é feito de forma simples e prática através do site da companhia.

Com 114 anos de atuação, a Previsul é referência como seguradora Multirriscos no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.