As mudanças regulatórias para Grandes Riscos e o impacto em Seguro Garantia 2005

Rafael Tavares, coordenador jurídico da Austral Seguradora, e as analistas do setor Giselly Monteiro, Maria Letícia Tomelin e Marcella Tronchini / Divulgação

Confira artigo de Rafael Tavares, coordenador jurídico da Austral Seguradora, e dos analistas do setor Giselly Monteiro, Maria Letícia Tomelin e Marcella Tronchini

O ano de 2021 foi histórico para o mercado de seguros, com um marco: aquele em que mais foram editadas circulares e soluções da Susep, o órgão que regula o setor. Na maioria das ações, o objetivo foi atualizar as diretrizes, trazendo melhorias em sintonia com o atual momento para o mercado de Grandes Riscos. Afinal, torná-lo mais competitivo, transparente e inovador vai contribuir para o potencial deste ramo, que está descrito nos números: no acumulado do ano, até junho, o mercado de danos movimentou R$ 42 bilhões.

A alta foi de 14,9%, no comparativo de 2020, se deve ao aumento de contratação de linhas como Transportes, RC e Patrimonial que, com o avanço da vacinação e afrouxamento do lockdown, são beneficiadas. Apesar de um período desafiador para a sociedade e para os negócios, as apólices de grandes riscos foram resilientes. Ou seja, com o avanço da vacinação e a retomada da economia, este é um cenário promissor e conta com ramos fundamentais para crescimento do país como seguros Garantia, de Transportes, de Responsabilidades e os chamados compreensivos, que são os seguros com coberturas para danos como incêndios, furtos e danos de qualquer natureza.

Há um caminho de novos normativos que dará maior liberdade contratual em seguros de Grandes Riscos, possibilitando intensa negociação das condições entre as partes (segurado e seguradora). Há grande expectativa pelos seguros corporativos, como foi o caso da Resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) nº 407 de 2021. Por ela, foi definido o que são os “Grandes Riscos” e a complexidade dos ramos que abrange e a diferença entre apólices. Não é possível tratar do mesmo modo, por exemplo, as condições do seguro de vida dos funcionários de uma determinada usina hidrelétrica, comparada ao que se propõe para o seguro da usina propriamente dita, cujo limite máximo de garantia pode ultrapassar R$ 30 milhões.

Dentre as principais inovações trazidas pela resolução, o produto, uma vez considerado “de Grandes Riscos”, não precisa ser registrado e autorizado pelo órgão regulador. É claro que reduzindo a regulamentação, aumenta-se a flexibilidade comercial, estimulando a concorrência. A novidade simplificou significativamente as amarras regulatórias, viabilizando um atendimento quase personalizado caso a caso. Todos ganham mais liberdade nas negociações.

Mas atenção: mesmo sendo regidos por condições contratuais livremente pactuadas entre as partes, permanecem com princípios e valores essenciais que devem ser cumpridos. As empresas seguem comprometidas com boa fé, transparência, objetividade nas informações e tratamento paritário entre as partes contratantes. A liberdade de mercado não significa trazer um déficit de segurança e confiabilidade. Pelo contrário, acreditamos que essas mudanças trarão para todos os envolvidos, mais confiabilidade às partes envolvidas, bem como a diminuição significativa de litígios posteriores, deflagrados em virtude da falta de interpretação das condições contratuais.

Os departamentos jurídicos das seguradoras terão novos desafios já que, além da Resolução nº 407, soma-se a ela a Circular nº 621. Ambas têm redigidas cláusulas para atender clientes específicos e até mesmo resseguradores. Estamos nos aproximando do fim da padronização, cada caso é um caso, contratos de acordo com suas análises dos negócios. E não é isso que a sociedade atual espera? Customização.

Será assim também com o Seguro Garantia, importante instrumento para tirar do papel projetos ligados à infraestrutura do Brasil. Mas apesar das várias possibilidades de mudança do regulatório do ramo, as codificações com a Circular nº 24 permaneceram as mesmas. Não trazendo flexibilizações significativas.

Em um mercado que em sua grande maioria de emissões traz importância segurada inferior a R$ 15 milhões; ativo total inferior a R$ 27 milhões e faturamento bruto anual superior a R$ 57 milhões, não foi dado direto à “liberdade” aplicada aos Grandes Riscos. Mas as empresas possuem capacidade econômica e aconselhamento jurídico competente na contratação, querendo mais liberdade em seu clausulado.

A cada dia, novas mudanças são estudadas para pensar o futuro do mercado. Nenhum ramo pode ser esquecido nessa transformação. O Seguro Garantia tem seu valor, movimentando R$ 1,3 bilhão em prêmios nos primeiros seis meses de 2021. Pelo desenvolvimento das 35 seguradoras do setor e pela demanda crescente no país, a flexibilização deve ser pauta hoje para escrever o futuro do mercado. Fica a reflexão.

Black Friday: Previsul faz campanha voltada para o corretor de seguros 1551

Renato Pedroso é CEO da Previsul / Foto: William Anthony/Arquivo JRS

São até R$ 50 mil em dinheiro, para premiar corretores com vendas realizadas entre 23 e 27 de novembro pelo Cota+, cotador online disponível no Portal do Corretor

No dia 27 de novembro será a Black Friday, importante data comercial, conhecida mundialmente por seus descontos e promoções, que iniciou nos Estados Unidos e já faz parte do calendário comercial brasileiro. E a Previsul Seguradora, referência em seguro multirrisco, não ficou de fora e lançou a campanha de incentivo de vendas “BlackWeek Cota+ R$ 50 mil”, propondo premiações em dinheiro aos seus corretores de seguros.

Veja como é simples participar:

Entre 23 e 27 de novembro, os corretores que realizarem vendas, através do Cota+, dos produtos Acidentes Pessoais Coletivo, Acidentes Pessoais Individualizado e Vida PME (Taxa Média e Global), estão participando.

A partir de R$300 em emissão de prêmios dos produtos participantes, o corretor recebe 10% do valor! Durante a campanha, o corretor pode ganhar até R$3 mil em dinheiro!

Mas precisa ser rápido: a campanha inicia segunda-feira, dia 23 e vai até sexta-feira, dia 27 ou até os R$50 mil em premiações acabarem!

É importante realizar a gestão da carteira, para que o pagamento da primeira parcela das vendas aconteça até 31/12/2020, garantindo assim o recebimento do seu prêmio.

“A Previsul gosta de inovar e, nesse contexto, aproveitamos essa importante data comercial para entregar mais uma vantagem aos corretores que trabalham com a Previsul. Além disso, é uma excelente oportunidade dos corretores que ainda não conhecem, utilizarem nosso cotador digital, o Cota+, já que a campanha só é válida para prêmios emitidos através dessa ferramenta.”, conta Renato Pedroso, presidente da Previsul Seguradora.

O regulamento da campanha está disponível no Portal do Corretor da Previsul. Todos os corretores Previsul podem participar. Se você ainda não é, corre que dá tempo: acesse este endereço e faça seu cadastro digital.

Previsul Seguradora lança novo site focado em negócios e facilidades para o corretor de seguros e para o segurado 1133

Renato Pedroso é presidente da Previsul Seguradora

Com reformulação de layout, conteúdo e estratégia, o novo site foca em auxiliar segurados e corretores de seguro de forma prática e detalhada sobre os benefícios dos produtos

Divulgação
Divulgação

A Previsul Seguradora lança nesta segunda-feira (30) o seu novo site, com novas funcionalidades que dão mais visibilidade aos produtos e ampliam a conexão com corretores e segurados. O lançamento marca mais uma entrega de ferramenta digital da Previsul e está estrategicamente ligado ao posicionamento que a companhia tem adotado de seguradora digital do corretor.

“Sabemos que vender seguros no Brasil não é fácil em função da complexidade dos produtos e, como parceiros do corretor de seguros, queremos auxiliar no aculturamento da sociedade, facilitando a comercialização. Por isso, convidamos alguns corretores parceiros da Previsul para contribuir com o ponto de vista deles e dos segurados, sobre como o novo site da Previsul pode ajudar nessa missão”, conta Renato Pedroso, presidente da Previsul.

“A partir do feedback dos nossos clientes, reunimos um time multidisciplinar para criação dos conteúdos do site, envolvendo as áreas internas de atendimento ao cliente, sinistro, comercial, produtos, TI e marketing. O resultado é um site que aborda, de maneira mais acessível e didática, informações e benefícios dos produtos e assistências comercializados pela Previsul”, completa Pedroso.

Além das páginas individuais de produtos e assistências, as páginas de “Quero ser um corretor” também traz os benefícios de se trabalhar com a Previsul, além do já conhecido cadastro digital; a nova página de “Afinidades” exemplifica como a Previsul atua junto aos negócios de vendas massificadas de seguros e as páginas de “Sinistro” e “Atendimento” auxiliam o segurado nos momentos de necessidade. Conheça o novo site neste endereço.

Com 114 anos e atuação nacional, a Previsul é referência como seguradora Multirriscos no Brasil. Ainda não é corretor Previsul? Faça seu cadastro digital neste endereço.

Previsul quer levar o seguro para mais brasileiros ao celebrar 115 anos 1951

Renato Pedroso é CEO da Previsul / Foto: William Anthony/Arquivo JRS

Campanha “Tá Seguro, Tá Previsul” busca mostrar que coberturas podem estar mais presentes no dia a dia

Segundo levantamento realizado pela Universidade de Oxford, em 2018, apenas 19% dos brasileiros possuíam um seguro de vida, o que representava a menor taxa de cobertura pessoal do mundo. Ainda de acordo com a pesquisa, a média global era de 32%. Com a pandemia do coronavírus, esses números começaram a mudar. De acordo com a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), em 2020, as contratações cresceram 26,2% ante o ano anterior.

Porém, os números citados mostram que a cobertura pessoal no país ainda está longe do ideal. Por isso, a Previsul Seguradora lança, em comemoração ao aniversário de 115 anos, a campanha “Tá Seguro, Tá Previsul”. O objetivo é iniciar um movimento de aculturação do seguro, onde a companhia quer mostrar de forma didática quais são as situações em que o segurado pode acionar as coberturas.

A campanha busca sempre responder uma pergunta que começa com “E se…”, e utiliza situações comuns à população e que podem ser resolvidas por meio das coberturas e assistências de um seguro. Por exemplo: “E se o João quebrar um dente quando joga futebol? Tá Seguro, Tá Previsul”. Com a cobertura de Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas (DMHO), por exemplo, é possível ter o reembolso das despesas com o dentista de forma simples.

Renato Pedroso, presidente da Previsul, explica que a seguradora pretende trazer um novo olhar para o seguro. “Os brasileiros não possuem a cultura da prevenção e, raramente, veem os benefícios das coberturas e assistências do seguro. Por isso, mais do que celebrar nossa trajetória, decidimos olhar para o presente com foco na construção do futuro”.

Se antes as pessoas associavam o seguro de vida somente com a cobertura de morte e o seguro de bens em casos de incêndio e furto, por exemplo, agora, a ideia é ampliar esse horizonte para a população entender que os seguros vão muito além disso.

Previsul apresenta soluções para facilitar a vida dos 6,5 mil corretores de seguros parceiros 523

Renato Pedroso é CEO da Previsul / Foto: William Anthony/Arquivo JRS

Seguradora celebra 115 anos de atuação e mês dos profissionais da corretagem com novo fase de campanha

De acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep) existem mais de 62 mil corretores cadastrados no Brasil. São mais de 62 mil famílias brasileiras que de alguma forma estão envolvidas em garantir mais qualidade de vida e bem-estar a toda uma população. E no mês em que comemoramos o Dia do Corretor de Seguros, mais do que celebrar a data, a Previsul reforça a importância de valorizar esses profissionais todos os dias e lança uma nova fase da campanha que celebra os 115 anos da seguradora, uma referência em multirriscos no país.

“Tá na nossa parceria, Tá na Previsul” apresenta as soluções que a companhia oferece para facilitar o trabalho dos seus 6.500 corretores. “Essa é uma data muito importante para nós, afinal, ela celebra esses profissionais que são determinados e dedicados a efetivamente fazer a diferença no mercado brasileiro de seguros. Por isso, nos preocupamos em oferecer as ferramentas ideais para que nossos corretores possam ir além e se sentirem valorizados não só neste dia, mas todos os dias”, garante o CEO da Previsul, Renato Pedroso.

“E se os corretores forem mais valorizados?”, “E se a venda for onde o cliente estiver?”, “E se o sinistro for mais simples?” são algumas das situações trazidas pela campanha para abordar de forma prática os diferenciais da seguradora. A começar pela Diversidade de Produtos: entre seguros pessoais e empresariais, são mais de 15 opções de seguros e 60 tipos de coberturas da Previsul que atendem diferentes necessidades das famílias e empresas brasileiras.

Além disso, os corretores da seguradora também contam com diferentes Canais de Cobrança e soluções digitais que agilizam o trabalho, como o Sinistro Digital e o Link Venda Fácil. “Por meio de um link específico, criado pelo próprio corretor através do Cota+, é possível dar autonomia ao cliente para fechar a venda na ponta. Já com o nosso Sinistro Digital, corretores, estipulantes e segurados conseguem fazer abertura e acompanhamento do sinistro em um processo 100% online e muito mais simples”, conta Pedroso.

“Tá Seguro, Tá Previsul”

Em agosto, a Previsul completou 115 anos de atuação. Para comemorar, a seguradora lançou uma campanha de aculturação do seguro, intitulada “Tá Seguro, Tá Previsul”, a fim de mostrar que as coberturas securitárias estão mais presentes no dia a dia do que imaginamos.

Santander lança Seguro Transações, que reembolsa transferências irregulares sob coação 338

Santander lança Seguro Transações, que reembolsa transferências irregulares sob coação / Foto: Towfiqu Barbhuiya / Unsplash Images

Cobertura garante o reembolso de valores movimentados digitalmente sob ameaça

O Santander lança o Santander Seguro Transações, modalidade criada para proteger o cliente pessoa física que realiza, sob coação, transferências via Pix, DOC, TED e TEF. A contratação do seguro estará disponível para todos os correntistas pessoa física do Santander até novembro e poderá ser feita pelo aplicativo e nos caixas eletrônicos do Banco.

Três diferentes planos, ofertados de acordo com o segmento do cliente, terão mensalidades de R$ 9,99, R$ 18,99 ou R$ 24,99, e cobertura anual de R$ 3,5 mil, R$ 8 mil ou R$ 20 mil, respectivamente. O cliente contará com a proteção do seguro quando ele for coagido a realizar um Pix ou uma transferência a partir de sua conta corrente no Santander, respeitando um período de carência. No caso de fraudes e golpes, a orientação é que o cliente se certifique, antes de realizar suas movimentações, sobre a idoneidade do destinatário dos recursos, já que este tipo de transação não será coberta pelo novo seguro.

O novo Seguro também indenizará o cliente nos casos de um bem adquirido com o Pix Santander e roubado em até sete dias após seu recebimento, com valores que variam de R$ 1 mil a R$ 3 mil dependendo do plano.

“Os crimes envolvendo operações online migram o tempo todo e, atualmente, estão mais expostas as pessoas que possuem aplicativos bancários habilitados no celular. Criamos o produto para dar ainda mais segurança a esses clientes e levar um pouco de tranquilidade a quem eventualmente passar por situações de risco, insegurança ou coação em eventos traumáticos, como um assalto ou sequestro relâmpago”, analisa Marcelo Labuto, diretor de Produtos Pessoa Física do Santander Brasil.

Cuidados para não cair em golpes

O Santander segue as normas de prevenção estabelecidas pelo Banco Central e investe constantemente em sistemas de proteção para preservar as transações de seus clientes, além de adotar rígidos protocolos de segurança online. O Banco orienta continuamente os correntistas a se certificarem sobre a idoneidade do destinatário dos recursos antes de realizarem qualquer transferência.

O Banco ainda reforça aos clientes, em suas comunicações e canais de atendimento, a importância de proteger suas informações para que não ocorra seu uso indevido e consequente prejuízo financeiro. Entre as principais recomendações está a de jamais salvar senhas em blocos de notas ou compartilhá-las por aplicativos de mensagens e e-mail. O próprio sistema da instituição favorece o uso de padrões biométricos e impede o cadastramento de senhas sequenciais, por exemplo, como forma de dificultar a ocorrência de fraudes.