Estudo mede maturidade digital das 30 maiores emissoras de cartão de crédito

QI Digital é uma metodologia criada pela Math Marketing onde analisou propriedades digitais de cada emissora sob os seis pilares do sistema

O estudo “O Marketing Digital das 30 maiores emissoras de cartão de crédito”, produzido pela Math Marketing, consultoria de DataScience Marketing que transforma estratégias em números por meio da ciência de dados, analisou as emissoras associadas à Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) e registrou que as tendências do mercado de buscas mostram que os bancos digitais e fintechs ganham mais força no interesse dos usuários. Porém, ao analisar a maturidade digital das maiores credenciadoras do país, ainda existe muito espaço para evolução, inclusive entre fintechs.

Publicidade
Seguro PASI

Além disso, o estudo registrou que foram realizadas 10,9 bilhões de transações por cartões na modalidade crédito em 2020, sendo que esse segmento movimentou R$ 1.2 trilhão e foi responsável por 16% de todo o PIB nacional no mesmo período. Mesmo com expressiva retração econômica no ano passado por conta da pandemia, o total transacionado teve aumento de 2,6% em relação ao ano anterior (2019).

De acordo com o Head de Marketing da Math Marketing, Juliano Araújo, o crescimento pode ter acontecido por conta do avanço em transações digitais, e da queda em relação às taxas cobradas. “O uso da tecnologia vem avançando muito desde o início da pandemia e no setor financeiro não é diferente. As pessoas passaram a consumir remotamente devido à pandemia e isso vem mudando o perfil de compra e a forma de pagamento por crédito, explica.

A metodologia usada para a pesquisa foi o QI Digital, um sistema próprio e automatizado da Math Marketing que permite verificar a maturidade digital de sites, domínios e plataformas. Por essa razão, a pesquisa analisou as propriedades digitais de cada uma das emissoras de cartões sob os 6 pilares da metodologia: conteúdo, técnico, automação de marketing, analytics, ads/mídia e experiência de busca.

Publicidade

“Os pilares utilizados no QI Digital não são aleatórios, uma vez que eles combinam o impacto direto na percepção do cliente sobre a marca, como os clientes a encontra (Ads e Conteúdo) e também como ela se relaciona com eles (Automação); pilares que olham para o site como um canal estruturado visando facilitar a busca de produtos e serviços (Experiência e Técnico); e o pilar de Analytics que possibilita conectar diversos insights e fornecer uma visão global da jornada do cliente através de todo processo de compra”, destaca Juliano.

Além disso, o levantamento também traz uma análise realizada pelo Banco Central do Brasil, que revela a quantidade de cartões de crédito ativos no Brasil em 2019, um total de 123 milhões. Uma alta de 18% em relação a 2018. A partir dos relatórios da ABECS por ramos de atividade (com dados das credenciadoras) foi possível observar que o segmento com maior número de transações é o ramo varejista com 2,10 bilhões de transações em 2019 e um ticket médio de R$ 180,91 – o segundo maior observado.

Artigos Relacionados