Como abrir um negócio e quando usar um empréstimo para empresa


Abrir um negócio pode parecer um pouco assustador para algumas pessoas. Afinal, todos os dias ouvimos histórias de empresas que não sobrevivem aos primeiros anos de vida. Muito disso se deve ao despreparo dos empreendedores iniciantes.

Publicidade
Europ Assistance Brasil

Você não precisa ser um especialista em todos os setores de um negócio, mas precisa, ao menos, ter algumas noções em relação aos aspectos gerenciais e financeiros.

E, especialmente, conhecer os passos necessários para abrir uma empresa. É o que você confere a seguir:

Clareie suas ideias e conheça o mercado

Você pode começar um negócio a partir de algo que tenha experiência ou em uma área totalmente nova. O importante é que você tenha clareza de onde está investindo. Ou seja, você deve definir sua área de atuação, o público que pretende alcançar e as soluções que deseja oferecer.

Publicidade
Delta

Feito isso, também é importante conhecer o mercado em que deseja se inserir. Através de uma pesquisa de mercado você identifica fatores como: prós e contras do nicho, concorrência, oportunidades e ameaças e as dores do seu público alvo.

Comece com um bom planejamento

Essas informações iniciais são o ponto de partida para a elaboração do seu plano de negócios. O que inclui:

Objetivos e metas

Definir objetivos e metas é o primeiro passo de um plano. Eles devem refletir onde você quer chegar e como.

Orçamento

Saber o quanto você precisa para abrir um negócio e onde aplicar seus recursos evita endividamento, mesmo diante da contratação de crédito para empresa, e contribui para a organização e gestão adequada do seu negócio.

Estratégias de implementação

Além de definir as ações necessárias para começar seu negócio, também é importante aprender a falar do seu negócio de forma clara e convincente. Ou seja, você tem que saber vender suas ideias a fim de atrair clientes e possíveis investimentos.

Busque parcerias adequadas

Ter um ou mais sócios pode ser uma boa ideia para começar um negócio com mais recursos. Lembre-se, contudo, de firmar acordos claros e pesquisar com cuidado essas parcerias.

Além disso, estabeleça boas relações com clientes, colaboradores e fornecedores, estes também são parceiros fundamentais para o seu sucesso.

Providencie os documentos necessários

Para te ajudar a encaminhar as questões burocráticas, o ideal é contar com consultoria principalmente de um contador e, em alguns casos, de advogado.

Eles vão te ajudar com as seguintes tarefas e documentos:

  • Elaborar e registrar o Contrato social;
  • Encaminhar o CNPJ;
  • Obter alvará da Prefeitura;
  • Registrar sua marca.

Elabore um plano de Marketing

Ter um planejamento de marketing é crucial para saber como atrair os primeiros clientes. Ele começa pela criação da sua persona, um perfil (fictício) que representa o seu público e deve responder:

Quem é: idade, gênero, renda, hábitos de consumo, ocupação, estado civil, localização, hobbies, interesses, etc;

  • Maiores dores, necessidades e desejos
  • Como se  informam
  • Quem os influencia

Com a personal você poderá desenhar suas estratégias de divulgação, que devem estar alinhadas com o objetivo do seu negócio. Seu plano deve contemplar a definição dos canais de marketing, como sites, redes sociais e as estratégias presenciais;

Invista em conteúdo relevante e de qualidade que engaje com seu potencial cliente, permitindo que você ganhe autoridade no mundo digital. Lembre-se ainda de elaborar estratégias para fidelizar esse público. Afinal não existe melhor promotor de uma marca que um cliente satisfeito.

Acompanhe a evolução do seu negócio

O sucesso que você deseja vai levar algum tempo para acontecer, mas isso não deve ser motivo de desistência. Pelo contrário, deve ser motivador para planos a longo prazo e sustentáveis.

Acompanhe seus resultados com cautela, revisitando sempre o seu plano de negócios e fazendo ajustes sempre que necessário.

Quando usar um empréstimo?

Contar com um bom capital de giro é um fator decisivo ao abrir uma empresa, mas isso nem sempre é possível através de recursos próprios. Uma alternativa é buscar esse capital através de modelos acessíveis de empréstimo, como o crédito com garantia, um dos mais vantajosos do mercado, saiba mais sobre o assunto acessando o blog da CashMe. A CashMe é uma fintech especialista nesta modalidade de empréstimo.

Artigos Relacionados