Contratação de pessoas negras bate recorde em 2021 e fecha 150% acima do ano anterior

Ano passado foi marcado por forte aceleração de contratações de públicos diversos

2021 foi marcado por uma forte aceleração nas contratações de estagiários, trainees e jovens executivos. Até o fechamento do ano, o Grupo Cia de Talentos e a startup Bettha.com trabalharam 86% mais vagas do que em 2020.

Publicidade
SulAmérica

A contratação de pessoas negras (pretas e pardas) também teve um crescimento expressivo. Em 2021, o número foi 150% maior do que em 2020, que já tinha apresentado aumento de 118% em relação a 2019.

O tema racial tem tido um grande destaque no mundo do trabalho e as contratações de públicos diversos (mulheres, étnico-racial, LGBTQIA+ e PcDs) têm crescido de uma forma geral.

“Temos que comemorar muito essas conquistas, mas o caminho ainda é longo para chegarmos à equidade racial no Brasil”, comenta a fundadora do Grupo Cia de Talentos, Sofia Esteves.

Ações de desenvolvimento e capacitação para inclusão de grupos minorizados também cresceram mais de 200%.

Publicidade
Seguro PASI

Em 2021, a área de desenvolvimento da Cia de Talentos capacitou 4.394 jovens e líderes para 46 grandes empresas. Entre os objetivos, a inclusão de grupos minorizados em grandes empresas.

Esse ano, também lançamos o Protagoniza Aí em parceria com a Faculdade Descomplica. O projeto ofereceu mais de 1.000 bolsas de estudos, 100% gratuitas, de graduação, pós-graduação e MBA, para pessoas pertencentes a grupos diversos. Destas, 82% das bolsas foram destinadas a pessoas em vulnerabilidade socioeconômica, 64% a pessoas pretas, pardas e indígenas, 38% ao público LGBTQ+, 11% a pessoas com deficiência e 7% a pessoas com mais de 50 anos.

“Sempre demos muita atenção para o tema de diversidade, pois só através da educação poderemos mudar a realidade do nosso país. Neste projeto, além das bolsas de estudos, todos os alunos estão passando por treinamentos de soft skills e orientação de carreira com a Cia de Talentos”, comenta Daniel Pedrino, Presidente da Faculdade Descomplica.

Outro programa idealizado há 6 anos pelo Grupo Cia de Talentos, para trabalhar diversidade e inclusão e o desenvolvimento de competências socioemocionais, é o Jornada para o Futuro. O projeto conta com a participação de 17 grandes organizações, como Gerdau, Vale, Ambev, Itaú, Suzano, Bradesco e já atraiu e desenvolveu cerca de 48 mil jovens nas 9 competências socioemocionais fundamentais para o trabalho. Entre os participantes, 40% se autodeclaram pretos ou pardos.

“Quando falamos em um negócio bem-sucedido, estamos falando de diversidade. Ambientes diversos e inclusivos promovem segurança emocional, são mais inovadores, contam com pessoas mais engajadas, além de serem mais lucrativos, segundo estudos realizados pela Mckinsey. Finalmente os mercados, brasileiro e mundial, estão dando o devido valor ao tema”, finaliza Danilca Galdini, líder da área de pesquisa do Grupo Cia de Talentos.

Artigos Relacionados