Certificação digital traz segurança ao setor de corretagem de seguros

Sincor-SP criou departamento específico há 12 anos

Há 12 anos o Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo (Sincor-SP) criava o departamento de certificação digital, que nasceu para trazer garantia e segurança ao consumidor de seguros. Hoje, a Autoridade Certificadora Sincor (AC Sincor), que compõe a ID Seguro, é uma das maiores redes de ARs (Autoridades de Registro) do País.

Publicidade

Com postos de validação e unidades estrategicamente localizadas para atender o maior número de pessoas e empresas, com a garantia das principais autoridades certificadoras do mercado de seguros, a ID garante uma nova possibilidade de negócios aos corretores de seguros. “Nessa nova fase da iniciativa temos como objetivo a ampliação da rede de distribuição e a popularização do uso dos certificados digitais pelo Brasil”, ratifica o presidente do Sincor -SP, Alexandre Camillo.

O gerente de certificação digital da ID Seguro, José Camilo Nagano, explica que as Autoridades Certificadoras são responsáveis por emitir, distribuir, renovar, revogar e gerenciar certificados digitais. “O certificado emitido pelas Autoridades referencia a identidade digital de uma pessoa ou organização, garantindo a legitimidade do processo. Elas têm a responsabilidade de verificar se o titular do certificado possui a chave que faz parte do produto, além de criar e assinar digitalmente o certificado do assinante, emitir listas dos materiais revogados, manter registros de suas operações sempre obedecendo às práticas definidas na Declaração de Práticas de Certificação (DPC), além de estabelecer e fazer cumprir, pelas Autoridades de Registro (ARs) a elas vinculadas, as políticas de segurança necessárias para garantir a autenticidade da identificação realizada”, complementa Nagano.

Além da garantia de legitimidade assegurada pelas ARs, as ACs são subordinadas à hierarquia da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). Por isso, são fiscalizadas periodicamente, submetendo-se a rigorosos processos de auditoria, tudo isso para que somente usuários devidamente identificados no mundo real recebam a identidade virtual.

Publicidade
Agrifoglio Vianna no JRS

Artigos Relacionados