Vampeta participa do MAG Day de novembro

Com a proximidade da Copa do Mundo do Catar, o craque deu dicas de superação e compartilhou vitórias e a experiência na seleção brasileira junto ao time da MAG

Às vésperas do início da Copa do Mundo, no Catar, e do primeiro jogo do Brasil, o pentacampeão mundial de 2002, ex-jogador, ex-treinador, dirigente de clube de futebol e comentarista esportivo Vampeta participou do último MAG Day, evento que tem como objetivo fortalecer a cultura corporativa da MAG Seguros.

Publicidade
Chubb no JRS

Mais de 700 colaboradores do Rio de Janeiro estiveram no Centro de Convenções EXPO MAG para acompanhar a programação que contou com apresentação do CEO da MAG, Helder Molina, além de um bate-papo aberto entre a diretoria com interação do público participante, onde novidades da companhia, além de balanços internos, foram informados. Os colaboradores de outras localidades acompanharam o evento de forma digital.

Vampeta falou sobre sua experiência como ex-volante da seleção, traçando paralelos entre sua trajetória campeã com as metas dos corretores parceiros. Além disso, também contou histórias dos bastidores da Copa do Mundo de 2002 bem como outros campeonatos e times em que jogou, como Paris Saint-Germain, PSV Eindhoven, Inter de Milão Fluminense, Flamengo e Corinthians.

Como história de superação, Vampeta citou o início de sua carreira no futebol, aos 14 anos, no Vitória-BA e, de lá, direto para o PSV, time holandês, onde a dificuldade com a distância, cultura e idiomas trouxeram um grande amadurecimento para o craque. “Foi lá que eu conheci o Ronaldo, que viria a ser o Fenômeno, vi a nossa diferença salarial e pensei que tinha que correr muito atrás. Estou correndo até agora”, lembrou, entre risos. “Se você dá o seu melhor, os resultados vêm — dos 18 jogos das eliminatórias do Mundial, eu joguei em 15. Fui convocado e joguei na Copa”, contou.

Publicidade
C Josias & Ferrer no JRS

Contando sobre a importância da confiança, Vampeta citou uma história dos bastidores da Copa. “O Felipão trouxe um psicólogo que fez um exercício conosco: de olhos fechados, ele pediu para que o técnico fosse narrando os lances de um gol enquanto os jogadores fossem visualizando a imagem. Eventualmente, quando o Felipão falou que o camisa 8 receberia a bola, eu brinquei: ‘esse sou eu, professor. Eu que fiz o passe pro gol do Rivaldo’. Acabando o exercício, o psicólogo disse que eu estava pronto, que eu já me via vestindo a camisa. No mesmo dia, o Felipão me deu a 8 e eu já fui escalado para o primeiro jogo contra a Turquia”.

Desde abril de 2021, a MAG Seguros realiza mensalmente o MAG Day, iniciativa criada para manter a proximidade dos colaboradores, além de transmitir a cultura corporativa, valores e informações da companhia.

Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta