Neurotech anuncia Marco Antunes como Vice-presidente de Inteligência para Saúde

Ex-Vice-presidente da SulAmérica chega com a missão de posicionar a empresa no setor, com soluções de auxílio ao beneficiário e redução de abusos e fraudes no ecossistema

A Neurotech, empresa especializada na criação de soluções avançadas de Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data, acaba de anunciar a nomeação de Marco Antunes como Vice-presidente de Inteligência para Saúde. Com 25 anos de experiência no segmento, o especialista em Inovação Focada no Cliente pela Universidade de Stanford tem como meta consolidar o protagonismo da companhia no segmento de saúde, segundo maior mercado em termos de movimentação financeira do mundo.

Publicidade

Formado em Química Industrial e pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Antunes acumula funções de diretoria em companhias como SulAmérica e Porto Seguro. Além disso, o executivo teve participações ativas em fóruns como Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Fenasaúde e Câmara de Saúde Suplementar. Ele também foi membro do Comitê Técnico do Instituto de Estudo de Saúde Suplementar (IESS).

“Quando se fala do mercado de saúde, geralmente existe uma visão muito simplista, reduzindo o ecossistema ao plano de saúde, à operadora e aos prestadores de serviços médicos hospitalares. Mas em paralelo, existem investimentos gigantes em pesquisas, medicamentos, vacinas, tratamentos, equipamentos, profissionais, hospitais, laboratórios e uma gama enorme de outros players. Nós temos a oportunidade de atuar como uma espécie de facilitador da saúde com toda a experiência em IA adquirida pela Neurotech nos últimos anos”, diz.

O executivo tem como primeiros passos de sua estratégia, aprofundar o desenvolvimento de soluções para mitigar riscos de abusos e fraudes, aperfeiçoar os mecanismos de gestão na aceitação de risco para contratos de PMEs e Empresariais, além de intensificar o fornecimento de scores de anti Abusos e Fraudes baseados em modelos de Machine Learning para apoiar e estar ao lado das empresas na tomada das suas decisões.

Publicidade
Icatu Seguros no JRS

“Vamos focar nestes três pontos em 2023, mas existe uma floresta gigante de oportunidades que pretendemos aproveitar. Minha atuação será mais voltada à provocação, apontando caminhos ainda inexplorados, e que sejam possíveis e rápidos de serem implementados, afinal o tempo hoje é o nosso maior desafio. Costumo dizer que, se em outros mercados cada pazada revela uma minhoca, em saúde, cada pazada traz uma anaconda, e isso eu não tenho dúvidas”, afirma.

Uma das apostas futuras da Neurotech citadas por Antunes será assumir uma condição de empresa amiga do setor, que reconhece suas dificuldades, e que está disposta a apoiar todos os seus integrantes, disponibilizando uma equipe preparada de cientistas e engenheiros de dados de alto nível do Brasil. A Neurotech tem tudo para ser os “Sherpas” (grupo étnico que vive nas montanhas do Himalaya considerado imprescindível para auxiliar os alpinistas a chegarem aos seus objetivos) nesta escalada, apoiando as organizações de saúde a atingirem o “Pico do Everest” dos dados de forma segura e sustentável. Para isso, temos que provar que somos uma empresa segura em relação aos dados privados e alheia a qualquer tipo de ataque, porque a credibilidade é a mola mestra deste processo”, conclui.

 

Artigos Relacionados