Clube da Pedrinha: Banco de Currículos segue contribuindo para a recolocação de profissionais no mercado segurador

Larga experiência no segmento contribuiu para o retorno de Ana Jaqueline

Com o propósito de promover a integração e o congraçamento dos profissionais que atuam em empresas do setor de seguros, o Clube da Pedrinha do RS é umas da entidades do segmento que mais realizam ações e iniciativas. E uma delas é o Banco de Currículos, que tem o objetivo de auxiliar e facilitar a recolocação de profissionais no mercado de trabalho. Como é o caso de Ana Jaqueline Paranhos da Silva, que após sua saída do mercado segurador em 2017, consegui retornar ao segmento em 2022.

Publicidade

A Confraria recebe com frequência contatos de corretoras de seguro que procuram profissionais das áreas administrativa e comercial, e diante dessa realidade o Clube da Pedrinha dispõe desta ferramenta importante para auxiliar seguradoras e empresas do segmento. O Banco hospeda currículos possibilitando que as empresas acessem os perfis e selecionem de acordo com a vaga desejada. Na hora que o profissional efetua seu cadastro ele já fica disponível no site de forma gratuita para que as empresas do mercado segurador possam consultar e ter acesso aos dados. A ferramenta é divulgada em diversas entidades.

Com a formação de Técnica em Contabilidade, Ana Jaqueline ingressou no segmento em setembro de 1988, na Cia União de Seguros, e após a aquisição da seguradora pela Bradesco Seguros, permanceu na mesma empresa até setembro de 2017. Em fevereiro de 2022 Ana Jaqueline fez seu cadastro no Banco de Currículos do Clube da Pedrinha, após uma conversa com Celso Azevedo, da CCA Assessoria em Seguros: “nos conhecíamos de longa data, já que trabalhamos na Bradesco Seguros por mais de 10 anos. Eu estava passando por um período difícil em plena pandemia e busquei ajuda de pessoas conhecidas. O Celso sugeriu que eu incluísse meu currículo na ferramenta do Clube da Pedrinha pois era uma ótima vitrine”.

No final do mês de abril de 2022, ela foi chamada para uma entrevista com a Márcia na Suelmar Barreto Corretora de Seguros . “Gostaram do meu currículo e o que influenciou foi minha idade para trabalhar com eles, na época eu estava com 59 anos. Já no início de maio comecei a trabalhar com na corretora com renovações, seguros novos e na área de sinistro, quando necessário”, detalha.

Publicidade
C Josias & Ferrer no JRS

Ana Jaqueline disse que tem muito a agradecer ao Clube da Pedrinha, que possibilitou a ela e a outras pessoas a recolocação profissional. “Meu recado é que acreditem nas pessoas com experiência, pois somos comprometidos. Voltar ao mercado de trabalho nos dignifica e valoriza como pessoa, além de proporcionar a oportunidade de mostrar que somos capazes sim”, finaliza.

Artigos Relacionados