CNseg se reúne no Chile com Supervisores de Seguros da AL e Pro Chile

Segundo o presidente da CNseg, a reunião visava aproximar os órgãos reguladores das empresas de seguros

O presidente da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), Dyogo Oliveira, e a superintendente de Relações de Consumo e Sustentabilidade, Luciana Dall`Agnol, participaram de encontro bilateral com integrantes da ASSAL – Associação de Supervisores de Seguros de América Latina, em Santiago. O Brasil esteve representado pelo superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Alexandre Camilo.

Publicidade
Chubb no JRS

Segundo o presidente da CNseg, a reunião visava aproximar os órgãos reguladores das empresas de seguros. Entre os assuntos em debate estavam os desafios e oportunidades do Open Insurance em fase de implementação no Brasil bem como a criação de uma plataforma para intercâmbio de informações sobre riscos cibernéticos na América Latina. Só no ano passado, foram registrados 850 milhões de ataques cibernéticos no Brasil.

Também ficou acertado um novo encontro entre integrantes da Assal e da Federação Interamericana de Empresas de Seguros (Fides) para alinhamento de uma agenda regulatória e as preocupações do setor privado.

Para o superintendente da Susep, o Open Insurance vai promover uma “concorrência potencializada” no setor de seguros. É possível ver uma adesão mais consistente dos consumidores à nova plataforma de compartilhamento de dados e produtos, segundo Camilo, entre 2 e 3 anos, ou seja, na medida em que a sociedade entender os benefícios do compartilhamento de informações. É importante destacar que o Open Insurance respeita a Lei Geral de Proteção de Dados, o que dá muita segurança ao sistema, disse.

Publicidade

Encontro com a Pro Chile

A CNseg também se reuniu em Santiago com a diretora geral de Promoção de Exportações do Chile, órgão ligado ao ministério de Relações Exteriores, Paulina  Valderrama, e o embaixador do Brasil no Chile, Paulo Pacheco.  O encontro bilateral foi no sentido de criar oportunidades de negócios para o setor segurador para ambos os países.

O presidente da CNseg reforçou que o Brasil tem um mercado segurador competitivo com a participação de muitos players globais de seguros e resseguros, no entanto, com espaço ainda para novos entrantes.

O presidente acrescentou que no primeiro semestre de 2023, empresas brasileiras e chilenas farão um webinar para identificar oportunidades de negócios para o setor.

Comissão do Mercado Financeiro do Chile

Os representantes da CNseg também se reuniram com o vice-presidente da Comissão do Mercado Financeiro do Chile (CMF), Mauricio Larrain, e com a comissária Bernardita Piedrabuena. O presidente da CNseg apresentou detalhes do mercado de seguros do Brasil, ressaltou a importância da aproximação das empresas dos dois países e acrescentou que há muitas oportunidades para os setores brasileiro e chileno. O Open Insurance também foi tema do encontro e gerou curiosidade dos membros do órgão regulador chileno.

Artigos Relacionados