Nilton Molina aborda tudo sobre trajetória e o livro ‘O Vendedor de Futuros’ em live do CVG RS

Bate-papo entre a presidente do Clube, Andréia Araújo; o vice-presidente do CVG RS, Clodomiro Dorneles, e o presidente do Conselho de Administração da MAG Seguros foi além das páginas do livro lançado neste ano

Publicidade
Europ Assistance Brasil

O Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG) RS traz, em encontros online e presenciais, grandes nomes do setor e informações atuais e relevantes para nosso público. Na última quarta-feira (09), o evento online foi com o presidente do Conselho de Administração da MAG Seguros e presidente do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, Nilton Molina. Durante a conversa, boas histórias citadas no livro “O Vendedor de Futuros”, lançado neste ano. A presidente do CVG RS, Andréia Araújo, mediou o encontro online ao lado do vice-presidente da Entidade, Clodomiro Dorneles.

A pandemia tem sido, também para esse visionário, uma transformação em sua rotina. Durante esse tempo, as muitas reflexões sobre os mais de 60 anos de trajetória profissional e 85 anos de vida ativa, ganharam corpo no livro “O Vendedor de Futuros”. Nele, Nilton Molina resgatou a história do mercado segurador e da própria economia do Brasil enquanto revelava as várias facetas de um homem que se reinventa várias vezes ao longo da vida. Com o livro, o autor não esconde o desejo de mostrar, em especial aos mais jovens, o quão maravilhoso é o país e os brasileiros.

A presidente do CVG RS, Andréia Araújo, destacou a alegria de aprender com um exemplo de força e realização na área de seguros. “Cada pessoa que lê ‘O vendedor de futuros’ vai ter o coração tocado por uma ou mais passagens dele. É uma história muito linda! No meu caso, o que mais me chamou a atenção foi um aprendizado: Molina nos ensina a profunda diferença entre ouvir e escutar”.

Publicidade
Icatu Seguros no JRS

No livro, Nilton Molina aborda a importância de ser um bom ouvinte para que os negócios tenham êxito. “Sou um vendedor de ideias. Mas, ao contrário do que muitos pensam, o bom vendedor não é aquele que fala muito, e sim o contrário. Eu escuto muito. Grandes negócios podem se perder se as pessoas não ouvem exatamente o que o outro disse e, principalmente, o que ela não disse”, afirmou.

Durante a conversa, Andréia Araújo também destacou a relação do convidado com a temática da longevidade, levada a um ponto alto na carreira de Nilton Molina: o Instituto de Longevidade MAG, liderado e lançado por ele já aos 80 anos. “Como autodidata, sempre tive sede de conhecimento e, há mais de 50 anos, o assunto me chama a atenção. O mundo está envelhecendo e isso traz desafios e oportunidades. Sou um vendedor de seguro de vida, estou sempre aprendendo sobre a morte, a invalidez e, sobretudo, sobre a sobrevivência”, compartilhou o executivo.

Para ele, os profissionais da área precisam de persistência, preparo, educação sobre a vida e a morte. “De que maneira seguir produtivo aos 60 ou 70 anos, quando a pessoa pode perder parte da sua capacidade laborativa? Acredito no enorme potencial das pessoas de continuar produzindo a partir da requalificação profissional para continuarem sonhadores e felizes”, defendeu o convidado.

O executivo contou o segredo em manter sua longevidade em vários aspectos da vida. “Sou uma pessoa de sorte em muitos sentidos e isso é um privilégio ao longo da vida. Tenho paixão por aquilo que faço e o que me inspira todos os dias é o propósito. Tenho idade, mas, não sou velho. Os sonhos, as realizações, a vida das pessoas me interessa, me move. Sigo sonhando em fazer coisas, produzir mais, educar pessoas, ser feliz e fazer outras pessoas felizes. Minha inspiração é produzir felicidade para outras pessoas”, concluiu Molina.

Para Clodomiro Dorneles, “Já sabíamos que Nilton Molina é a maior referência brasileira em vida e previdência, além de um encantador de plateias. Agora esse encantamento está registrado nas páginas de ‘O Vendedor de Futuros’, escrito por Luís Costa Pinto. O livro é um presente para quem acompanha sua trajetória, além de uma fácil e prazerosa leitura. Fica aqui o nosso agradecimento”, refletiu o vice-presidente do CVG RS.

Além do bate-papo com Nilton Molina, o público ganhou um segundo presente durante a transmissão. Edi Amorim; Ricardo Mendes; Edilson Santos Monteiro, Kátia Mior e Belamar Cassel foram os ganhadores de cinco exemplares do livro “O Vendedor de Futuros”, sorteados entre os participantes. O encontro deste mês foi o segundo painel sobre a área de seguros em 2022 e tem como finalidade impulsionar iniciativas em boa informação, vendas e capacitação para o setor.

Artigos Relacionados