MetLife e Route Institute fazem 2ª ação de coleta de lixo e plantio de árvores na Billings em 2022

Projeto faz parte das estratégias da empresa para atingir as metas em ESG e reuniu mais de 50 pessoas, entre colaboradores e voluntários

A MetLife, uma das principais empresas de serviços financeiros do mundo, se uniu a Route Institute – organizações da sociedade civil autônoma, sem fins lucrativos – para coletar lixo e plantar mudas de árvores nativas às margens da Represa Billings, em São Paulo. Cerca de 55 voluntários, entre colaboradores da empresa e da ONG, participaram da ação de impacto social e sustentável no dia 23 de setembro. No total, 10.445 itens foram retirados, a maioria plástico (7.802), 908 de isopor, 631 de vidro, 248 de papel, 127 de metal e 539 de não recicláveis que serão destinados para a Cooperativa Cooperpac para reciclagem e reaproveitamento. Na ocasião, 10 mudas nativas de espécies como Ipê, Jacarandá, Pau Brasil, Ameixa do Pará e Jatobá foram plantadas ao redor da represa, almejando contribuir com o reflorestamento e a formação da flora local.

Publicidade
Chubb no JRS

A iniciativa faz parte de uma série de ações que estão sendo implementadas no Brasil pela MetLife para fortalecer a agenda ESG no país e efetivamente proporcionar um impacto positivo contra a mudança global do clima. “Em abril realizamos a nossa primeira ação de coletiva de lixo e conseguimos recolher mais de 1.740 itens, como canudos, garrafas plásticas, tampinhas, bitucas de cigarro, sacolas e embalagens longa vida, que foram destinados à Valquíria Recicladora, pela Route Institute. Agora, mais que sextuplicamos o volume coletado e isso nos orgulha muito.”, comenta Thais Catucci, gerente de comunicação interna, responsabilidade social e sustentabilidade da MetLife Brasil.

Esta é apenas uma das ações colocadas em prática pela MetLife nos últimos anos, com o intuito de avançar no cumprimento das 11 metas ambientais globais da ONU e efetivamente atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), com programas para saúde e bem-estar, igualdade de gênero, trabalho descente e crescimento econômico, redução das desigualdades e contra a mudança global do clima. “Esta ação especificamente nos ajuda com o comprometimento do ODS 13, que trata de tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos e proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade; respectivamente”, acrescenta Thais.

No Brasil, a MetLife possui um Comitê de Sustentabilidade, pautado por uma agenda ativa de discussões para escolha de projetos, criação de ações internas e melhorias que visam gerar menos impacto ao meio ambiente. Em 2022, a empresa segue com pipeline de projetos em andamento, como: o patrocínio ao Autismo Tech; as ações de reforma de casas apoiadas pela Habitat para Humanidade Brasil; o Carta e Carreira, projeto de troca de cartas e incentivo a jovens em vulnerabilidade; o patrocínio do projeto Sonhar, Planejar e Alcançar, em parceria com a Sésamo; o apoio ao programa JáÉ de Educação para Equidade Racial com o Fundo Baobá, que visa dar oportunidades para jovens negros de comunidades; o Floresta MetLife, projeto de plantio de árvores e recuperação de florestas, entre tantos outros.

Publicidade
Seguro PASI

Artigos Relacionados