#BemAmarelo: Instituto SulAmérica lança movimento pela promoção da saúde emocional – todos os meses do ano

Reforçando a mensagem de que saúde emocional importa e é um direito de todas as pessoas, campanha planeja impactar 5 mil vidas por meio do acesso gratuito a consultas psicológicas e cursos de prevenção do suicídio

Em um momento de piora das condições de saúde emocional da população brasileira, o Instituto SulAmérica propõe o movimento #BemAmarelo, uma mobilização social pelo cuidado da saúde emocional como forma de prevenção ao suicídio – não apenas no Setembro Amarelo, quando a causa ganha mais visibilidade nos meios de comunicação, mas em todos os meses do ano. Além do foco em conscientização, a campanha terá iniciativas de impacto social até o fim do ano para ampliar o acesso de pessoas em situação de vulnerabilidade social a informações e serviços de cuidado.

Publicidade
Europ Assistance Brasil

“Ao mesmo tempo em que vemos dados alarmantes em relação à saúde mental dos brasileiros, especialmente no pós-pandemia, ainda há, infelizmente, um grande estigma na sociedade em relação aos transtornos emocionais. Precisamos combater esse preconceito para empoderar e conectar quem mais precisa, com a ajuda necessária. Por meio da campanha #BemAmarelo, queremos divulgar a mensagem de que a saúde mental importa e é um direito de todas as pessoas”, afirma Luiz Pires, diretor executivo do Instituto SulAmérica.

Dentre as ações programadas, está a divulgação de um guia educativo sobre saúde emocional, com versão acessível produzida pela Fundação Dorina Nowill para Cegos, além de um teste online desenvolvido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para detecção de sofrimento emocional. De acordo com o resultado da avaliação, serão oferecidos diversos serviços de cuidado, como o acesso gratuito a uma plataforma de teleconsultas com médicos e psicólogos durante seis meses, numa parceria com a startup de telemedicina Docway, e a um curso sobre prevenção do suicídio ministrado pelo Instituto Vita Alere. Todos esses conteúdos e serviços poderão ser acessados no site da campanha.

Outra iniciativa será o lançamento, ainda neste mês, do edital Cuidar de Quem Cuida, voltado a Organizações da Sociedade Civil (OSCs), para oferta de um pacote de apoio em saúde emocional para os colaboradores, voluntários e líderes comunitários dessas entidades. O pacote incluirá uma oportunidade de letramento para multiplicadores e o acesso gratuito às teleconsultas por seis meses. Ao todo, o Instituto planeja beneficiar 5 mil vidas diretamente por meio das consultas e dos letramentos oferecidos na campanha #BemAmarelo.

Publicidade

Na frente de comunicação, será incentivado o diálogo sobre saúde emocional nas redes sociais, usando a hashtag da campanha, e por meio de parcerias com influenciadores digitais periféricos escolhidos com a agência Digital Favela, além de fomento ao trabalho jornalístico de veículos periféricos como Agência Mural, Alma Preta, Periferia em Movimento e Nós Mulheres da Periferia em séries especiais sobre o tema.

Hoje, há mais pessoas no Brasil com diagnóstico de depressão (11,3%) do que com diabetes (9,1%), segundo levantamento recente do Ministério da Saúde (Vigitel 2021). Além disso, de acordo com a OMS, o Brasil é o país mais ansioso do mundo, com mais de 9% da população com transtorno de ansiedade. O cenário é ainda mais preocupante ao olharmos para grupos em situação de vulnerabilidade social, para os quais a taxa de ansiedade atinge 36% dos adultos moradores de comunidades, segundo pesquisa do Instituto Locomotiva para Gerando Falcões.

Sobre o Instituto SulAmérica

Fundado em abril de 2022, o Instituto SulAmérica é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo possibilitar o acesso de pessoas em situação de vulnerabilidade social a informações e serviços de cuidado da Saúde Integral. Inicialmente, atuará com foco na promoção da saúde emocional, combatendo o estigma e o preconceito, gerando conhecimento técnico e facilitando o acesso à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento. O Instituto é embaixador oficial da iniciativa #MenteEmFoco, da Rede Brasil do Pacto Global da ONU, que convida empresas e instituições a adotarem compromissos concretos pela saúde da mente. Para mais informações, acesse o site do Instituto.

Artigos Relacionados