Austral Seguradora aborda o Seguro Garantia no “Austral Talks”

Lançada em julho, série em vídeos trouxe conteúdo sobre Seguros Marítimos em sua estreia

Uma das linhas mais estratégicas do mercado e com tendência de crescimento nos próximos anos por conta de investimentos em infraestrutura, o Seguro Garantia é o novo tema do Austral Talks. Idealizado pela Austral Seguradora, a série de conteúdos em formato multimídia traz temas relevantes, com análises do time de especialistas da companhia. Nesta edição, o diretor Comercial da companhia, Rafael Gama, comenta sobre as expectativas do setor e o cenário que promete aquecer o mercado nas apólices de Seguro Garantia.

Publicidade
Agrifoglio Vianna no JRS

“Temos novidades regulatórias como a Circular 662, tão esperada pelo mercado, que vai dar mais liberdade e agilidade aos contratos, possibilitando a criação de soluções diferenciadas, de acordo com a necessidade de cada cliente. Outra boa expectativa são os julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, o CARF. Depois de dois anos de julgamentos suspensos por conta da pandemia, há um volume enorme represado: já são mais de R$ 1 trilhão em processos a serem julgados em sua retomada”, conta Rafael Gama.

Os vídeos podem ser assistidos no perfil do LinkedIn da companhia. Para a responsável pelo Marketing da Austral Seguradora, Maria Fernanda Pinheiro, a proposta do Austral Talks é reforçar o compromisso que a empresa tem em manter seus clientes e parceiros atualizados sobre assuntos atuais que estejam impactando o mercado. “Acreditamos que o nosso diferencial está no conhecimento técnico que o nosso time de especialistas possui. Somos uma marca que oferece muito mais do que soluções em seguros. Queremos entregar valor para nossos clientes e parceiros e contribuir com o desenvolvimento do mercado”, afirma Maria Fernanda.

Esse é o segundo episódio da série de vídeos. No primeiro, que foi ao ar em julho, nos canais digitais da companhia, o head de Seguros Marítimos, Bruno Alamino, comentou os impactos do lockdown na China sobre a cadeia logística de transportes. O executivo destacou como esse cenário pode influenciar a economia mundial, uma vez que a China responde por 12% do comércio global e 80% dele é realizado por via marítima.

Publicidade

Artigos Relacionados