Estudo da LexisNexis Risk Solutions revela que a falta de transparência está dificultando o acesso a serviços e à inclusão financeira

Sessenta e nove por cento (69%) das instituições financeiras indicam que questões de transparência afetam clientes mal atendidos

A LexisNexis® Risk Solutions divulgou os resultados de seu Relatório de Transparência e Inclusão Financeira de 2022. A pesquisa com bancos, seguradoras e instituições financeiras não bancárias em 13 países e regiões visa entender melhor o compromisso das instituições financeiras com a transparência e a inclusão financeira e os desafios que enfrentam para alcançar esses dois objetivos.

Publicidade
Chubb no JRS

A inclusão financeira é uma questão global. De acordo com o Banco Mundial, existem 1,4 bilhão de indivíduos não bancarizados em todo o mundo e a indústria de serviços financeiros enfrenta desafios para diminuir esse número. Existem muitos fatores que afetam a inclusão financeira: pobreza, um histórico de crédito escasso, viver em uma sociedade baseada em dinheiro, histórico de inadimplência ​​e/ou falta de educação financeira podem impedir o acesso a serviços financeiros.

Uma maneira de converter o não bancarizado em um cliente bancarizado é melhorar a transparência financeira. As instituições financeiras precisam ter a capacidade de identificar consumidores e entender seus perfis de risco, tanto para manter o compliance regulatório quanto para apoiar a extensão de serviços financeiros aos consumidores. Quanto mais as instituições entenderem sobre os consumidores, mais fácil será oferecer serviços financeiros adequados. No entanto, 69% dos entrevistados concordam que os não bancarizados ou sub-bancarizados são mais difíceis de integrar do que outros tipos de clientes e empresas devido à falta de dados.

O relatório revela que as instituições financeiras podem fazer mais para obter maior transparência, indicado por 64% dos entrevistados que dizem que a verificação de identidade é um desafio ao integrar indivíduos.

Publicidade

Principais conclusões do relatório: 

  • As instituições financeiras continuam fortemente interessadas na transparência e na inclusão financeira, com dois terços das instituições expressando o compromisso de apoiar a inclusão financeira.
  • Muitas instituições financeiras rejeitam um número significativo de clientes em potencial devido aos processos atuais de “Conheça seu Cliente” (KYC, de Know Your Customer). Os obstáculos de integração de clientes mais desafiadores enfrentados pelas instituições estão nas dificuldades de coletar e verificar as informações dos clientes.
  • Interesse no compartilhamento de dados para dar suporte aos processos de KYC está crescendo. Quase 80% das instituições financeiras manifestam interesse em uma ferramenta global de “Customer Due Diligence” (CDD), em comparação com pouco mais de 70% em 2019.
  • A pandemia representou um desafio para as operações relativas a crime financeiro e compliance nas instituições financeiras, com um grande número de solicitantes buscando empréstimos assistenciais do governo e instituições financeiras incapazes de verificar identidades pessoalmente devido a lockdowns. No entanto, também levou as instituições financeiras a adotarem mais práticas digitais, com 90% das instituições relatando que a pandemia acelerou a adoção de Inteligência Artificial (IA) e outras tecnologias de última geração.

“As instituições financeiras têm responsabilidades claras para verificar as identidades dos clientes e garantir compliance com a regulamentação nacional e internacional”, disse Leslie Bailey, vice-presidente de crime financeiro e compliance da LexisNexis Risk Solutions. “Rejeitar clientes em potencial devido a processos ineficientes ou manuais, em vez de razões regulatórias, pode ser prejudicial para indivíduos genuínos que tentam acessar serviços financeiros. Com dados robustos e a tecnologia e os processos corretos, as instituições podem ajudar a melhorar as taxas globais de inclusão financeira sem comprometer o compliance”.

Relatório de Transparência e Inclusão Financeira 2022

A LexisNexis Risk Solutions e a empresa de consultoria e pesquisa Celent projetaram a Pesquisa de Transparência e Inclusão Financeira. A Celent forneceu análises sobre os resultados. A pesquisa online foi realizada no final de 2021 e recebeu 297 respostas completas globalmente de C-level e outros líderes seniores responsáveis ​​pelas áreas de compliance, varejo e comercial.

Baixe uma cópia do Relatório de Transparência e Inclusão Financeira 2022 ou acesse o documento em anexo (em inglês).

Artigos Relacionados