ANS atualiza painel com procedimentos realizados no setor de planos de saúde

D-TISS detalha número de atendimentos e valores informados pelas operadoras através do Padrão de Troca de Informações na Saúde Suplementar

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou o D-TISS, painel que permite consultar a quantidade e o valor médio de procedimentos realizados pelos beneficiários de planos de saúde informados pelas operadoras através do Padrão de Troca de Informações da Saúde Suplementar (TISS). As informações compreendem o período de 2015 a 2019 e foram disponibilizadas nesta quinta-feira (12 de novembro) no portal da ANS. Com o painel, é possível explorar e visualizar as informações assistenciais e financeiras consolidadas nos atendimentos da saúde suplementar.

Publicidade
HDI Seguros no JRS

A ferramenta permite consultar, de forma individualizada, a quantidade de procedimentos realizados em ambiente ambulatorial e hospitalar, os valores médios de honorários praticados nos estabelecimentos que prestam serviço às operadoras de planos de saúde e o número de prestadores que informaram os respectivos dados. A pesquisa pode ser filtrada por Unidade Federativa (UF), faixa etária, sexo e porte da operadora. Também é possível pesquisar o procedimento de acordo com a Classificação Internacional de Doenças (CID) correspondente.

Atualmente, mais de 3.000 procedimentos realizados na saúde suplementar estão disponíveis para consulta no D‐TISS.

Clique aqui para acessar o painel.

“O painel permite a visualização dos dados do TISS de forma ágil e intuitiva, com gráficos e mapas que contribuem para a análise das informações. Também é possível aplicar filtros que possibilitam detalhar as pesquisas de acordo com as necessidades do usuário. Isso facilita o acesso às informações do TISS, seja para pesquisadores, entes do setor, bem como para a sociedade de maneira geral, constituindo-se em ferramenta importante para ampliar a transparência e reduzir a assimetria de informação na saúde suplementar”, destaca o diretor de Desenvolvimento Setorial substituto, César Serra.

Publicidade
Icatu Seguros no JRS

O D-TISS foi estruturado a partir de uma base de atendimentos realizados na saúde suplementar aplicando-se uma metodologia específica. Foram excluídos, por exemplo, procedimentos com valores atípicos, com dados inconsistentes e referentes a operadoras que enviaram para a ANS volume insuficiente de informações.

Artigos Relacionados