Baixo número de investidores é uma questão cultural brasileira

Consultor financeiro César Karam, compara o cenário de investimentos do Brasil com outros países e propõe mudanças

Observar diariamente os números da bolsa de valores, ou meramente entender sobre questões econômicas do mundo dos investimentos pode parecer extremamente complexo para a maior parte dos brasileiros. Porém, essa não é a realidade de todos os lugares. Enquanto no Brasil menos de 3% da população faz investimentos constantes, em países como Estados Unidos, esse número pode chegar a mais de 50%, se tornando parte do dia a dia dos cidadãos.

Publicidade
GBOEX no JRS

Para o consultor financeiro César Karam, a explicação para a discrepância entre os dois países está em questões educacionais e financeiras. “Tem um caso de um zelador nos Estados Unidos que se aposentou com US$ 8 milhões, só porque investiu em ações todos os meses da vida dele”, exemplifica. Para ele, a história do americano demonstra que não é necessário um conhecimento profundo sobre o mercado de ações para se conseguir realizar bons investimentos e obter grandes lucros. “Aqui não estamos ficando milionários porque falta educação financeira, porque não tem isso nas escolas desde cedo”, opina.

César Karam defende ainda, que aqueles que já estão envolvidos com os investimentos precisam redobrar a atenção para manter estratégias efetivas, preparo e método, “Às vezes, a pessoa não está ganhando dinheiro porque não tem um preparo para seguir um método. Tudo que ele precisa é de um método simples, claro e eficiente”, afirma.

O consultor financeiro alerta ainda para o grande volume de informações confusas que podem ser encontradas na internet. De acordo com ele, muitas vezes, há tantas pessoas falando sobre diversos assuntos que o internauta pode se perder e deixar de aproveitar o que há de melhor no mercado financeiro: o longo prazo. “Investir é ridiculamente fácil, não estou desdenhando. Basta olhar para os Estados Unidos. Você só não investe porque nasceu no Brasil”, relata Karam.

Artigos Relacionados