Cresce a produção de seguros em 2022

Mesmo em ano desafiador para o setor, dados da maior rede de corretoras de seguros independentes do País mostram crescimento de 36,20% em produção absoluta de seguros em 2022

O último ano foi marcado por mudanças sociais e econômicas em todo o mundo. O setor de seguros teve que se adaptar e criar novas estratégias para continuar em ascensão e se destacar no mercado. Segundo Dirceu Tiegs, presidente (CEO) da Lojacorr, mesmo sendo um ano desafiador, o mercado de seguros apostou na inovação e na personalização. “Com a retomada pós pandemia e da atividade econômica, nosso principal desafio foi o ajuste de preços e regras de subscrição de risco mais rígidas impostas, necessários para ajustar resultados. Em meio às incertezas de um ano de eleições, cenário de guerra na Europa e a realização da Copa do Mundo, o setor segurador teve que inovar e ir além. E nós, enquanto rede, nos unimos e fortalecemos o corretor, vimos a necessidade específica de cada um, contamos com a parceria de seguradoras e com o uso de ferramentas essenciais de relacionamento. Buscamos juntos soluções assertivas e traçamos como principal foco a inovação, a acessibilidade, a personalização, a prospecção, o resgate de clientes e a melhoria nos produtos, no atendimento e na gestão. Queremos crescer ainda mais para que o brasileiro se proteja sempre mais e melhor”, afirma Dirceu.

Publicidade
GBOEX no JRS

Somente na Lojacorr, maior rede de corretoras de seguros independentes do País, o ano de 2022 fechou com alta no mercado, somando um crescimento de 36,20% em produção de seguros, em relação ao fechamento do mesmo período do ano de 2021. A última projeção apresentada pelo mercado foi de fechar 2022 com 17,1%, que indica que o crescimento da Rede tem sido sempre acima do setor e, o incremento no número de clientes demonstra um crescimento real muito substancial, acima da inflação do setor. O crescimento total da Rede (seguros, consórcios e produtos financeiros) foi de 30,07%, o equivalente a R$ 1,207 bilhões produzidos de todos os segmentos. Para Dirceu Tiegs, a expectativa foi superada. “Passamos em R$ 130 milhões a nossa meta. Essa conquista é reflexo de um esforço em conjunto de todo nosso ecossistema”, afirma.

Entre os segmentos, foram somados o total de R$ 1.131 bilhões em Seguros, R$ 39,61 milhões em Consórcios e R$ 37,45 milhões nos demais ramos. O resultado demonstrou ainda o crescimento das regionais, sendo que Norte e Nordeste tiveram alta na produção de 44,46% nessa região, seguido de mais de 40% no Centro Sudeste, 37,46% na região de SP Centro Norte e 31,90% no Sul.

De acordo com Luiz Longobardi Junior, diretor de Mercado e Distribuição (CCO) Rede Lojacorr, em relação aos ramos, o Seguro Automóvel ocupou o primeiro lugar entre os produtos com um aumento de 41,46%, em segundo o Seguro Saúde em Grupo com 35,56% e em terceiro o Vida em Grupo somando 34,71%. “Esse resultado demonstra que, mesmo com o aumento dos valores do seguro de automóveis, o brasileiro ainda se preocupa com seu veículo e enxerga todos os benefícios deste produto. Além disso, o crescimento de seguro no ramo de Saúde também é reflexo de quanto as pessoas aumentaram a preocupação consigo mesmas e suas famílias após a crise sanitária vivenciada no mundo e que colocam esse seguro como prioridade”, analisa Luiz Longobardi Junior.

Publicidade
Europ Assistance Brasil

Atualmente a Rede Lojacorr está presente nos 26 estados e no Distrito Federal, por mais de 50 Unidades de Negócios, com capacidade de atender, treinar e contribuir para com o desenvolvimento dos corretores de seguros na região. As mais de 400 mil apólices ativas foram comercializadas por cinco mil profissionais de seguros que atuam em 4,5 mil municípios, atendendo segurados em todo o país. São mais de 40 companhias seguradoras parceiras e mais de 200 produtos disponíveis para atender o segurado.

Em 2022, a Rede Lojacorr também destacou-se com o 40º lugar no ranking do Great Place to Work – GPTW, entre as Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, edição Paraná, e com isso elevou sua classificação. Em 2021 ocupou o 53º lugar e agora assume a 40ª posição, subindo ao todo 13 posições de 2021 para 2022.

Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta