CVG RS reúne diretoria e traça metas para 2022 429

CVG RS reúne diretoria e traça metas para 2022 / Fotos: Filipe Tedesco/JRS

Momento protagonizou momentos de reencontro e conexão entre integrantes da entidade

O Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG RS) reuniu a diretoria da entidade em almoço de confraternização de final de ano nesta quinta-feira (16). O restaurante Famiglia Facin, na Capital gaúcha, foi cenário de momentos de reencontro e conexão entre os integrantes da entidade.

“Todos passamos por momentos desafiadores nos últimos anos e ter a oportunidade de estarmos juntos, celebrando as conquistas do setor, seus profissionais e empresas é algo que faz sentido para o atual momento que todos estamos vivendo”, destacou a presidente Andréia Araújo.

Para o próximo ano, a diretoria, sob a liderança de Andréia, traça a realização dos tradicionais eventos da entidade, como a Festa Destaques do Mercado de Seguros de Vida, a Feijoada do CVG RS e a Jornada de Vida e Benefícios, além dos encontros mensais. “Realizamos um belo trabalho até aqui e para 2022, com a situação de saúde mais estável, esperamos fomentar ainda mais a cultura do nosso setor”, finalizou.

Andréia Araújo é presidente do CVG-RS / Foto: Filipe Tedesco/JRS
Andréia Araújo é presidente do CVG-RS / Foto: Filipe Tedesco/JRS
Andréia Araújo, Presidente, e Jean Figueiró, Diretor do CVG-RS / Foto: Filipe Tedesco / JRS
Andréia Araújo, Presidente, e Jean Figueiró, Diretor do CVG-RS / Foto: Filipe Tedesco / JRS

Tribunal reconhece recebimento indevido de seguro de vida por embriaguez de motorista 483

Tribunal reconhece recebimento indevido de seguro de vida por embriaguez de motorista / Foto: Rodrigo dos Reis / Unsplash Images

TJ-SP reconhece improcedência da pretensão de recebimento da importância segurada

A embriaguez do motorista exclui a responsabilidade da seguradora, prevista em contrato, de pagar o seguro de vida ao beneficiário da vítima fatal de um acidente de moto. Esse foi o entendimento da 26ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo ao rejeitar a apelação do beneficiário do seguro que pleiteava a indenização.

A advogada Janaína Andreazi / Divulgação
A advogada Janaína Andreazi / Divulgação

O escritório Chalfin, Goldberg & Vainboim Advogados, sustentou, em defesa da seguradora Prudential do Brasil, que o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro prevê expressamente como crime a condução de veículo por pessoa com concentração de álcool igual ou superior a 0,6 dg/l de sangue “A negativa do pagamento da indenização securitária encontra respaldo no Código Civil, no artigo 768, que trata da perda do direito à garantia do segurado se agravar intencionalmente o risco. Neste caso há clara evidência de existência de nexo causal entre o advento do acidente e o estado de embriaguez do segurado”, afirma a advogada Janaína Andreazi, que liderou a equipe de defesa da seguradora.

Uma testemunha envolvida no sinistro declarou à polícia que o segurado trafegava em alta velocidade na contramão e acabou colidindo com um carro que trafegava regularmente.

O tema é bastante controverso no mercado e na jurisprudência nacional, embora o contrato de seguro de vida preveja a exclusão da cobertura securitária para sinistros resultantes de atos ilícitos praticados pelo segurado. “Importante observar que as cláusulas limitativas de garantias securitárias devem ser interpretadas restritivamente, sob a luz do princípio da boa-fé, que é orientador de todos os contratos – com destaque especial ao contrato de seguro -, sobretudo em se tratando de relação de consumo, de modo que se houver prova de que o incremento do risco foi voluntário e de que a embriaguez do segurado foi causa determinante para a ocorrência do sinistro, é legítima a exclusão da cobertura e o reconhecimento do agravamento”, conclui a advogada Janaína Andreazi

O TJ-SP reconheceu a improcedência da pretensão de recebimento da importância segurada, entendendo que a embriaguez representou fator preponderante de agravamento do risco de acidente, uma vez que a conduta é tipificada como infração de natureza gravíssima pelo artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro e como crime pelo artigo 306 do mesmo texto normativo.

HDI Vida PME passa a contar com novas coberturas e assistências para contratação 461

Mauricio Galian é o novo Vice-Presidente Técnico da HDI Seguros

Saúde em Dia e Desconto farmácia e cobertura de despesas médicas, hospitalares e odontológicas são algumas das novidades

O HDI Vida PME – seguro de vida voltado para pequenas e médias empresas desenvolvido pela HDI Seguros em parceria com a Icatu – conta com novas coberturas e assistências para incrementar o já robusto portfólio da HDI, que oferece ao segmento das PMEs desenho flexível e processo de contratação ágil e simplificado.

Entre as novidades, estão a cobertura Alteração de Casa e/ou Modificação de Veículo, que garante o reembolso para despesas de adaptação residencial ou veicular – em caso de acidente pessoal coberto –, e a cobertura de Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas, agora presente também no produto HDI Vida PME – Vida a Vida.

Já as novas assistências englobam o Kit Natalidade via cartão, com limites de R$ 300,00, R$ 600,00 e R$ 900,00; Saúde em dia e Desconto Farmácia, que tem por objetivo ofertar serviços médicos e odontológicos particulares de qualidade com preços reduzidos e descontos de medicamentos em estabelecimentos credenciados, e a assistência Funeral Individual e Familiar que passam a ter novos valores: R$ 7.000 e R$ 10.000.

“Buscamos estar cada vez mais em sintonia com o mercado de pequenas e médias empresas, de olho no que esse segmento precisa para se desenvolver de forma saudável e robusta. As novas coberturas e assistências do HDI Vida PME contribuem para fazer do seguro de vida um serviço ainda mais importante no pacote de benefícios oferecidos aos colaboradores no atual cenário”, comenta Mauricio Galian, Vice-Presidente Técnico da HDI Seguros.

Os novos serviços já estão em vigor para o HDI Vida PME: Vida a Vida e HDI Vida PME: APC. Para o HDI Vida PME: Capital Global, essas novidades chegarão em breve.

Plano de saúde nacional, serviços odontológicos e seguro de vida são tendências empresariais em 2022 619

Plano de saúde nacional, serviços odontológicos e seguro de vida são tendências empresariais em 2022 / Foto: Andrea Piacquadio / Pexels

Empresa indica que oferta de boas vantagens contratuais pode fazer toda a diferença no momento de atrair e reter os melhores talentos

Um levantamento realizado pela Pipo Saúde, startup de tecnologia que transforma a maneira que as empresas contratam e gerem plano de saúde, indicou quais as grandes apostas para 2022 com relação aos benefícios de saúde ofertados pelas empresas aos seus colaboradores. Entre os destaques estão as vantagens com abrangência nacional, que contemplem planos de vida e odontológico, e que ofereçam soluções de bem-estar físico e emocional.

A “Pesquisa de Benefícios de Saúde e Bem-estar Pipo 2021” foi realizada com o objetivo de analisar as principais tendências das companhias de tecnologia e unicórnios no quesito pacote de benefícios para seus funcionários. A oferta de vantagens contratuais é uma das principais estratégias para as empresas se destacarem no mercado, além de atraírem e reterem os melhores colaboradores para seus times. Esses benefícios podem estar relacionados a diversas frentes de atuação, como: saúde e bem-estar, educação, entretenimento, alimentação, locomoção, entre outras, sendo que os ligados ao setor da saúde são os mais visados pelos trabalhadores.

Confira abaixo as tendências para 2022 de acordo com o estudo da Pipo Saúde:

Benefícios de saúde mental

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas na América Latina, o que representa uma preocupante situação com relação à saúde mental da população. Por isso, uma das grandes tendências para 2022 é a oferta de benefícios de bem-estar com foco em saúde mental. Com base nos dados levantados pela Pipo Saúde, 67% das empresas de tecnologia que não oferecem esse tipo de vantagem planejam ofertá-la nos próximos 12 meses, entendendo a sua importância para o colaborador e o impacto que ela causa no processo de recrutamento e seleção.

Benefícios de bem-estar físico

Por conta da pandemia de Covid-19 e do isolamento social, muitas pessoas deixaram de praticar exercícios físicos, o que pode ocasionar diversos problemas de saúde, como dores corporais, alterações de metabolismo e doenças crônicas. Segundo a pesquisa da Pipo Saúde, 63% das empresas que ainda não oferecem alguma opção de benefício para o bem-estar físico planejam passar a ofertar em 2022.

Plano de saúde com abrangência nacional

Com a implementação do modelo de trabalho remoto, muitas empresas abriram suas portas para colaboradores de todo o país, fazendo-se necessária a oferta de um plano de saúde com abrangência nacional. Hoje, mais de 90% das empresas já oferecem um plano com cobertura em todo o Brasil, e desta forma, não oferecer esse benefício pode significar ficar atrás na corrida por talentos.

Oferta de plano odontológico e seguro de vida

O plano de saúde dental e o seguro de vida tornam o pacote de benefícios de saúde ainda mais completo. De acordo com o estudo realizado pela Pipo Saúde, essas vantagens devem crescer em 2022: 43% das empresas planejam oferecer o benefício de saúde bucal e 38% planejam contratar um seguro de vida para seus colaboradores.

Com receio da pandemia, jovens colaboram para alta dos Seguros de Vida no Brasil 481

José Florippes é Diretor de Vendas de Seguro da Omint / Divulgação

Aumento da procura entre o público foi de 120% em 2021 e segue em crescimento

O receio de deixar os familiares desamparados repentinamente durante a pandemia gerou um movimento inédito entre o público jovem na busca por seguro de vida. A procura subiu mais de 120% nos dois primeiros meses de 2021 e inicia 2022 em crescimento, segundo dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

De acordo com a autarquia, em 2021 houve um aumento, em média, de 11,4% em todo o país na contratação de seguro em comparação ao mesmo período do ano anterior. Esse número ainda pode ser maior dependendo da corretora e da característica do seguro. Para o diretor de Vendas de Seguros na Omint, José Florippes, “esse movimento crescente vem chamando a atenção do mercado de seguros, uma vez que o público jovem costuma ser menos propenso a fazer planos para proteger a renda e a família”, afirma.

No caso da Omint Seguros, há opções para diferentes perfis financeiros e idades, como esclarece Florippes: “muitas vezes, tanto os responsáveis quanto o próprio estudante ainda não inseriram a educação no planejamento financeiro. É fundamental ter essa área definida dentro do orçamento, seja para as primeiras etapas da vida, como um colégio, curso de idiomas ou mesmo para o início da vida adulta com a faculdade ou, ainda, focado em um intercâmbio. É necessário ter aportes que contemplem cada particularidade, com previsibilidade para algum evento inesperado, de forma que se algo aconteça, o patrimônio não seja comprometido. E diante desses contratempos, o seguro de vida, como elemento de um planejamento financeiro sólido, possibilitará uma formação educacional tranquila e perene, com a proteção financeira merecida”.

A pesquisa também aponta um outro perfil que tem se interessado pelo seguro de vida: são casais jovens, com uma relação não oficializada, mas que desejam assegurar o parceiro como beneficiário. Como o seguro de vida possibilita que o segurado escolha os beneficiários da sua apólice, independente do vínculo civil, é visto como uma opção viável para esse público. “Optar pela adesão de um seguro de vida é assegurar um aporte financeiro que possibilite o investimento nos seus sonhos, sejam eles de curto, médio ou a longo prazo, tendo a certeza de que o parceiro não será prejudicado ou reduzido, garantindo assim a promoção e a estabilidade da qualidade de vida para alcançar a longevidade e a segurança financeira em quaisquer eventualidades”, finaliza Florippes.

Grupo Aspecir tem oportunidade para profissional na área Técnica/Atuarial 688

Grupo Aspecir tem oportunidade para profissional na área Técnica/Atuarial / Foto: Thought Catalog / Unsplash Images

Vaga é para atuação na cidade de Porto Alegre (RS)

O Grupo Aspecir, holding com atuação nos segmentos de Previdência Privada, Seguro de Vida e Empréstimos, contrata profissional para atuar na equipe da área Técnica/Atuarial. A posição é para atuação na cidade de Porto Alegre (RS).

Entre os principais requisitos estão: Graduação em Ciências Atuariais (ou em andamento), experiência consolidada no mercado de seguros (ramo Vida) e domínio do Pacote Office. É desejável que a pessoa contratada tenha conhecimento na legislação vigente do setor segurador.

Entre as principais atribuições desta oportunidade estão a análise técnica de riscos, o acompanhamento da carteira de produtos e demais rotinas pertinentes aos setores técnico de seguros e atuarial.

Com carga horária de segunda a sexta-feira, a empresa oferece Vale Transporte, Vale Refeição, Vale Alimentação e Plano de Saúde entre os benefícios.

Gostou? Envie seu currículo com pretensão salarial para vagas@grupoaspecir.com.br!

Divulgação
Divulgação