Mercado de seguro de Transporte Internacional oferece boas oportunidades ao corretor

Operações de comércio exterior movimentaram em 2016 mais de US$ 322,7 bilhões entre importações e exportações

Apesar de ainda sentir os efeitos da crise, o mercado de seguro de Transportes Internacional é uma ótima opção para o corretor trabalhar neste momento. Mesmo com as sucessivas quedas nas operações brasileiras de comércio exterior, o segmento tem potencial de crescimento porque a maioria dos exportadores comercializam suas mercadorias sem seguro e parte considerável dos importadores não contratam nenhuma cobertura.

Publicidade
C Josias & Ferrer no JRS

Esse comportamento se deve por um fator cultural. “As empresas não fazem seguro porque acreditam que o valor pago poderia encarecer o custo final do produto, o que não é verdade. O valor do seguro de Transportes contratado no Brasil se equivale e pode ser até mais barato do que em outros países”, afirma Mariana Miranda, gerente de Subscrição da Argo Seguros.

Outra questão é o volume dos negócios realizados. Enquanto as operações de comércio exterior movimentaram em 2016 mais de US$ 322,7 bilhões entre importações e exportações, o volume de prêmios emitidos foi de apenas R$ 454 milhões. “Considerando todos esses fatores, acreditamos que o valor do seguro arrecadado tem potencial considerável de crescimento. O que precisamos é superar essas questões culturais e promover a importância do seguro para importadores e exportadores”, explica.

O seguro de Transportes para Importações ou Exportações oferece cobertura ampla contra danos provocados por causas externas, e ainda Coberturas Adicionais e Diversas, que possuem proteções mais específicas como operações de carga e descarga, frete, despesas, lucros esperados, extensão de cobertura para abertura de volumes, despesa de reembalagem.

Publicidade

Para oferecer esse produto, o corretor deve estudar a logística do cliente, visando identificar todos os imprevistos que podem acontecer com uma carga durante todo o trajeto. Por isso, é preciso levar em consideração aspectos importantes como o tipo de mercadoria, embalagem, perecibilidade, armazéns de transito, destino, assim como o tipo de cobertura fornecida pela seguradora.

“Aqui na Argo Seguros oferecemos um atendimento diferenciado para os corretores, tanto para quem já é experiente, quanto para aqueles que ainda estão começando. Isso porque contamos com uma equipe de subscritores de riscos altamente especializados em transportes nacional e internacional”, garante a executiva.

Mesmo com apenas cinco anos de atuação no Brasil, a companhia já é uma das principais seguradoras do país nesse segmento. Tanto, que está lançando um produto digital para simplificar a contratação do seguro para atender o segmento de comércio exterior. “Somos uma companhia inovadora e que comprovadamente oferece produtos diferenciados aos clientes.”, finaliza.

Artigos Relacionados