Averbação de Transporte

Exceção para aceitação de documentos eletrônicos

A recente tragédia climática que assola o Rio Grande do Sul tem gerado instabilidade nos sistemas dos órgãos governamentais do estado, afetando consequentemente a emissão dos documentos fiscais CT-e e/ou MDF-e perante a Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ-RS).

Publicidade

Portanto, comunicamos que, excepcionalmente, serão aceitos os documentos eletrônicos para fins de averbação de transporte, mesmo após o início da viagem, sem prejudicar a cobertura securitária.

Informamos que essa de liberalidade vigorará exclusivamente para os transportes iniciados no Estado do Rio Grande do Sul e que tenham sido afetados pela instabilidade na integração com o SEFAZ, a partir da presente data até 31/05/2024.

Após esse período, apenas os transportes devidamente averbados antes do início da viagem terão cobertura securitária.

Publicidade
Icatu Seguros no JRS

Esperamos que essa flexibilidade minimize os impactos tanto para nossos clientes quanto para a sociedade afetada por essa tragédia.

Artigos Relacionados

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *