Regional SP Capital da Tokio Marine emitiu R$ 847 milhões em prêmios em 2019

Seguro de Vida Individual registrou aumento de 50%

Com um mix de produtos bastante diversificado e voltado para a consistência da carteira de Corretores e Assessorias, a Tokio Marine, uma das maiores Seguradoras do País, vem estabelecendo uma relação cada vez mais próxima com seus parceiros. Essa estratégia rendeu às dez Sucursais da divisão que atende Grande São Paulo, ABC e a cidade de Santos, em 2019, a emissão de R$ 847 milhões em prêmios.

Publicidade
Chubb no JRS

Na carteira de Pessoas, o seguro de Vida Individual teve o melhor desempenho, crescendo 50% em relação ao ano anterior. Já entre produtos Pessoa Jurídica, os destaques do período foram os seguros de Transportes, Riscos Nomeados, Empresarial e Garantia, modalidades que cresceram mais de 20% em vendas. Lançado em abril, o Tokio Marine Agro Safras também colaborou para a boa performance da Seguradora na região.

“Os bons resultados são fruto de uma estratégia que inclui a capacitação constante de nossos parceiros e o crescimento da nossa base de Corretores. Além de treinamentos presenciais que atendam às necessidades deles, disponibilizamos um amplo mix de produtos para que aproveitem cada oportunidade de negócio”, explica George Dutra, Superintendente Comercial Regional SP Capital da Tokio Marine.

Segundo o executivo, a Regional ofereceu 923 treinamentos presenciais ao longo do ano, dos quais participaram 5.167 Parceiros. Investiu ainda na aproximação de Corretores e Assessorias com as áreas técnicas da Companhia, por meio de encontros na matriz e nas sucursais.

Publicidade

A estratégia da Regional SP Capital da Tokio Marine para 2020 inclui avanço na capilaridade dos produtos e uma rentabilidade sustentável das Sucursais. Dutra afirma que a Regional continuará investindo no relacionamento e fortalecimento de sua base de Corretores, que hoje já chega a 10.500 inscritos. “Nossa estratégia será fortalecer ainda mais o Corretor de Seguros com as soluções da Tokio Marine. Isso inclui investimento em ferramentas, novos produtos e ainda mais oportunidades de qualificação”.

Artigos Relacionados