Seguradoras usam plataforma de Open Insurance da TecBan para desenvolver soluções ao mercado

Plataforma permite o tráfego de dados tanto de Open Banking quanto de Open Insurance

A TecBan, que há mais de 39 anos investe e cria continuamente soluções tecnológicas e inovadoras que integram o físico e o digital, está contribuindo com as grandes seguradoras e insurtechs via sua plataforma Open Insurance, lançada em dezembro do ano passado.

Publicidade
SulAmérica

A plataforma é a primeira do mundo que permite a exposição de dados, tanto de Open Banking quanto de Open Insurance, reduzindo a complexidade e acelerando a integração do mercado segurador à regulamentação brasileira, inclusive de forma conectada com o Open Banking.

“Quando falamos sobre o conceito Open, é fundamental que as seguradoras e insurtechs tenham apoio e suporte nesse desenvolvimento, algo que a TecBan pode proporcionar via nossa solução de Open Insurance as a Service, que permite a adesão de forma eficaz, ágil e segura para exposição e compartilhamento de dados, além de integrá-los, via APIs, com soluções provenientes de fintechs e Insurtechs. Dessa forma, essas companhias podem continuar focadas no seu core business e na experiência e jornada de seus clientes, deixando esta responsabilidade com a TecBan, que irá agregar muito valor à todo ecossistema”, afirma Fernando Tassin, Gerente de Open Insurance na TecBan.

Com a experiência no fomento e na implementação do Open Banking no Brasil, a TecBan atua nesse contexto como uma facilitadora para as empresas. Além de atender à regulamentação, o Open Finance permite fazer uma conexão com diferentes possibilidades para o cliente final, além de permitir o consumo de dados dos players mais importantes do mercado, com segurança e adequação à Lei Geral de Proteção de Dados. “Estamos aptos para realizar a integração entre o Open Banking e o Open Insurance, pois já atuamos nestas duas frentes”, complementa o executivo.

Publicidade
Icatu Seguros no JRS

O Open Insurance é o sistema aberto de seguros, regulado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Assim como o Open Banking, permitirá o compartilhamento de dados dos clientes, mediante consentimento, visando uma oferta de produtos e serviços personalizados e aderentes às necessidades de cada cidadão.

O novo modelo prevê elementos de segurança, privacidade, agilidade e inovação, trazendo benefícios à todo ecossistema, potencializando a cidadania financeira das pessoas.

Artigos Relacionados