Sucesso da Expo ABGR 2019 aponta para futuro de progresso na gerência de riscos no Brasil 3621

Sucesso da Expo ABGR 2019 aponta para futuro de progresso na gerência de riscos no Brasil

Foram 12 palestras e uma feira de negócios grandiosa, com 21 expositores do mercado de risk management e seguros

Aconteceu nesta quarta-feira, 13 de novembro, o segundo e último dia da Expo ABGR 2019. Consagrada pelos participantes que lotaram as 12 palestras, além de uma feira de negócios grandiosa – composta por 21 expositores do mercado de risk management e seguros – e surpreendente. No rastro do evento, o gerenciamento de riscos em seus diversos aspectos mostrou que a atividade no Brasil ganha a merecida projeção e virou alvo das corporações.

Diversidade Aliada à Sustentabilidade nas Organizações

A palestra “Diversidade aliada à sustentabilidade nas organizações”, realizada na manhã do segundo dia da EXPO ABGR 2019, discutiu a importância de cultivar a diversidade e a inclusão dentro das empresas. A mesa foi mediada por Marcia Ribeiro, diretora executiva da Associação das Mulheres do Mercado de Seguros (AMMS), e contou com Maristella Iannuzzi, digital executive da CMI Business Transformation; Roberta Nascimento, risk manager da NOV, Francisco Vidigal Filho, o presidente da Sompo Seguros; Camila Calais, advogada e sócia do grupo Mattos Filho Advogados; e Simone Vizani, vice-presidente da AAMMS.

Projeto de Lei de Livre Iniciativa | Liberdade Econômica

A nova Lei da Liberdade Econômica, em vigor no Brasil desde o ano passado (nº 13.974, de 20 de setembro de 2019), também foi tema de plenária. A palestra abordou questões relevantes no sentido de impulsionar o mercado segurador para uma mudança de mindset, como a simplificação da atual regulamentação e a despadronização de produtos para possibilitar o desenvolvimento de novos negócios.

Com moderação de Walter Polido, sócio da Polido e Carvalho Consultoria em Seguros e Resseguros, contou com a participação de Cristina Tseimatzidis, head of surety and financial line da Lockton Brasil; João Di Girolamo Filho, head of surety Brazil da Swiss Re Corporate Solutions; Karini Madeira, superintendente de acompanhamento técnico da CNseg; e Marcelo Mansur, sócio da Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados.

Benefícios e impactos da reforma da Previdência

No painel que discutiu os “Benefícios e impactos da reforma da Previdência”, Marcelo Rossetti, superintendente Executivo da Bradesco Vida e Previdência, chamou a atenção para a mudanças demográficas. “Sem a reforma, em 2045, o Brasil gastaria 20% do PIB”, disse. Para Filipe Nicodemus, diretor de Benefícios na MDS Brasil, a previdência privada poderá ser utilizada nas empresas como um meio de garantir renda para os trabalhadores que permanecerem mais tempo trabalhando. Antonio Penteado Mendonça, sócio titular da Penteado Mendonça e Char Advocacia, disse que a população mais pobre não terá renda para comprar planos de previdência.

O Futuro e Tendências do Setor Logístico

Logística 4.0, Internet das Coisas, uso de drones, transportes autônomos, Blockchain e Big Data com aplicação na área de logística e Digital Twins foram as principais tendências abordadas na palestra “O Futuro e Tendências do Setor Logístico”, com mediação de Luciano Póvoa, gerente de riscos em transportes RCG da Herco Consultoria de Riscos.

Guilherme Brochmann, diretor de gerenciamento de risco LATAM da DHL; Luiz Carlos de Andrade, superintendente técnico da Lockton Brasil e Paulo Robson Alves, head of marine da AXA XL; também fizeram avaliação sobre a atuação do segmento na área de seguros, pontuando a necessidade de reinvenção frente aos novos riscos, processos de inovação e uso de tecnologia, incluindo a busca de alternativas que superem os desafios de infraestrutura no Brasil, como a falta de polos logísticos de qualidade, ferrovias inacabadas e as péssimas condições das estradas.

Engenharia de riscos – Loss Prevention

Poucas empresas possuem área de prevenção de perdas, segundo Carlos Cortés, Head Risk Engineering da Zurich. “A maioria tem apenas áreas de política de segurança e saúde ocupacional”, disse ele durante o painel que abordou o tema “Engenharia de Riscos e Loss Prevention”.

Cesar López, gerente da área de Engenharia de Riscos na MAPFRE Global Risks, destacou a importância do engenheiro para a avaliação de risco. “Porque o interesse é comum com as seguradoras”, disse. Empresas que investem em loss prevention oferecem maior retorno aos acionistas, segundo levantamento da Aon. Alexandre Botelho, diretor da Aon Brasil.

Saúde e Gestão de Riscos

O painel “Saúde e Gestão de Riscos” foi composto por Lenise Secchin, chefe de gabinete da Presidência da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS); Rodolfo Petrait, risk manager da Bosch; Heitor Augusto, diretor técnico e de relacionamento com clientes Saúde e Odonto da SulAmérica; e Gustavo Quintão, vice-presidente de Saúde e Benefícios da MDS Brasil; e mediada por Josafá Ferreira Primo, CEO da Salagah Gestão em Contratos de Seguros.

Na fala dos palestrantes, a transparência e a disponibilização de dados na área de saúde foram valorizadas. “Transparência é pilar para gestão de riscos”, afirmou Lenise Secchin, citando exemplos como a Lei de Acesso à Informação (LAI), que tem “acesso como regra, sigilo como exceção’’.

Transportes, Logística e Gerenciamento de Riscos

No início da tarde, Christian Mendonça, Head of Insurance Brazil and South America da Norsk Hydro Brazil, mediou o painel “Transportes, Logística e Gerenciamento de Riscos”, com a presença de Letícia Toral, Gerente de Seguros da LDC; Marconi Peixoto, Coordenador de Gerenciamento de Riscos e Logística da Willis Towers Watson; e Valdo Alves, Diretor de Transportes da Tokio Marine Seguradora. O debate levantou questões relacionadas às boas prática e dinamismo da carteira, com highlights relevantes do ponto de vista do subscritor de risco do transporte e o papel em comum entre embarcadores e transportadores, que deve ser pautado pelo cuidado em relação à transferência de responsabilidade.

Mudanças Climáticas e Agronegócio

A palestra “Mudanças climáticas e agronegócio” também fez parte da programação da tarde da EXPO ABGR 2019 e discutiu se a pecuária e a agricultura podem ser consideradas vilãs para o meio ambiente. Para Carlos Branco, gerente regional de Seguros da Cargill Agrícola,”somos todos corresponsáveis’ pelas mudanças de clima no mundo”. Compuseram a mesa, ainda, Gabriel Lemos, head agro da Swiss Re Corporate Solutions; Miguel Almeida, head of agriculture da IRB Brasil RE; e Paulo Vitor Rodrigues, superintendente de Agronegócios da Lockton Brasil. A mediação foi feita por Cristina Weiss Tessari, coordenadora de Seguros Corporativos da CPFL Energia.

Política de seguros e salvados

Rodrigo Ávila, gerente de Riscos e Seguros na Suzano e vice-presidente da ABGR, disse que a política de seguros nas empresas deve contemplar todas as normas de contratação do seguro até como atuar em caso de sinistro. “Isso dá mais conforto ao gestor de riscos”, disse. Sobre os salvados, Julia Santoro, sócia da DR&A Advogados, destacou que para a seguradora servem para minimizar os efeitos do sinistros na carteira. Já o lucro com a venda de salvados pertence ao segurado, segundo ela. Sheila Garcia, diretora de Sinistros na Aon Brasil, contou que um segurado preferiu não reclamar o sinistro e vender o salvado, porque era mais vantajoso.

Cyber Risks e LGPD

Com mediação de Camila Calais, advogada e sócia da Mattos Filho, o painel “Cyber risks e LGPD’’ discutiu privacidade e mercado de seguros cibernéticos. Os palestrantes foram Alberto Bastos, sócio da Módulo S/A; Claudio Macedo, fundador da Clamapi Seguros Cibernéticos; Marta Helena Schuh, head cyber insurance da Marsh Brasil; Fernando Saccon, superintendente de Linhas Financeiras da Zurich e Flavio Sá, gerente de linhas financeiras da AIG Seguros. Segundo Macedo, é necessário investir em segurança independentemente da Lei Geral de Proteção de Dados entrar ou não em vigor: “O risco operacional é maior do que a multa da LGPD”.

P&C – Property & Casualty e a nova maneira de encarar os riscos

Rodrigo Ávila mediou o painel “P&C – Property & Casualty e a nova maneira de encarar os desafios”. Os desafios da gestão de riscos para a carteira foram apresentados pelos especialistas em recortes específicos como, por exemplo, processos de avaliação de riscos e quais cenários devem ser considerados; evolução de ambientes econômicos e, com isso, o surgimento de novos riscos relacionados ao uso da tecnologia; adoção de melhores práticas e processos de inovação em tratamento de riscos, entre outros.

Participaram Carla Karwacka – gerente de Riscos e Seguros – Claro S.A.; Daniel Kaneko, superintendente de P&C da Lockton Brasil; Florian Lauebli, head CUO Office & Leader Platform Solutions da AXA XL; e Sidney Cezarino, diretor de Property, Riscos de Engenharia, Riscos Diversos e Energy – Tokio Marine.

Seguro e Risco Ambiental

Katia Papaioannou, superintendente de RC e Ambiental na Marsh Brasil, destacou a confusão que as empresas fazem ao contratarem a cobertura de poluição súbita na apólice de RC Geral. “Pensam que todos os riscos ambientais estão cobertos, mas não estão”, disse ela no painel que discutiu “Seguro e Risco Ambiental”. Para Ilan Kajan, diretor de Riscos Corporativos na Alper Consultoria em Seguros, o corretor deve atuar como consultor no seguro ambiental. “Ele deve se especializar nessa área”, disse.

Associação Brasileira de Gerência de Riscos

A Associação Brasileira de Gerência de Riscos é uma entidade sem fins lucrativos dedicada ao desenvolvimento, aprimoramento e divulgação da Gerência de Riscos no Brasil. Congregando em seu quadro associativo empresas compradoras de seguros de todos os segmentos produtivos, tem como principal objetivo defender os seus interesses junto ao mercado segurador e entidades governamentais.

Além de manter representações em vários estados do país, é parceira internacional das mais importantes organizações de risk management do mundo, transmitindo as mais recentes tecnologias e tendências do mercado global (coberturas, novos produtos etc.) aos seus associados.

SulAmérica é destaque no Troféu Castanheira 539

Marco Neves é diretor comercial de Minas Gerais e Centro-Oeste da SulAmérica - Foto: Nádia Cristina Bicudo / Divulgação

Premiação ocorreu durante o 1º Fórum Rondônia e Acre de Seguros, que contou com a participação da seguradora em painel sobre tecnologia aplicada aos negócios

A SulAmérica foi premiada em três categorias da 2ª edição do Troféu Castanheira, entregue durante o 1º Fórum Rondônia e Acre de Seguros do Sincor-RO/AC, realizado nesta quinta-feira (7), em Porto Velho (RO). Gleison Silva, gerente da filial de Porto Velho — RO/AC da companhia, foi novamente reconhecido como melhor gestor do ano, enquanto a seguradora ficou com o segundo lugar na categoria Melhor Seguradora Ramo Automóvel e em terceiro como Melhor Seguradora Ramo Benefícios (vida, previdência e saúde).

“É com muita alegria que recebemos esses reconhecimentos, frutos da qualidade dos nossos produtos, que garantem inúmeros benefícios ao cliente, de um atendimento ágil e do forte relacionamento com os corretores parceiros de Rondônia e Acre, que se renova ano após ano”, comemora Marco Neves, diretor comercial de Minas Gerais e Centro-Oeste da SulAmérica.

O executivo também participou do painel “Tecnologia e Inovação”, promovido pelo fórum. “É sempre um prazer debater sobre tecnologia aplicada ao mercado de seguros, já que a companhia é pioneira em iniciativas diversas, como o reembolso digital via aplicativo, bots cognitivos atendendo nossos clientes desde 2017 e atendimento ao segurado pelo WhatsApp”, completa. Além de Neves e Silva, participou do evento Cristiane Rio, gestora de vendas da filial de Porto Velho — RO/AC.

Amil Dental relança portal de benefícios e vantagens para dentistas credenciados com descontos de 7% a 70% 773

Amil Dental relança portal de benefícios e vantagens para dentistas credenciados com descontos de 7% a 70%

Programa se estende aos mais de 15 mil prestadores da operadora

Com o objetivo de estreitar a parceria com seus dentistas credenciados, a Amil Dental – uma das líderes em plano odontológico no país – relança o programa de benefícios Conexão Dentista. O programa oferece cinco pilares de benefícios e vantagens: equipamentos, qualificação, produtos digitais, manutenção e gestão clínica. Em cada um deles, os profissionais podem contar com descontos que variam de 7% a 70% através de uma rede de parceiros.

As novidades do programa serão apresentadas durante um café da tarde em São Paulo, no dia 21 de novembro, na sede da empresa, e no dia 28/11, no Rio de Janeiro. O programa se estende aos mais de 15 mil prestadores da Amil Dental, que terão descontos em materiais odontológicos, equipamentos, mobiliário para consultório, seguros, curso de inglês, educação à distância, software de gestão, serviços gráficos, entre outras vantagens. Os dentistas poderão acessar a lista de benefícios e obter mais informações através da área logada do credenciado, no site da Amil.

De acordo com o diretor da Amil Dental, Robert Wieselberg, o relançamento do programa Conexão Dentista, existente desde 2013, marca uma nova fase do relacionamento com os dentistas. “Aumentamos em cinco vezes a nossa rede de parceiros para descontos. Queremos consolidar o Conexão Dentista como o melhor programa de vantagens para dentistas do mercado. Para isso, investimos na reformulação do nosso portal e convidamos nossos credenciados para conhecer essa novidade em primeira mão”, reforça o executivo.

Seguradora dá 30% de desconto para visitantes que fizerem cotação no Salão Duas Rodas 661

Seguradora dá 30% de desconto para visitantes que fizerem cotação no Salão Duas Rodas

Corretoras especializadas participarão do evento, na capital paulista

A Suhai Seguradora, empresa líder no segmento de seguro para motocicletas em todo Brasil, confirma presença no Salão Duas Rodas deste ano, evento que ocorre entre 19 e 24 novembro no São Paulo Expo e que se consagrou como o maior do setor em toda a América Latina. Com um estande de 140 m², localizado na posição C40, a Suhai Seguradora vai promover uma ação diferenciada, com descontos que podem variar de 5% a 25% na cotação.

Para isso, o visitante precisa primeiro realizar uma cotação através de várias corretoras especializadas que estarão representando a companhia durante o Salão. Com o resultado em mãos, o visitante recebe um voucher que o permite girar uma roleta, podendo ele obter um desconto que pode chegar a 25%. Com a diferença conquistada, a cotação do visitante é fechada na hora, e ele terá vigência por 30 dias. Agora, caso feche o seguro na feira (caso já tenha a moto por exemplo), receberá um desconto extra de 5%, e desta forma, podendo ter um desconto final de até 30%.

“A Suhai Seguradora é uma forte aliada de revendas e fabricantes no sentido da aceleração das vendas, uma vez que a companhia é a única do mercado que aceita todos os modelos, com valores muito acessíveis. Um seguro de valor alto, muitas vezes, pode mudar a decisão de compra de um motociclista, frustração para ambos lados: comprador e vendedor”, explica Robson Tricarico, diretor comercial da Suhai Seguradora.

Especializada no seguro contra Furto e Roubo com assistência 24h, com opção de contratação de Perda Total por colisão, a Suhai Seguradora entende que ser a única seguradora presente em um evento desta grandeza é a melhor forma de retribuir a atenção com um público muitas vezes ignorado pelo mercado segurador.

“Somos especialistas no segmento de motocicletas, e em razão desta nossa expertise, aceitamos todos os modelos, marcas e anos de motos, independente do perfil de utilização, permitindo assim, que esta classe de veículos, tão desprezada pela maioria das tradicionais seguradoras, consiga fazer um seguro acessível, desburocratizado e rápido, em qualquer região do Brasil. Conseguimos oferecer nosso seguro com uma economia de até 80% comparado a um seguro tradicional, de cobertura completa”, explica Robson Tricarico, Diretor Comercial da Suhai Seguradora.

De acordo com a organização do Salão Duas Rodas, o evento é o único capaz de conciliar em um só lugar o profissional de negócios e o público final, onde fabricantes, importadores, distribuidores, lojistas, representantes comerciais e formadores de opinião interagem com as principais marcas de motocicletas, acessórios, equipamentos e serviços. Estão sendo esperados mais de 270 mil pessoas.

Após patrocínio da Argo Seguros, paracilcista ganha apoio de novas empresas 410

Após patrocínio da Argo Seguros, paracilcista ganha apoio de novas empresas

Atleta passará a contar também com suporte de uma clínica de medicina preventiva, uma academia de musculação, e de uma empresa de uniformes

O sonho do paraciclista David Sousa de se tornar um paratleta olímpico ganhou mais força essa semana. Depois de ter assinado um contrato de patrocínio com a Argo Seguros, outras três empresas se interessaram em apoiar o projeto social encabeçado pela seguradora. Agora, além de uma ajuda custo e do seguro da bike, David passará a contar também com o suporte de uma clínica de medicina preventiva, uma academia de musculação, e de uma empresa de uniformes para atletas.

“É um grande prazer receber o David Santos em nosso time. Após conhecer com mais detalhes a vida dele, percebemos que ele é um ser humano exemplar em suas atitudes, dotado de uma inabalável perseverança, humildade e sede de vitória. Sem sombra de dúvida ele é uma grande inspiração para todos nós. Faremos tudo que estiver em nosso alcance para oferecer o melhor da nossa equipe técnica de medicina esportiva, nutrição e ortopedia”, afirma Vinícius Bouquet, coordenador de Marketing da Clinica Novazzi.

Quem também abraçou o projeto foi a Academia Leven. “Muito mais do que um atleta, o David é uma pessoa incrível, batalhador demais e em nosso primeiro contato já nos deu uma lição, daquelas que levaremos para a vida. A equipe está muito animada em recebê-lo e ajudar nessa trajetória de ajudá-lo a se tornar um grande campeão paraolímpico, pois campeão na vida, nos seus ideais e no exemplo, ele já é há muito tempo”, garante o sócio-diretor, Vitor Barrella.

Por fim, a ERT Uniformes – empresa especializada em vestuário para ciclismo – também gostou da iniciativa e resolveu apoiar. “A historia do David impressiona não só pelo fato da superação e o processo de readaptação em toda sua vida adulta, que por si só já é um grande desafio, mas também pela força de vontade e determinação que ele investe em seus objetivos futuros. Ele representa a esperança que todos nós temos, ou deveríamos ter, de alcançar nossos sonhos, independente das adversidades. Temos muito orgulho de poder participar deste processo”, disse Hudson Neris, gerente de Marketing da empresa.

David foi atropelado enquanto ia para o trabalho, no dia 10 de março de 2013. O ciclista trafegava pela ciclofaixa de lazer da avenida Paulista quando foi atingido por um motorista que dirigia em alta velocidade. O acidente, que teve grande repercussão nacional na época, fez com que ele perdesse o braço direito. Como o membro foi posteriormente descartado em um rio, não houve a possibilidade de reimplante.

Passados mais de seis anos da tragédia, ele seguiu sua rotina de ciclista, mesmo sem nenhum apoio. Até pouco tempo atrás, antes de firmar patrocínio com a Argo Seguros, ele fazia entregas de bicicleta na cidade de São Paulo. “David é um exemplo para todos nós. Mesmo após esse grave acidente, ele nunca abriu mão do seu sonho. Por isso, decidimos contratá-lo para que ele tenha condições de treinar e se dedicar exclusivamente ao esporte que ele também ama”, explica Newton Queiroz, CEO & presidente da Argo Seguros.

As empresas que quiserem participar deste projeto podem enviar um e-mail para social@argoseguros.com.br. Os parceiros terão sua logomarca estampada em todo o material de comunicação e marketing.