Revista JRS Especial traz os Destaques do Mercado Brasileiro de Seguros em 2021 4829

Edição 255 da publicação é um verdadeiro anuário do setor em nível nacional

Recordar é viver. E lembrar de momentos especiais ao lado de figuras ímpares do mercado de seguros é ainda melhor. Por isso, a edição 255 da Revista JRS destaca a noite inesquecível do dia 29 de outubro de 2021, quando foram revelados os Destaques do Mercado Brasileiro de Seguros durante o 19º Troféu JRS, realizado em formato híbrido com a presença de 1 mil convidados em plateia virtual e presença física dos reconhecidos.

Além disso, a edição 2021 da tradicional cerimônia, mais uma vez, deu voz aos espectadores e leitores do JRS. Pelo sexto ano consecutivo foram realizadas votações onde o público decidiu quem seriam os reconhecidos.

Ao longo das páginas da publicação, que formam um verdadeiro anuário em seguros, você irá rememorar quem foram os agraciados com as honrarias do Troféu JRS, realizado há 19 anos e idealizado por nosso fundador, Jota Carvalho.

“Quando tinha meus 6, 7 anos, meu pai me levava com ele para a primeira redação do JRS. Os que estão há mais tempo no mercado vão se lembrar deste primeiro escritório, bem na Praça da Alfândega – no Centro de Porto Alegre. Nos bancos daquele lugar considerado histórico começava a história do JRS, pelas mãos do nosso fundador Jota Carvalho, meu pai. Através daqueles textos, feitos em uma época em que a internet não era um grande buscador como é hoje, com informações que ele buscava nos bastidores e em publicações locais, ele tinha como missão auxiliar o mercado de seguros a se comunicar e promover sua cultura. Primeiramente essa comunicação aconteceu através de um papel jornal, que tinha 6 páginas e saía tinta nas mãos”, rememorou a CEO do JRS, Júlia Senna.

Fenacor cria projeto para orientar Sindicatos na Convenção Coletiva do Trabalho (CCT) 562

CNSP vai definir como funcionará entidade autorreguladora de seguros

Coordenação da iniciativa está sob comando de Wilson Pereira, Presidente do Sincor-PR

Wilson Pereira é Presidente do Sincor-PR / Arquivo JRS/Reprodução
Wilson Pereira é Presidente do Sincor-PR / Arquivo JRS/Reprodução

A Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) criou o “Projeto CCT” para servir de base nas negociações da Convenção Coletiva do Trabalho, seja no aspecto administrativo ou jurídico, entre outros. A coordenação está a cargo do Presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Paraná (Sincor-PR), Wilson Pereira.

O projeto está coletando, junto aos presidentes do Sincors, informações sobre as suas respectivas CCT’s, incluindo proposições e informações gerais. O objetivo é centralizar o recebimento e elaborar demonstrativo das condições de cada CCT para posterior conhecimento de todos, através de planilha informativa para os Sincors.

Em reuniões futuras, será feito ainda o planejamento das ações para os próximos anos. Para tanto, é imprescindível que todos os presidentes enviem as informações dos seus sindicatos, para inclusão no projeto. “Antecipadamente, analisamos o material já recebido e constatamos divergências que só o tempo nos permitirá termos atuação parametrizada e unificada, pois existem divergências regionais e operacionais que dificultam a equalização no curto prazo”, explica Wilson Pereira.

Contudo, já para a Convenção Coletiva do Trabalho de 2022, a intenção é oferecer orientação quanto às cláusulas econômicas e ao índice de correção salarial, menor ou igual à variação do índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC , no caso atual, de 10,16%. “O período de transformações que estamos vivendo exige cautela e vigilância para que as despesas das Corretoras de Seguros não sejam superiores às suas receitas para os próximos períodos”, observa Pereira.

O Presidente do Sincor-PR acrescenta que serão respeitadas as diferenças regionais e as decisões de cada Sincor, pois podem existir parâmetros diferentes em termos de Salário Base e/ou benefícios diferenciados, inclusive até da quantidade menor de empresas Corretoras de Seguros, que possibilitam concessões de correções salariais com ganho real. “Este é um fator que consideramos normal existir. Mas, muitas vezes, dificulta as negociações dos demais Sindicatos, pois embora existam parâmetros e condições diferenciadas em cada CCT, o Sindicato dos Securitários sempre utilizará como exemplo os índices maiores concedidos para considerar em suas proposições”, comenta o coordenador do Projeto CCT.

Por essa razão, é importante ter como referência a orientação da Fenacor, no sentido de haver um “norte” a seguir para colaborar no momento da negociação de cada Sincor.

Outro fato importante nas negociações é a última reforma trabalhista, a qual permitiu livre negociação entre trabalhador e empregador através de Contrato de Trabalho, permitindo, inclusive, não haver necessidade de Convenção Coletiva de Trabalho. Assim, há condições favoráveis para negociações mais justas, com equilíbrio e bom senso entre os direitos e obrigações de ambos na CCT.

Neste momento, ainda estão sendo realizadas as negociações para fechamento do dissídio 2022. A orientação é para que cada Sincor, dentro de sua possibilidade, conceda em sua CCT, no máximo, a variação da inflação em 2021, com base nos seguintes índices (variação nacional):

  • IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo: 10,06%; ou
  • INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor (Variação Nacional): 10,16%.

O IPCA, que engloba uma parcela maior da população, aponta a variação do custo de vida médio de famílias com renda mensal de 1 a 40 salários mínimos.

Já o INPC verifica a variação do custo de vida médio apenas de famílias com renda mensal de 1 a 5 salários mínimos. Esses grupos são mais sensíveis às variações de preços, pois tendem a gastar todo o seu rendimento em itens básicos, como alimentação, medicamentos, transporte, etc.

Pereira reforça ainda que a negociação dos diferentes estados, na medida em que são efetivadas, é usada como argumentação pelos sindicatos laborais onde os termos ainda se encontram em discussão. “Neste sentido, julgamos importante mantermos alguns padrões definidos como orientação pela Fenacor para facilitar as negociações de todos”, frisa.

Além disso, outro fator importante a considerar como blindagem e o bom relacionamento na negociação é sempre informar que embora haja reunião com a Diretoria Executiva para definição do percentual de correção salarial e das demais cláusulas da Convenção a decisão final caberá à Assembleia Geral.

Por fim, Wilson Pereira reafirma a importância de todos enviarem suas informações para que se conclua um trabalho conjunto e para que, no próximo dissídio, “possamos ter as definições antecipadamente”.

Auto Compara entra em serviços automotivos e mira consumidor que está fora do mercado de seguros 445

Newton Queiroz é CEO da Europ Assistance Brasil e da CEABS / Divulgação

Insurtech do Santander, em parceria com a Europ Assistance, vai oferecer pacote com reboque, socorro mecânico e meio de transporte alternativo, além de monitoramento e localização de veículos

O Auto Compara, plataforma de contratação de seguros do Santander, firmou parceria com a Europ Assistance Brasil – multinacional presente em mais de 200 países e líder mundial em assistências – para democratizar o acesso a serviços automotivos. A estratégia das duas empresas é atender a motoristas com um pacote de comodidades que, tradicionalmente, ficam restritas a quem possui cobertura das seguradoras. Outro público-alvo são proprietários de veículos com mais de dez anos de uso, devido às limitações para a contratação de seguro.

Para cumprir o propósito de facilitar o acesso aos serviços, a solução chega ao consumidor ao custo de R$ 49,90 por mês. O pacote inclui serviço de monitoramento e localização para casos de roubo e furto, além de assistências automotivas como reboque, socorro mecânico ou por pane seca, além de meio de transporte alternativo para o motorista e passageiros. O cliente ainda recebe assistência despachante e concierge automotivo para renovação da CNH, mudança de categoria, transferência de veículos e agendamento de revisão do automóvel.

A expectativa é que por meio da parceria as empresas possam oferecer a facilidade dos serviços de assistência automotiva a uma população que hoje não é assistida, dado a baixa penetração de seguros automotivos no Brasil. Um estudo desenvolvido pelas maiores seguradoras com atuação local estima que mais de 70% da frota de veículos do País não é segurada. O Brasil aparece apenas na 50ª posição global em gastos per capita com seguros.

Segundo Ronaldo Rondinelli, CEO do Auto Compara, o plano de negócios tem como meta inicial alcançar 300 mil contratos em três anos. “Com este lançamento, estamos ampliando a nossa atuação no setor automotivo, com um pacote de assistências bastante atrativo a uma parcela significativa de potenciais clientes”, afirma. O executivo explica que, hoje, entre os consumidores que acessam a plataforma em busca de proteção veicular, uma parcela desiste da contratação devido ao custo, ou por não fazer parte da base elegível das seguradoras.

O Auto Compara é uma plataforma 100% digital, controlada pelo Santander, para cotação, comparação e contratação de seguros de carro e moto de seis seguradoras (HDI, Liberty, Sompo, Tokio Marine, Zurich e Allianz, que a partir deste ano conta também com toda a carteira da SulAmerica). Além de oferecer a venda online de proteção para o veículo, a insurtech transformou a experiência do cliente no processo de contratação em uma operação simples, rápida e acessível. A jornada completa – do preenchimento de dados pessoais, informações do carro ou da moto, até a efetivação da compra – pode ser feita em apenas três minutos.

“Trata-se uma oportunidade de negócio crescente e robusta. Nesse sentido, as duas companhias ressaltam o peso dessa parceria, que, além de reunir soluções bastante vantajosas, contribui para a o acesso de forma massificada dos serviços de assistência”, completa Rondinelli.

Segundo Newton Queiroz, CEO da Europ Assistance, a oferta das soluções de assistência por meio do Auto Compara vai fazer com que a multinacional alcance um número cada vez maior de possíveis clientes no Brasil. “Esse movimento estratégico reforça o nosso plano de ampliação dos negócios, pensando sempre na facilidade e na praticidade para o consumidor”, avalia Queiroz.

Este movimento, vai de encontro com a estratégia da Europ Assistance, em termos de diversificações de canais e foco na maior penetração de produtos de proteção a sociedade. “Nós trabalhamos no ramo de proteção, ou seja, nossos produtos visam atender pessoas em momentos de possível vulnerabilidade, através de uma prestação de qualidade, é possível ter um resultado extremamente positivo ao cliente. O mais interessante nesta pareceria, é o encontro de duas empresas com a visão de democratizar a proteção com mais opções em produtos para seus clientes”, finaliza Queiroz.

O CEO da Europ Assistance destaca que a facilidade de acesso a serviços que antes estavam condicionados apenas às apólices de seguros amplia o alcance da companhia e projeta as ferramentas de assistência o caminho ideal para todos os públicos que buscam proteção do veículo.

Icatu foca em mercado imobiliário com atualização do Icatu Garantia de Aluguel 360

Marcelo Oliveira é diretor de Capitalização da Icatu / Divulgação

Título de capitalização de garantia locatícia agora conta com opção de parcelamento em cartão de crédito

A nova rotina de home office e ensino a distância trazida pela pandemia alterou a relação das pessoas com suas moradias, o que fez o mercado imobiliário se reinventar com novas estratégias. Além disso, é cada vez mais clara a demanda do consumidor por produtos simples e de fácil contratação, que ofereçam taxas atrativas e facilidades de pagamento. Com market share de 9,2% no segmento de Capitalização, a Icatu apresenta uma nova atualização em seu produto Icatu Garantia de Aluguel, um título de capitalização que substitui o fiador ou seguro-caução nos contratos imobiliários de locação de imóveis, que agora conta com possibilidade de contratação facilitada em até 12 parcelas divididas no cartão de crédito.

“A adoção de títulos de capitalização como garantia locatícia é uma tendência que se consolida cada vez mais no mercado imobiliário brasileiro porque é uma operação segura, ágil e muito prática, tanto para as imobiliárias, quanto para os donos de imóveis e os locadores. Além de devolver ao cliente o valor integral do título no final do prazo. Só no ano passado, tivemos um crescimento de 13% em volume de negócios desse tipo de produto em relação a 2020. E agora, com a opção de pagamento parcelado no cartão de crédito, ela se torna uma solução ainda mais acessível”, afirma o diretor de Capitalização da Icatu, Marcelo Oliveira.

A Icatu é o quinto maior grupo econômico no país em Capitalização, com mais de R$ 3 bilhões em provisões. A seguradora acredita que as vendas parceladas no cartão irão representar mais de 20% das vendas novas desse produto ao longo do ano. Atualmente, o produto Icatu Garantia de Aluguel representa 34% do faturamento de Capitalização da companhia.

“Nossa visão é que o ticket do produto, que geralmente é um múltiplo do valor do aluguel, para algumas pessoas acaba sendo um limitador. Com a possibilidade de parcelar esse valor, tornaremos o Icatu Garantia de Aluguel mais acessível aos consumidores de uma maneira geral”, complementa Oliveira. Assim como acontece no seguro fiança, o consumidor vai analisar se aquela parcela está dentro do orçamento dele, com o diferencial que ele resgata o valor do título no final do prazo.

Benefícios

O Icatu Garantia de Aluguel funciona para contratos de 12, 15, 18 e 30 meses, para a locação de imóveis residenciais ou comerciais. A contratação é feita de forma simples, sem avaliação de crédito, e é realizada uma única vez, válida por todo o período de locação. O valor da garantia é combinado diretamente entre o locador e locatário, que recebe 100% do valor do título ao final do contrato de locação, caso não haja qualquer tipo de inadimplência. Por se tratar de um título de capitalização, o locatário tem direito a participar de sorteios mensais no valor total do título. Cada cliente receberá um número da sorte com seis dígitos, com sorteios realizados através da Loteria Federal. Além disso, a contratação também dá direito a coberturas de assistência residencial, como chaveiro, vidraceiro, eletricista, encanador e conserto de eletrodomésticos.

Por sua vez, o locador terá, entre os principais benefícios, direito de fazer o resgate do valor garantido em caso de inadimplência no pagamento do aluguel a qualquer momento, com liquidez imediata, da mesma forma que o processo de cobrança dos valores em aberto e da desocupação do imóvel contam com o apoio da Icatu.

Seguros SURA expande atuação no Nordeste 582

Tiago Melo é Líder de Canais Seguros SURA / Reprodução/Rede Social

Ampliação terá como foco desenvolver o varejo através de soluções nessa região

Reconhecendo o altíssimo potencial destas regiões, a Seguros SURA – já presente no Nordeste – reforça seu campo de atuação com foco em expansão.

Hoje, o Nordeste é responsável pelo terceiro maior PIB do Brasil por região, além de concentrar quase 20% das frotas de todo o país. Só o estado da Bahia possui 967.082 empresas, sendo a maioria de comércio e serviços.

A SURA terá Gestores de Canais nas cidades de Salvador, Recife e Fortaleza. Em Recife, o time conta com o apoio da Gestora de Canais, Andrea Monteiro, e, Alonso Santos como Gestor de Canais em Salvador. Já para coordenar a região Nordeste como um todo, estará à frente o Líder de Canais, Tiago Melo.

A decisão por essas localidades específicas vem do fato de os estados da Bahia, Pernambuco e Ceará representarem 67,5% de todos os corretores ativos do Nordeste. Dentre elas, o destaque da atividade está na Bahia, considerado o sexto estado com maior quantidade de empresas no país.

O foco da ampliação da SURA no Nordeste é desenvolver o varejo da região através de soluções de seguros, já que as maiores atividades econômicas são o comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios, além do varejo de mercadorias em geral, como minimercados, mercearias e armazéns, responsáveis por mais de 400.000 empresas.

Com a expansão, a SURA continua se desenvolvendo em busca de construir ações cada vez mais integradas, conectadas e eficientes, oferecendo inovação e segurança a todas as regiões do país e considerando as particularidades de cada uma delas.

“Temos um grande desafio pela frente e juntos vamos expandir nossa atuação fortalecendo ainda mais nossa presença em toda a região. A SURA pode oferecer serviços e produtos de qualidade que atendam às atuais e novas demandas de mercado na região diversificando ainda mais nossas soluções com os clientes”, comenta Tiago Melo.

Com foco em marketing para o mercado de seguros, plataforma PromoDigital ganha nova funcionalidade 547

Com foco em marketing para o mercado de seguros, plataforma PromoDigital ganha nova funcionalidade / Foto: Lilly Rum / Unsplash Images

Ferramenta criada pela Porto Seguro é pioneira no ecossistema brasileiro

A PromoDigital, sistema online que oferece aos corretores de seguros, soluções digitais para que possam construir campanhas de marketing 360°, apresenta uma nova aplicabilidade nesse começo de ano. “Procuramos sempre evoluir com a plataforma, assim adicionamos uma nova funcionalidade que permite com que o corretor insira seu número de WhatsApp diretamente em banners digitais, publicações no Facebook e em e-mails marketing criados na PromoDigital. Assim, possibilitando ao cliente entrar em contato com o corretor de forma ágil e prática em apenas um clique”, orienta o Gerente de Trade Marketing, Samuel Nery.

A qualidade da ferramenta foi atestada por uma pesquisa realizada no ano passado com mais de 300 corretores que utilizam os serviços da PromoDigital. Nesta pesquisa, 89% dos corretores se sentiram satisfeitos com a plataforma e 82% afirmaram que a plataforma aumenta o seu fluxo de negócios.

A plataforma oferece um portfólio completo de soluções que englobam disparo de até 5 mil e-mails marketing por mês, banners digitais, posts para Facebook e Instagram, imagens para compartilhar via WhatsApp, gifs, vídeos, landing pages, apresentações comerciais por produto e materiais impressos, como banners, folhetos e cartazes.

Para acessar a plataforma PromoDigital, basta ir ao portal Corretor Online e seguir a sequência de cliques: Gestão e Marketing > Gestão de Vendas > Funcionalidades para Vendas > Materiais de Divulgação > Acesse.